Cursos GRATUITOS sobre investimentos:

New Call-to-action

Blog

IOTA-1

O ano de 2017 foi de muita euforia no mercado de criptomoedas e o destaque principal foi o Bitcoin. A incrível valorização dessa moeda virtual chamou a atenção de todos ao redor do mundo, e mesmo que você não saiba do que se trata, é bem provável que tenha escutado algo sobre o assunto nos últimos tempos.

Primeiramente, veja abaixo a cotação da Iota atualizada em dólares: 

Graças à sua popularidade, o Bitcoin hoje é a criptomoeda com maior capitalização de mercado, movimentando mais de U$140,5 bilhões ao redor do globo. Com a crescente fama dessa nova modalidade de pagamento e investimento, outras moedas estão em ritmo de crescimento acelerado e despertam cada vez mais o interesse de investidores, especialmente pela possibilidade de obter ganhos expressivos em um curto espaço de tempo.

Entre as moedas digitais que têm se beneficiado do boom provocado pelos Bitcoins, está a Iota. Pensando nisso, escrevemos este artigo com o intuito de esclarecer tudo sobre essa criptomoeda.

Vamos explicar a tecnologia por trás da Iota, contextualizar a respeito da valorização dessa moeda até os dias de hoje e ensinar como você pode obtê-las. Quer se atualizar sobre o mercado de moedas virtuais e conhecer mais sobre a Iota? Então, você está no lugar certo.

Gráfico e cotação do Iota hoje

A Iota foi criada em 2015, mas começou a ser negociada apenas em junho de 2017, com o código MIOTA. Em menos de 1 ano de comercialização, a moeda digital já movimenta aproximadamente U$4,8 bilhões, ocupando a 9ª posição na lista das criptomoedas mais valorizadas. Veja seu gráfico atualizado: 

Até o dia 19/04/18, era comercializada a U$1,74. No entanto, como a volatilidade é uma característica marcante do mercado de criptomoedas, é importante checar a cotação da Iota continuamente, já que os preços podem sofrer alterações bruscas em um espaço curto de tempo.

Apesar de esse ser um número expressivo para uma moeda que começou a ser vendida a U$0,63, a Iota já passou por momentos melhores. Em dezembro de 2017, a cotação da moeda era de U$5,54 e a capitalização de mercado girava em torno de U$ 15,4 bilhões.

Esse aumento foi notado na maioria das criptomoedas, uma vez que o mercado estava tomado pela euforia causada pelo sucesso do Bitcoin. Da mesma forma, o recuo nos preços também foi constatado em quase todo esse mercado algumas semanas depois, atingindo, inclusive, o próprio Bitcoin.

Quer conferir a cotação do Bitcoin?
Veja o gráfico

O que é Iota?

A Iota é a primeira criptomoeda a utilizar uma tecnologia diferente do Blockchain e, só por isso, já se diferencia das demais.

Ela foi desenvolvida com base em uma tecnologia chamada Tangle, que tem como meta estabelecer um sistema seguro o suficiente para que a comunicação entre objetos e equipamentos usados no nosso dia a dia possa ocorrer.

Essa concepção é denominada de “Internet das Coisas” e é considerada por muitos a nova fronteira digital a ser ultrapassada.

Graças à tecnologia Tangle, a Iota permite que as transações aconteçam offline, além de não cobrar taxas sobre elas, seja qual for o valor, e nem limita a quantidade de operações que podem ser confirmadas por segundo. Por outro lado, todos essas limitações estão presentes na tecnologia Blockchain, o que indica uma grande vantagem para a Iota.

Seus desenvolvedores, David Sonstebo, Sergey Ivancheglo, Dominik Schienere e Serguei Popov, são todos usuários do Bitcoin e apaixonados por tecnologia. Por isso, com a criação da Iota, buscaram desenvolver um sistema mais eficiente, mais barato e mais transparente para os usuários.

