Blog

Bovespa promete semana movimentada, com olhos voltados para corrida eleitoral

O segundo final de semana de Outubro foi quase tão movimentado quanto o primeiro, quando ocorreram as votações do primeiro turno das eleições presidenciais. Agora, em plena corrida para o segundo turno no dia 26 de Outubro, as novidades vieram das pesquisas eleitorais e do jogo de apoios políticos que ganhou corpo nos últimos dias.

Pesquisas: Duas pesquisas foram divulgadas nesse final de semana. A primeira, do instituto Sensus sinalizou vantagem de 17% do candidato Aécio Neves em relação à candidata Dilma Rousseff. Até o momento, essa é a mais diferença apontada por uma pesquisa de intenções de voto. No domingo, a revista Época divulgou pesquisa que apontou diferença de 8% o que também daria vitória ao candidato tucano, mesmo considerando-se a margem de erro. É a primeira vez que o PSDB fica numericamente à frente das pesquisas o que pode impulsionar sua candidatura e favorecer maior apoio. Para essa semana, o mercado aguarda novo levantamento do instituto Sensus e divulgação de pesquisa Vox Populi. Espera-se que essas pesquisas já reflitam os debates que ocorrerão terça-feira na televisão Bandeirantes e na quinta-feira no SBT.

eleicoes-bovespa-segundo-turno

Apoio: Na primeira semana após o primeiro turno, os partidos correram para formar (ou tentar) suas alianças. Inicialmente, o PV de Eduardo Jorge e o PSC de Pastor Everaldo anunciaram apoio à candidatura de Aécio Neves. Na quarta-feira, foi a vez do PSB indicar o primeiro apoio de sua história ao PSDB e no final da semana o grupo político Rede, de Marina Silva, sinalizou decisão na mesma direção. Faltava, entretanto, o posicionamento da candidata. No domingo, o suspense acabou. Marina Silva declarou seu voto e seu apoio a Aécio Neves o que deve reforçar o crescimento do candidato no Nordeste e no Norte, onde suas intenções de voto são menores. Até o momento, nenhum candidato ou partido indicou apoio ao PT, muito porque suas alianças mais fortes se deram para disputa do primeiro turno das eleições.

Bovespa: Como o cenário eleitoral impacta o mercado

O mercado deve manter apreensão, assim como tem feito ao longo das últimas semanas. Isso porque o cenário eleitoral ainda é bastante indefinido e estão em disputa dois programas políticos muito diferentes para o país. É possível que as ações sigam apresentando fortes oscilações nessa semana e também na próxima como forma de expressar a preocupação com o rumo do país.

Dentro do ambiente atual, alguns ativos nos chamam a atenção:

CCMX14: O primeiro motivo pelo qual os contratos de milho nos chamam a atenção é que há pouca correlação entre commodities e ações. Dessa forma, esse ativo, assim como o Café Futuro ou os contratos de Boi Gordo se mostra uma boa opção de diversificação. No momento atual, destacamos que seus preços romperam importante barreira na faixa de 23,70 e se reaproximam dessa região de forma a retomar a tendência de alta de curto prazo.

ccmx14-toro-radar

ABRE3: Papel está negociando entre 12,50 e 13,35 há várias semanas. Nesse processo, o mercado vem acumulando forças e apontando para possíveis movimentações mais intensas de curto prazo. Nesse sentido ficamos atentos a possíveis rompimentos para recomendar operações no papel. Esse tipo de operação é classificado como de rompimento e tende a evoluir rapidamente diante do acúmulo de forças.

TRPL4: Assim como Abril Educação, a TRPL4 opera congestionada entre R$ 34,30 e R$ 36,50. Nesse sentido, a equipe do www.tororadar.com.br fica atenta a possíveis entradas em caso de teste ou de rompimento de um destes extremos.

E você? O que espera da volatilidade do mercado nessa semana? Deixe seu comentário aqui ou converse com nossa equipe de analistas dentro do chat do Toro Radar.

New Call-to-action

atua no mercado de ações há 8 anos e é membro da equipe do Toro Radar desde 2010, onde atua como instrutor de cursos e palestras sobre diversos temas na área de investimentos e como analista. Estudou administração de empresas no IBMEC de Minas Gerais e Direito na Universidade Federal de Minas Gerais. Possui a certificação de Planejador Financeiro CFP® - Certified Financial Planner, é Consultor de Valores Mobiliários registrado na CVM e Analista CNPI-T registrado na APIMEC.
E-book Guia completo do Investidor Iniciante

Últimos artigos

New Call-to-action