Blog

Aprenda a fazer seu Controle Financeiro e mude de vida hoje mesmo

controle-financeiro-aprenda-a-fazer-o-seu

Neste artigo o parceiro convidado do Toro Radar, Meu Dinheiro, traz dicas de como fazer um controle financeiro, chegar ao fim do mês com saldo positivo e poder finalmente realizar seus investimentos.

Controlar as finanças é antes de tudo uma decisão de mudança. Não pense nisto como algo chato ou trabalhoso, pelo contrário, realizar um controle financeiro adequado pode te proporcionar diversos prazeres no presente e no futuro.

Se você possui contas atrasadas e seu salário não consegue durar até o final do mês, isto é um sinal de que suas finanças vão de mal a pior e que você está cada vez mais perto de perder totalmente o controle do seu dinheiro.

Se você não aprender a controlar o seu dinheiro, vai acabar descobrindo que ele é que controlará você.

Antes de tudo, saiba que você não deve controlar suas finanças apenas para sair das dívidas e pagar as contas no final do mês. Tão importante quanto chegar ao final do mês com o saldo positivo é investir parte do seu dinheiro. Essa atitude é fundamental para o seu futuro, para realizar seus sonhos, seus objetivos e também para lidar com imprevistos que a vida pode vir a te apresentar.

Seu Controle Financeiro em 5 passos

1) Conheça suas receitas e as suas despesas

Pode parecer estranho, mas muita gente não sabe quanto recebe de fato e quanto gasta realmente por mês.

Quem tem salário fixo geralmente assume dívidas sem ter total certeza de que será capaz de quitá-las no final do mês. Além disso, na hora de gastar a maioria das pessoas não avalia se aquela compra ou aquele gasto é realmente necessário.

Se você controla suas finanças, fazendo registro das suas receitas e das suas despesas, será muito mais fácil identificar quais são seus gastos supérfluos para que você possa ao menos diminuí-los.

2) Saiba controlar as finanças sem grandes sacrifícios

Muita gente ainda acredita que para ter sempre as contas em dia terá que viver na base de sacrifícios. Porém, se houver planejamento financeiro a realidade pode ser bem mais amigável.

Por exemplo: Quando você pensa nos gastos com antecedência e se programa para fazer uma compra, consegue aproveitar condições de pagamento mais favoráveis. Você deve manter esta mesma ideia para os seus investimentos: é preciso planejá-los.

Uma dica importante é jamais deixar que o valor total das despesas ultrapasse a quantia que você recebe mensalmente.

Também é necessário definir prioridades para as compras. Às vezes, os desejos do consumidor podem ser todos legítimos - como financiar uma casa, comprar um carro, matricular-se em um curso de inglês - mas fazer tudo de uma só vez pode comprometer bastante o seu orçamento e a sua capacidade de deixar as contas em dia.

3) Tenha em mente que a saúde financeira é essencial para viver

Para vivermos tranquilamente, todos nós necessitamos de finanças pessoais saudáveis, da mesma forma que precisamos ter boa saúde do corpo. Você pode até achar essa colocação exagerada, mas saiba que muitos conflitos nas famílias surgem pelo uso inadequado do dinheiro.

Para ter uma ideia da ligação entre finanças e relacionamentos, muitos casais chegam a se separar por causa de dívidas excessivas. Nesses casos, quando o orçamento é extrapolado é comum haver troca de acusações sobre quem tem a culpa pelos gastos além da conta. Por isso, busque controlar as finanças como forma de garantir a paz no seu lar.

4) Invista seu dinheiro

Controlar suas finanças vai permitir não só manter suas contas em dia, mas também destinar parte do seu dinheiro para algum tipo de investimento.

Ter algum tipo de investimento e de reserva financeira ajuda a manter a sua mente tranquila e a realizar aquele sonho de um carro novo, uma viagem para outro país e até mesmo chegar ao ponto de não depender mais do seu salário para viver.

Quando for investir seu dinheiro lembre-se sempre que você pode contar com ajuda de profissionais, assim você pode investi-lo da melhor maneira possível.

controle-financeiro-invista-seu-dinheiro

5) Use a tecnologia para facilitar a organização da vida financeira

Anotar as despesas e as receitas em uma planilha podia ser útil antigamente, quando havia poucos gastos e a tecnologia ainda não era capaz de oferecer ferramentas mais práticas. Hoje em dia, com tantas fontes de custos e formas de pagamento, é indispensável dispor de uma boa ferramenta de controle financeiro pessoal online.

A possibilidade de fazer cálculos e projeções do uso do dinheiro, gerar gráficos, estabelecer metas, monitorar custos em projetos específicos com apenas alguns cliques torna a gestão financeira muito mais rápida e eficiente. Confira o artigo como alcançar suas metas com aplicativo de gestão de finanças pessoais.

Não deixe para o próximo mês ou para a próxima segunda-feira, comece agora mesmo a controlar suas finanças e investir parte do que você ganha. Pense nisto!

Sobre o autor: Tiago Comério - Empresário, investidor, escritor e analista de sistemas formado pelo IFES - Instituto Federal do Espírito Santo.

E-book Guia completo do Investidor Iniciante

Últimos artigos

New Call-to-action