A moeda Iota (IOTA)

Normalmente, as criptomoedas podem ser divisíveis em diversas casas decimais. No caso do Bitcoin, por exemplo, a fração é chamada de satoshi. A Iota por sua vez, pode alcançar um número maior de casas decimais e, por isso, ela é negociada nas exchanges pelo nome MIOTA (milhão de iotas).

Da mesma forma que 1 megabyte equivale a 1 milhão de bytes, uma MIOTA equivale a 1 milhão de Iotas. Portanto, o valor unitário da moeda nas exchanges é referente a uma MIOTA, e não a uma Iota.

Veja a cotação do Bitcoin em tempo real
Acesse agora

Como adquirir Iotas

Antes de explicar como você pode comprar suas moedas, é bom deixar algo claro: a Iota, diferentemente do Bitcoin e outras criptomoedas, não pode ser minerada. Não existem mineradores na tecnologia Tangle e a resposta disso é simples: eles só existem para validar as transações que acontecem na rede, e na tecnologia Tangle essas confirmações acontecem de forma independente em cada movimentação.

Todos os usuários que realizam operações estão validando outras transações. O resultado disso é uma rede cada vez mais forte e rápida.

Todas as 2.779.530.283 moedas de Iota já estão em circulação e não há perspectivas de que sejam criadas novas moedas desse tipo. O processo de distribuição da criptomoeda aconteceu por meio do ICO, ou Initial Coin Offering. A oferta inicial de moedas virtuais é um meio dos fundadores arrecadarem recursos, que com o lançamento da Iota, conseguiram angariar um total de U$434.511,00.

Portanto, o único meio de adquirir Iotas é através de corretoras que negociam criptomoedas, chamadas de exchanges. Entretanto, antes de comprá-las, é preciso ter uma carteira que suporte o armazenamento dessa moeda virtual. Caso você já tenha uma carteira que seja capaz de armazenar as Iotas e deseja investir nessa criptomoeda, existem duas maneiras para isso:

1) Comprar Iota com a moeda Bitcoin.

Como as corretoras nacionais não comercializam a Iota, você primeiro vai utilizar o dinheiro que pretende investir para comprar Bitcoins. Nas exchanges do Brasil, o pagamento pode ser feito por meio de transferências bancárias ou cartão de crédito.

Após adquirir os Bitcoins, você vai precisar abrir uma conta em alguma exchange estrangeira que negocie Iota e terá de transferir os Bitcoins para a nova conta lá fora.

Feito isso, você poderá fazer operações de câmbio utilizando seus Bitcoins, isto é, pode trocá-los por Iota ou por qualquer outra moeda que seja negociada nessa exchange estrangeira.

Veja quanto está cotado o Bitcoin hoje?
Acesse agora

2) Comprar Iota nas exchanges estrangeiras.

Outra opção é comprar diretamente nas exchanges estrangeiras, fazendo o pagamento com cartão de crédito internacional. Se optar por esse caminho, apenas tenha atenção quanto à variação cambial do dólar. Fazer compras em moedas estrangeiras pode resultar em custos extras, principalmente quando se trata de cartões de crédito.

A Iota hoje é uma das criptomoedas de maior destaque, uma vez que utiliza uma tecnologia diferente das demais e, ao que tudo indica, também pode ser bastante promissora. Não é à toa que ela está entre as 10 criptomoedas de maior capitalização de mercado.

Agora que você já entendeu tudo sobre a Iota e sua tecnologia, conheça também outras moedas, como:

Mas lembre-se, quando o assunto é investimento, as criptomoedas ainda representam muitos riscos. Além do mercado não ser regulamentado, a cotação dessas moedas oscila de maneira extremamente intensa, e análises de tendência ainda não são muito confiáveis para ajudar os investidores em suas decisões.

Se você procura investimentos mais agressivos, que tenham maiores riscos, mas ofereçam a possibilidade de ganhos maiores e mais rápidos, você pode encontrar alternativas mais seguras e regulamentadas na Bolsa de Valores, como as operações de curtíssimo prazo em dólar, índices e ações. Aprenda como isso funciona em um curso gratuito:

Aprenda a investir na Bolsa de Valores. Curso grátis