<img height="1" width="1" src="https://www.facebook.com/tr?id=1270325969674259&amp;ev=PageView &amp;noscript=1">

Cursos GRATUITOS sobre investimentos:

New Call-to-action

Blog

Entenda o que são ações e como investir nas maiores empresas do Brasil

o-que-sao-acoes

Diariamente ouvimos informações nos noticiários sobre a Bolsa de Valores e ações de grandes e importantes empresas do país. Muitas pessoas até têm uma ideia de que ela oferece possibilidades de maiores rentabilidades, porém este é um investimento que sempre provoca inúmeras dúvidas.

“O que são ações?”, “como funciona a bolsa?”, “vale a pena comprar ações?” são algumas das perguntas que aparecem frequentemente.

Se você deseja entender o que são ações e como funciona esse investimento, neste artigo explicaremos diversas questões como:

  • O que são ações
  • Quais os tipos existentes
  • Como ganhar com ações

O que são ações da Bolsa de Valores?

Ações são pedacinhos de uma empresa, comercializados na Bolsa de Valores com o intuito de gerar renda para que a empresa possa fazer investimentos, melhorias em sua infraestrutura e outros projetos. Portanto, ao comprar ações de uma companhia, você se torna sócio dela, adquirindo uma pequena porcentagem daquele negócio.

De maneira geral, uma empresa é dividida em um grande conjunto de ações.

Costumamos dizer que uma ação é um pedaço de um sonho, que a empresa divide com os investidores para deixá-lo mais fácil de atingir. Afinal, milhares de pessoas lutando juntas por um sonho é melhor do que apenas algumas dezenas ou centenas.

A empresa ganha porque recebe o dinheiro necessário para investir no seu negócio e vê seu valor de mercado aumentar.

O investidor ganha pois pode receber parte dos lucros desta empresa e aumentar seu capital com a valorização destas ações.


Quer aprender a investir em ações? Veja um guia completo!
Como investir na Bolsa de Valores

Tipos de Ações

Você sabe o que são ações preferenciais? E Blue Chips? Agora que você já sabe o conceito básico sobre o que são ações, vamos evoluir um pouco mais e falar sobre os tipos de ações que existem.

Primeiramente você pode dividir todas as ações em 2 grandes grupos:

  • Ações Ordinárias (ON)
  • Ações Preferenciais (PN)

A partir daí podem surgir outras classificações, sobre as quais veremos a seguir.

➠ Ações Ordinárias - ON

A principal característica de uma ação ON é que ela dá direito a voto e participação nas decisões das empresas. Quando um investidor acredita que pode contribuir e ajudar a empresa a tomar melhores decisões ele deverá adquirir este tipo de ação então.

Essas ações possuem as letras da empresa seguidas do número 3 no código de negociação. Alguns exemplos:

Um detalhe importante: Na prática, os pequenos investidores têm pouca influência nas decisões, pois os grandes acionistas - que possuem uma maior quantidade de ações - é que de fato participam dessas decisões.

O acionista que tem grande quantidade de ações e o poder de controlar votações e rumos da empresa é chamado então de “acionista controlador”.

➠ Ações Preferenciais - PN

Uma ação PN não possui direito a voto, porém tem preferência em caso de distribuição de lucros e compensações.

Ou seja, caso a empresa distribua dividendos, estes acionistas receberam os lucros primeiro. Caso a empresa venha a decretar falência, eles também serão os primeiro a serem compensados.

Esses papéis normalmente recebem o número 4 após as letras que representam o nome da empresa no código de negociação, como por exemplo:

Algumas empresas também possuem subdivisões em suas ações preferenciais, como:

  • Ações preferenciais Classe A: Representadas pelo número 5 (VALE5; SUZB5; USIM5);
  • Ações preferenciais Classe B: Representadas pelo número 6 (ELET6; BRSR6).

➠ UNITS

E existem ainda as ações representadas pelo número 11, que são um tipo especial, as UNITS. Uma UNIT é um ativo composto, onde você negocia ações de tipos diferentes em conjunto, através do mesmo código. Uma UNIT por ser composta por 2 ações preferenciais e 1 ação ordinária, por exemplo. São exemplos de units:

E não é só isso! Além dessas nomenclaturas, existem outras classificações que não se referem a critérios de participação na empresa ou interferem no código da ação, como a diferenciação por nível de liquidez e capitalização.

➠ Blue Chips

São consideradas Blue Chips as ações de “Primeira Linha”, que possuem grande volume de negociação e uma grande quantidade de vendedores e compradores negociando seus papéis.

Acredita-se que esses são papéis mais seguros, de empresas já consolidadas no mercado. Geralmente são ações que pagam maiores dividendos também. Em geral possuem alta liquidez.

