Blog

Há quase 4 anos que não vemos a bolsa subir forte. Neste período, temos uma queda acumulada para o mercado de 20%. Apesar de para muitos poder parecer um pesadelo estar investindo em ações neste período, para muitos investidores isso não foi empecilho para que construíssem excelentes resultados através do uso da análise técnica.

Para ganhar com o mercado em queda, é necessário saber utilizar estratégias adaptadas para este tipo de cenário, que lhe permitirão ganhar com repiques de alta dentro de tendências principais de baixa.

Quem nunca olhou para o mercado depois de 10 dias de queda seguida e falou: "Acho que está na hora de algum repique, de amanhã não passa!".

Com as estratégias de compra contra tendência, nos aproveitamos do fato de que o mercado não cai reto, mas sim em um zigue zague descendente. Sendo assim, procuramos identificar possíveis "fundos" dentro da tendência principal de baixa para nos aproveitarmos deles através de uma  estratégia extremamente lucrativa e simples com o uso da análise técnica.

A seguir, falamos sobre 4 ferramentas que lhe ajudarão a identificar estes fundos e capturar "repiques" de alta dentro de tendências principais de baixa.

Ferramenta de Análise Ténica 1: Bandas de Bollinger - Fronteira limite para os preços

As Bandas de Bollinger são para os preços das ações o que as raias de uma piscina são para um nadador. São 2 linhas que representam um limite superior e inferior para os preços e que em 95% das vezes serão respeitados.

 

análise técnica

 

Se o preço está abaixo da extremidade inferior das Bandas, isso quer dizer que o mercado pode já ter caído demais e esteja na hora de alguma recuperação no curto prazo. A periodicidade ideal para as Bandas de Bollinger no gráfico diário deve ser de 20 períodos. Portanto, é um dos indicadores que poderá apontar para momentos de "reversão" temporária das quedas para dar espaço para alguma recuperação no curto prazo. Veja na foto abaixo as Bandas de Bollinger representadas pela Linha Azul e veja como elas costumam ser respeitadas pelos preços.

 

análise técnica bovespa

 

Ferramenta de Analise Tecnica 2 - IFR - O Fôlego do Mercado

O IFR (Índice de Força Relativa), representa para nós uma espécie de "fôlego do mercado". Quando o IFR está muito baixo, apontando para um nível elevado de sobrevenda, é como se a força vendedora que faz com que os preços caiam já estivesse "cansada" demais para continuar avançando antes de dar uma "descansada" através de uma alta no curto prazo.

 

bovespa análise técnica

 

Este indicador da análise técnica deve ser utilizado preferencialmente com a parametrização de 2 períodos. Níveis de IFR abaixo de 3 já indicam elevado nível de sobrevenda e a eminência de alguma recuperação no curto prazo. Veja abaixo o indicador representado pela linha Azul. O nível de 3 está marcado com uma linha Vermelha. Observe como, quase sempre que o mercado atinge um nível de IFR abaixo de 3, ocorre uma valorização dos preços no curto prazo.

 

indicadores análise técnica

 

Ferramenta de Análise Técnica 3- Suportes - Trincheiras Compradoras

Os suportes representam talvez a ferramenta mais simples e poderosa da análise técnica. Eles são zonas de preços onde sabemos que existem muitas pessoas dispostas a comprar aquela ação. Sendo assim, são como se fossem "trincheiras" do exército comprador dentro da grande guerra entre compradores e vendedores que forma o preço das ações.

Quando os preços se aproximam de um suporte, ou seja, de um patamar de preços onde muita gente está disposta a comprar uma ação, isso tende a fazer com que os preços voltem a se valorizar.

 

gráficos análise técnica

 

Desta maneira, quando identificamos uma ação que não está só sobrevendida, mas também próxima de uma zona importante de suporte, temos uma grande indicação da possibilidade de alguma recuperação no curto prazo.

Os suportes são identificados por vários fundos anteriores em um determinado nível de preços, que demonstram que naquela zona realmente existe muito dinheiro disposto a entrar comprando o papel. Veja em verde na foto abaixo um exemplo claro de uma zona de suporte para os preços.

 

análise técnica candles

 

Ferramenta de Analise Tecnica 4 - Candles - Uma Foto do Mercado

Os Candles são talvez uma das ferramentas mais importantes da Análise Técnica. Através deles, conseguimos ter uma "Foto do Mercado" de como as forças de compra e venda estão interagindo ao longo do dia. Para entender mais a fundo seu funcionamento, recomendamos o curso de "Introdução à Análise Técnica". Para acessá-lo gratuitamente, basta clicar aqui.

O principal sinal que queremos extrair de um candle para nos ajudar a identificar um "fundo" de mercado é uma demonstração de reentrada da pressão compradora, que nos apontará que o mercado não só está esticado e próximo de um suporte mas que também já dá sinais de reversão das quedas.

Este sinal, será configurado quando observarmos uma recuperação dos preços durante o dia, demonstrada por um preço de fechamento distante da mínima registrada para os preços no dia. Essa informação, poderá ser observada por um candle com sombra inferior longa, conforme demonstrado na foto abaixo. 

É sempre importante frisarmos, que para se obter sucesso na bolsa de valores através da análise técnica de ações, não basta analisar ferramentas isoladamente, mas sim identificar a convergência entre elas apontando em uma mesma direção. Além disso, é importante se esquivar dos vários mitos que existem por aí no mercado sobre a análise técnica, vamos mostrá-los para vocês nos próximos posts. Enquanto isso, por que não aproveita para aprofundar seus conhecimentos?

Ebook Análise Técnica de Ações - download

é Consultor de Valores Mobiliários, atua no mercado de ações há 6 anos, já trabalhou na área de análise para bancos e corretoras. Atualmente, é membro da equipe de consultoria do Toro Radar e instrutor de cursos e palestras sobre diversos temas na área de investimentos. Estudou administração de empresas no IBMEC de Minas Gerais, foi aprovado na certificação CPA-20 da ANBIMA e frequentou o curso de economia na Universidade do Colorado - EUA.
E-book Guia completo do Investidor Iniciante

Últimos artigos

New Call-to-action