Blog

Bolsas mundiais - As bolsas que influenciam a Bovespa

bolsas-mundiais

Qual a influência das bolsas mundiais na Bovespa e como investir na bolsa de valores acompanhando o movimento externo?

Eu não sei se você possui essa mesma curiosidade, mas sendo o Brasil uma grande economia no mundo podemos pensar em relação ao tamanho da nossa Bolsa de Valores e o quanto ela movimenta no nosso país em analogia às demais economias. Afinal, é na bolsa que são realizados os negócios envolvendo:

  • Ações;
  • Títulos públicos e de renda fixa;
  • Moedas;
  • Commodities;
  • Contratos de índices;
  • Opções.

Aprenda a investir como os grandes investidores - Veja um guia completo!
Como investir na Bolsa de Valores

O tamanho da BM&F Bovespa

bmf-bovespa-maiores-bolsas-mundiais

Atualmente somos a 9ª maior economia do mundo, considerando o valor do PIB em dólar corrente. Sendo assim, podemos pensar: se somos uma grande economia, temos uma grande bolsa, certo?

Errado! A Bolsa de Valores brasileira ainda pode crescer muito, já que não estamos nem mesmo entre as 10 primeiras colocadas. Isso porque precisaríamos de uma capitalização de mercado de aproximadamente 1,9 trilhões de dólares para assumir a 9ª posição e equivaler ao nosso tamanho econômico.

Atualmente a Bovespa é respeitada internacionalmente, mas considerando esse critério de capitalização de mercado, que seria a soma do valor de mercado de todas as companhias listadas na bolsa, ficamos na 18ª posição, com 774 bilhões de dólares acumulados na BM&F Bovespa.

E embora você ainda não saiba, essa competição entre o tamanho das bolsas mundias importa muito pra nós, pequenos investidores. Isso porque o mercado de ações e capitais externo constantemente é um influenciador da movimentação da Bovespa, tanto pelas relações internacionais em acordos comerciais quanto pela tendência.

Uma analogia para entendermos facilmente essa relação seria: da mesma forma que um boi começa a correr desencadeando um estouro da boiada, também ocorre com os investidores no ambiente da bolsa.

O que quero dizer é que o mercado externo sugere a tendência econômica do dia, por já terem encerrado seus respectivos pregões (Ásia, Europa e Oceania) e assim ditar uma possível tendência.

Portanto, listamos abaixo as maiores e mais importantes bolsas estrangeiras que devemos ficar de olho, por ordem de tamanho. Lembrando que o horário de funcionamento da BM&F Bovespa é de 09:00 às 17:00h e o índice mais importante da bolsa brasileira é o Índice Bovespa.

Não deixe de baixar o nosso guia gratuito de Sucesso na Bolsa.
Veja tudo mais que investidores inteligentes precisam saber!

Guia de sucesso na Bolsa de Valores

As maiores e mais importantes Bolsas Mundiais

1ª - NYSE

bolsas-mundiais-nyse

Essa é uma bolsa que sem dúvidas você já ouviu falar! A maior bolsa de valores do mundo é a de Nova York, que atinge uma capitalização de mercado de 19,57 trilhões de dólares.

Com toda essa grandiosidade ela interfere aqui no Brasil da seguinte maneira: se o preço das ações cai nos Estados Unidos os investidores estrangeiros possivelmente venderão seus papéis aqui no Brasil para cobrir as perdas no exterior.

  • Principal índice da Bolsa: Nyse Composite (NYA).
  • Horário de abertura e encerramento no Brasil: 10:30 às 17:00h. Vale lembrar que esse horário pode oscilar de acordo com horário de verão nos EUA.

2ª - NASDAQ

bolsas-mundiais-nasdaq

A segunda maior bolsa de valores do mundo também está nos Estados Unidos e impacta aqui no Brasil da mesma forma que a NYSE.

Essa bolsa é um mercado de ações de forma automatizada que possui uma capitalização de 7,77 trilhões de dólares, reunindo as empresas de alta tecnologia e concentrando a maior parte das ações em pequena e média capitalização.

  • Principal índice da Bolsa: Nasdaq Composite (COMPX).
  • Horário de abertura e encerramento no Brasil: 10:30 às 17:00h. Vale lembrar que esse horário pode oscilar de acordo com horário de verão nos EUA.