Alguns exemplos não-oficiais de Blue Chips são: Ambev (ABEV3); Itaú Unibanco (ITUB4) e Bradesco (BBDC4).

 Mid-Caps

Estas são ações de empresas de médio porte. Não são as maiores empresas em termos de capitalização, porém também não são as menores.

As Mid-Caps algumas vezes podem apresentar maiores chances de crescimento significativo que as empresas que já são muito grandes, mas isso não é uma regra. Para investir nestes papéis é preciso estar bastante atento, uma vez que podem apresentar baixa liquidez.

 Small-Caps

Small caps são as ações com menor capitalização. Elas também costumam apresentar menor demanda e liquidez.

Por normalmente serem ações baratas, uma estratégia dos investidores é apostar nestes papéis esperando um grande crescimento, mas essa é uma escolha perigosa. Caso você faça uma análise equivocada, você corre não só o risco de perder dinheiro com a ação como o de ficar preso a ela, sem encontrar compradores para negociar.

Saiba mais: Ações também podem ser chamadas muitas vezes de “papéis”. Isso porque antigamente elas eram negociadas em formato de títulos de papel impressos. Hoje em dia a posse das ações é registrada de forma eletrônica, mas ainda assim o termo “papel” é amplamente utilizado no mercado de ações.

Como ganhar dinheiro com ações

como-ganhar-dinheiro-acoes

A maneira mais comum e conhecida de ganhar dinheiro com ações é comprando uma ação mais barata e esperando por sua valorização, vendendo por um preço maior, porém a Bolsa de Valores oferece inúmeras outras oportunidades, veremos algumas a seguir.

1) Valorização das ações

A valorização das ações ocorre normalmente como um reflexo da relação entre oferta e demanda, refletindo o comportamento e as expectativas dos investidores em relação a empresa.

Se muitos investidores estão com boas perspectivas e interesse em comprar tais papéis, o preço destes tende a subir. Quando o cenário se concretizar você vende as ações e realiza os lucros.

2) Queda das ações

O cenário inverso também é possível. Se você acredita que uma ação irá cair, você pode realizar uma operação de venda a descoberto, ou Short Selling. Essa operação implica em realizar uma venda mesmo sem ter a ação em questão. Para isso você pega a ação emprestada de um investidor, realiza a venda e quando a ação cair você compra mais barato e devolve ao dono original.


3) Dividendos

Os dividendos são uma das formas mais conhecidas de lucros em ações. Muitos investidores montam suas carteiras de investimento baseadas especialmente neste critério.

Eles são uma forma da empresa distribuir parte dos lucros alcançados aos seus acionistas e assim retê-los, além de atrair mais investidores interessados em suas ações.

Caso esteja listada na bolsa, a empresa também é obrigada por lei a distribuir um mínimo de 25% do lucro líquido anual em forma de dividendos.

4) Juros Sobre Capital Próprio

Juros Sobre Capital Próprio (JSCP ou JCP) são uma forma da empresa remunerar seus acionistas independente da geração de lucros. Para a empresa, essa distribuição é registrada como despesa, com o intuito de manter seus acionistas e atrair mais investidores. Para o investidor há a incidência de 15% de imposto de renda retido na fonte.


Essas são apenas algumas das formas de ganhar dinheiro investindo na Bolsa. Agora que você entendeu o que são ações e como ganhar dinheiro com elas, continue o seu aprendizado.

Baixe gratuitamente o Guia de Sucesso na Bolsa e descubra como os grandes investidores alcançam seus resultados.

Guia de sucesso na Bolsa de Valores

E se você gostou deste artigo e dos nossos vídeos, você também pode assistir a um curso completo sobre investimentos, desde o nível mais básico ao mais avançado, com explicações fáceis e a possibilidade de tirar dúvidas online com a nossa equipe de análise.

Fazendo seu cadastro no Toro Radar, além do curso você terá acesso a nossa plataforma completa, com diversas ferramentas para te ajudar a dar os primeiros passos em seus investimentos:

  • Análises completas de todas as empresas;
  • Barras de tendência de cada ação para o curto, médio e longo prazo;
  • Gráfico em tempo real;
  • Chat ao vivo com a equipe de análise;
  • O melhor e mais rápido Home Broker do mercado;
  • Recomendações das melhores oportunidades da bolsa de valores.

Essa é uma forma de estarmos ao seu lado, indicando o melhor momento para comprar e vender cada ação e torcendo pelo seu resultado. E o melhor de tudo:

Você pode se cadastrar gratuitamente para um período de teste.

Conheça o Toro Radar