Blog

BBAS3, MRVE3, LIGT3 e todas as empresas da Bovespa analisadas pela melhor equipe do país

Depois de um começo de semana marcado por intensa volatilidade, o mercado aponta para uma terça feira movimentada. Ontem, a Bovespa chegou a subir mais de 1,30% e encerrou o dia no caminho totalmente oposto, sinalizando desvalorização de -2,45%. Como vem ocorrendo nas últimas semanas, mais uma vez, o cenário eleitoral ditou o rumo dos negócios. Na manhã, ânimo com o escândalo descoberto na Petrobras e divulgado na Veja já que ele pode atrapalhar a atual candidata. À tarde, boatos de que a petista volta a crescer em relação a Marina nas próximas pesquisas derrubaram o mercado. Só intraday, PETR4 acumulou queda de -9,25% (oscilação máxima / mínima) e BBAS3 ficou com -9,70% na mesma base de comparação (Veja como comprar ações Banco do Brasil).

analise-bbas3-mrve3-ligt3

Cenário político mais uma vez influencia Bovespa e seus papéis como LIGT3, BBAS3 e MRVE3

Hoje, o mercado tem fracas influências vindas do cenário externo. Na Ásia, nova alta do dólar levou o mercado japonês ao maior nível no ano. Na Europa, o medo de novas sanções que devem ser impostas hoje à Rússia e o referendo que pode tornar a Escócia independente pressionam para baixo os principais índices. Com esse ambiente morno, o foco deve se voltar para o cenário doméstico onde o ambiente político e corporativo segue acelerado.

No final da tarde, o DataFolha divulga nova pesquisa sobre a corrida eleitoral. Na manhã, sai a pesquisa da CNT/MDA o que deve influenciar bem o ritmo dos negócios. No cenário corporativo, as principais novidades do dia são:

OIBR4 e OIBR3: Foi aprovada pela assembleia geral da Oi a fusão com a Portugal Telecom. Já no começo do ano que vem, as ações da companhia devem começar a ser negociadas no Novo Mercado da BM&FBOVESPA. A operação recebeu o aval de mais de 98% do capital presente à assembleia.

CYRE3: A construtora divulgou que vai lançar projetos em parceria com a Dominus que têm valor projetado de vendas da ordem de R$ 1 bilhão. Nessa parceria, a Cyrela deve ser majoritária, detendo 70% dos empreendimentos.

BHGR3: A companhia passa por um processo no qual um grande acionista se desfaz de posição relevante na empresa. Ontem foi vendido quase um quarto de bilhão em ações da companhia. No total, o acionista deve se desfazer de um share de quase 18% na BHG.

Análise técnica de ALSC3, BBSE3, BTOW3 e as principais ações da Bovespa

ALSC3: As ações da Aliansce ainda operam em tendência de alta de médio prazo. No momento, elas se aproximam da região de suporte comprador em 20,00 e podem gerar oportunidades de compra a favor da tendência de alta caso mantenham esse cenário no começo do dia.

BBSE3: Conseguiram se manter acima do suporte em 34,40 e das médias móveis. Com isso, o mercado tem espaço para retomar a movimentação altista e buscar a região de pressão vendedora mais importante na faixa de R$ 35,70.

BTOW3: Ao contrário da maior parte do mercado, opera em tendência neutra. Nesse momento, forma intensa congestão, sinalizando acúmulo de forças para movimentações mais intensas no curto prazo. É um papel que pode nos dar entrada no rompimento dos 37,80.

grafico-tempo-real-btow3

MDIA3: Apesar de ainda operar em tendência de alta, o papel subiu muito forte e acabou ficando caro na visão de muitos participantes do mercado. No momento, a ação testa a resistência em 103,00 e pode corrigir no curto prazo com um possível alvo em 101,00 onde pode ser interessante pensar em compras.

TAEE11: Os papéis da transmissora ainda operam em tendência de alta de médio prazo. No curto prazo, o papel forma congestão muito intensa entre 22,30 e 23,40. O teste da região inferior (22,30) ou o rompimento dos 23,40 podem nos gerar oportunidades de entrada.

Se você ainda tem dificuldade para entender os termos e projeções que fazemos aqui, não deixe de conferir nossos cursos sobre bolsa de valores disponíveis no Toro Radar. Se você já está pronto para investir não deixe usar nosso gráfico em tempo real para realizar suas análises e confirar nossas recomendações de investimento na bolsa.

New Call-to-action

atua no mercado de ações há 8 anos e é membro da equipe do Toro Radar desde 2010, onde atua como instrutor de cursos e palestras sobre diversos temas na área de investimentos e como analista. Estudou administração de empresas no IBMEC de Minas Gerais e Direito na Universidade Federal de Minas Gerais. Possui a certificação de Planejador Financeiro CFP® - Certified Financial Planner, é Consultor de Valores Mobiliários registrado na CVM e Analista CNPI-T registrado na APIMEC.
E-book Guia completo do Investidor Iniciante

Últimos artigos

New Call-to-action