3ª - Bolsa de Tóquio

bolsas-mundiais-tokyo

A capitalização de mercado da bolsa japonesa alcança 5,06 trilhões de dólares e possui uma grande importância mundial, principalmente por ser uma das primeiras a iniciar as operações.

Quando o mercado do Japão abre é como se uma pedra estivesse sendo lançada na água, gerando pequenas ondas que refletirão no mundo. Quando essa bolsa abre em forte alta por exemplo, indicam duas coisas: reflexo do que já aconteceu no mercado do ocidente ou algo que aconteceu no oriente depois do encerramento.

  • Principal índice da Bolsa: Nikkei 225 (NI225).
  • Horário de abertura e encerramento no Brasil: 21:00 às 05:30h.

4ª - Bolsa de valores de Xangai

bolsas-mundiais-xangai

Diante da relação entre Brasil e China, sendo o gigante asiático a segunda maior economia do mundo e nosso principal parceiro comercial, essa talvez seja entre as demais bolsas a que possui maior importância para a Bovespa.

Sua capitalização de mercado é de US$4,10 trilhões e as empresas que possuem ligação direta na exportação, como é o caso da mineradora VALE (VALE5), sofrem drasticamente o impacto do comportamento desse mercado.

  • Principal índice da Bolsa: SSE 180 (SSEC).
  • Horário de abertura e encerramento no Brasil: 22:30 às 04:00h.

5ª - Bolsa de Londres - LSE

bolsas-mundiais-lse

Essa é uma das principais bolsas da Europa, representando a região do Reino Unido e Inglaterra. Possui uma capitalização que simboliza US$3,496 trilhões.

Se a alta na Ásia for muito forte ou baixa é provável que essa bolsa vá sinalizar a reação.

  • Principal índice da Bolsa: FTSE 100 - Financial Times Stock Exchange (UKX)
  • Horário de abertura e encerramento no Brasil: 04:00 às 12:30h.

6ª - Bolsa de Paris

bolsas-mundiais-euronext

Na Europa a Bolsa de Paris é o maior grupo do mercado bolsista e reúne as bolsas de Paris, Amsterdã, Bruxelas e Lisboa. Possui capitalização de 3,492 trilhões e representa com relevância o mercado financeiro Europeu.

  • Principal índice da Bolsa: Cac-40 (PX1).
  • Horário de abertura e encerramento no Brasil: 04:00 às 12:30h.

7ª - Bolsa de Shenzhen

bolsas-mundiais-shenzhen

Shenzhen é uma das 3 bolsas da China, localizada na província de Guangdong. A capitalização de mercado da SZSE é de US$ 3,21 trilhões.

  • Principal índice da Bolsa: SZSE Component.
  • Horário de abertura e encerramento no Brasil: 22:30 às 04:00h.

8ª - Bolsa de Hong Kong

bolsas-mundiais-hong-kong

Esta bolsa acompanha todo o progresso da região de Hong Kong e tem importância para o Brasil pela sua conexão com a bolsa Chinesa.

Possui uma elevada capitalização de mercado, com valor de US$ 3,19 trilhões, sendo a oitava maior bolsa do mundo.

  • Principal índice da Bolsa: HangSeng (HSI).
  • Horário de abertura e encerramento no Brasil: 23:00 às 05:00h.

9ª - Bolsa de Toronto - TSX

bolsas-mundiais-toronto.jpgA maior bolsa de valores do Canadá, a Bolsa de Toronto é também a 3ª maior da América do Norte e a líder mundial dos setores de petróleo e gás. Na 9ª posição mundial, sua capitalização é de US$2,04 trilhões.

  • Principal índice da Bolsa: S&P/Tsx composite (TSX).
  • Horário de abertura e encerramento no Brasil: 10:30 à 17:00h.

10ª - Bolsa de Frankfurt

bolsas-mundiais-frankfurt.jpgA bolsa de Frankfurt é a maior bolsa da Alemanha, e tem muita importância por estar localizada no centro da Zona do Euro e por representar mais de 90% do volume negociado na alemanhã, além de grande parte das negociações da europa.

Ocupando o 10º lugar, possui capitalização de US$ 1,73 trilhões.

  • Principal índice da Bolsa: DAX 30 (DAX).
  • Horário de abertura e encerramento no Brasil: 04:00 à 13:30h.

Como ganhar dinheiro observando as bolsas mundiais? Conheça o S&P500, BDR’s e os fundos off-shores

Assim como já comentei anteriormente, o capital tende a se afastar de locais arriscados e se aproximar de onde se tenha retorno. Porque mesmo ganhando pouco, é melhor possuir segurança do que sair perdendo.

De fato o que acontece em uma bolsa tende a refletir nas outras, afinal a economia está interligada como um todo.

Nesse sentido, acompanhar as bolsas estrangeiras permite que encontremos oportunidades de investimento e tenhamos noção do caminho traçado pelo dinheiro entre os ativos negociados no mercado financeiro.

1) S&P500

É o caso do S&P500, um dos índices mais importantes do mundo negociado na bolsa número 1 do ranking que apresentei para vocês. Veja esse rápido vídeo sobre o meu contrato favorito:

Aprenda tudo sobre a Bolsa de Valores - Assista ao curso completo!

Esse contrato faz parte do Mercado Futuro e representa a oscilação das 500 maiores e mais importantes empresas dos Estados Unidos, como por exemplo:

  • Coca Cola
  • Disney
  • Google
  • Microsoft
  • Nike

Para operar no S&P500 é muito simples e não há complicações como a necessidade de abrir conta em uma corretora no exterior ou transacionar moeda. Basta que você tenha acesso ao home broker e uma corretora que opere no mercado futuro, e então é como investir em ações.

Você também pode contar com uma consultoria de investimentos. No Toro Radar você tem acesso a analistas tirando dúvidas durante todo o pregão e recebe recomendações das melhores oportunidades em tempo real.

consultoria-acesse-agora

 

2) BDR

Outra forma de ganhar com o mercado internacional é investindo em BDR. Essa sigla significa em português “certificado de depósito de valores mobiliários”, que em outras palavras são certificados emitidos aqui no Brasil e são divididos em:

  • Patrocinados
  • Não patrocinados

No primeiro caso, a própria empresa possui o interesse de negociar suas ações aqui no Brasil e no segundo um banco é quem traz as ações para serem negociadas.

Esse tipo de investimento irá se beneficiar da variação cambial e lhe abre mais uma oportunidade de como ganhar com a alta do dólar já que eles são negociados em reais e não possuem a necessidade de operar câmbio e abrir conta no exterior. Além disso, ao comprar um BDR você estará adquirindo ações de uma empresa listada no exterior como a Apple, Nike ou Google.

3) Fundos Off Shore

Por fim, mais uma alternativa de investimento seriam os fundos off-shore. É considerado como off-shore o fundo que é constituído dentro do Brasil, possui gestor em nosso território e investe fora. Esse tipo de fundo irá investir recursos no estrangeiro sem a necessidade de ter uma conta no exterior, porém é acessível apenas para investidores que disponham de pelo menos 1 milhão em aplicações financeiras.

Assim como BDR's, o risco cambial também pode fazer parte desse tipo de aplicação considerando que o seu capital será investido no exterior e a variação poderá afetar a rentabilidade do fundo. Existem três tipos de fundos off-shore.

  1. Renda fixa - Investimento em tesouro americano, por exemplo.
  2. Renda variável - Compondo a maior parte em ações estrangeiras.
  3. Mistos - Renda fixa e variável.

A vantagem de se investir em fundos off-shore é a possibilidade de diversificação ao aplicar o capital no exterior com facilidade e rentabilidade atraente, porém é necessário um valor alto para o investimento e não possui garantia do FGC assim como os demais fundos de investimento.

Espero que mais uma vez eu tenha contribuído para o seu conhecimento sobre investimentos e que esse post tenha colaborado no seu entendimento sobre a influência do mercado estrangeiro na nossa economia.

Se ainda ficou alguma dúvida, deixe um comentário abaixo que iremos te ajudar.

como investir no EUA

E-book Guia completo do Investidor Iniciante

Últimos artigos

New Call-to-action