Cursos GRATUITOS sobre investimentos:

New Call-to-action

Blog

Depois de uma série de tentativas frustadas de reestruturação nos últimos 16 meses, a OGX entrou em recuperação judicial deixando muitos investidores com uma dúvida no ar: E agora? O que esperar do futuro da companhia? 

recuperacao judicial ogx

 Para ter uma compreensão completa da figura enfrentada pela companhia, vamos passar por três pontos centrais.

1. O que é a recuperação judicial

2. O que acontece com a negociação das ações

3. O que vem depois

 

#1 : O Que é a recuperação judicial ?

 

ogx recuperacao judicial acoesA recuperação judicial é um procedimento previsto na Lei Federal no. 11.101 de 2005 que representa uma alternativa para empresas que estejam em situação crítica ou que enfrentem a ameaça real de falência.

Seu objetivo é permitir que a companhia em situação insustentável tenha uma oportunidade de tentar se reerguer e seguir operando, mesmo enfrentando dificuldades de honrar suas dívidas e compromissos.

A proteção da recuperação judicial se inicia no momento em que essa proteção é requisitada. Diz a Lei que esse procedimento suspende todas as ações e execuções movidas contra a empresa que requisitou o regime. Essa suspensão garante que os credores da OGX não terão como solicitar a falência da empresa, mesmo tendo mais de US$ 3,6 bilhões a receber da companhia.

Uma vez processada a recuperação judicial que corre no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro sob número 0377620-56.2013.8.19.0001 , a OGX terá 60 dias para apresentar um plano de recuperação que pode contemplar medidas como aumento de capital social, troca de diretoria, redução salarial, venda de bens, ... e deve ser considerado economicamente viável . Se não apresentar esse plano no prazo, a empresa terá a falência decretada.

E isso é só o começo do jogo...

ogx recuperacao judicial jogo credoresSe qualquer credor se opuser ao plano de recuperação apresentado, o juiz convocorá a assembleia geral de credores que é composta por todos aqueles que têm algo a receber da OGX.

Essa convocação deve ocorrer até 150 dias após o pedido de recuperação. Se a assembleia rejeitar o plano apresentado, a empresa terá a falência decretada.

Se conseguir passar por tudo isso, a OGX ainda terá a obrigação de seguir à risca tudo o que for traçado no plano apresentado e aprovado. Se a empresa quebrar alguma das regras estabelecidas, o juiz decretará sua falência.

 

#2: O que acontece com a negociação das ações?

o que vai acontecer com ogx

A maior dúvida enfrentada pelos investidores que têm papéis da OGX é o que vai acontecer com a negociação das ações da empresa?

Inicialmente, a Bovespa havia informado que suspenderia a negociação das ações de qualquer empresa que entrasse em recuperação judicial. Entretanto, prevendo as consequências arrasadoras dessa medida a bolsa voltou atrás e emitiu o comunicado 151-2013 há algumas horas informando o que ocorrerá .

De acordo com o documento, confirmado pelo G1 notícias agora há pouco, as ações da OGX continuarão sendo negociadas. Amanhã, dia 31/10/2013, elas abrirão uma hora depois do mercado regular às 11 horas.

A grande mudança ocorrerá no final do dia: esta quinta-feira será a última vez que a OGX (OGXP3) fará parte da carteira do índice Bovespa - Ibovespa. Durante o fechamento, a bolsa terá uma sessão especial de negociação para que investidores possam ajustar suas posições e para rebalanceamento dos índices.

Esse movimento fará com que vários fundos de investimentos de grande porte tenham de vender suas posições no papel. Com isso, esperamos grande pressão vendedora sobre o ativo. 

Depois de vários anos investindo na bolsa e acompanhando investidores de todos os lugares do Brasil, conhecemos bem as razões que fazem com que eles se deem mal na hora de investir. Buscar prever movimentos no olho do furacão é uma dessas formas, então sugerimos cautela aos investidores e recomendamos que evitem operações no papel ou que as façam com o mínimo de capital possível.

Para o mercado em geral, a notícia é ótima. O Ibovespa sai fortalecido e todo mercado ganha.

#3: O que vem depois?

futuro acoes ogxO futuro da OGX depende da capacidade da empresa percorrer um árduo caminho em busca da completa reestruturação de suas operações.

Com mais de R$ 11 bilhões de reais em dívidas, menos de US$ 100 milhões em caixa, quase pré-operacional e sem confiança alguma ninguém duvida que será um desafio, nem mesmo os executivos da OGX. Para se ter uma ideia, a companhia batizou seu plano de reestruturação de Projeto Olímpico, conforme foi disponibilizado pelo RI da empresa.

Independente do tamanho do desafio, a empresa só tem dois caminhos possíveis.

a) Recuperar-se:

Caso a empresa consiga levar adiante sua reestruturação, atendendo os acordos firmados com seus credores ela volta a operar e seus acionistas seguem sócios de uma companhia em funcionamento regular. Infelizmente, além de díficil, essa situação importaria em redução dramática do tamanho e das projeções da companhia o que torna a expectativa de uma retomada aos valores áureos de R$ 10,00 ou R$ 20,00 por ação algo quase ilusório. Diante dos fatos apresentados até o momento, vemos uma relação desfavorável de risco a aposta na recuperação da empresa e fizemos um vídeo explicando o porque especialmente para nossos investidores.

b) Falir

ogx falencia o que fazerSe o plano de recuperação for considerado inexequível pela assembleia de credores ou se ele for descumprido, a OGX terá a falência decretada pela Justiça como manda a Lei.

Se isso ocorrer os investidores da empresa não devem esperar receber qualquer valor de volta. Assim como o ditado aplicado ao futebol, na falência, "a regra é clara": o acionista é o último da fila e só recebe dinheiro se sobrar alguma coisa depois de pagar todos os credores (hoje, a OGX deve mais de R$ 11 bilhões para eles).

Antes de ressarcir quem possui OGXP3 em carteira, os recursos da massa falida da empresa pagarão: funcionários, credores com garantia real, créditos tributários, créditos com privilégios especiais quando previstos em Lei, créditos com privilégio geral, créditos quirografários ou sem garantia, multas e créditos subordinados. Se sobrar algum dinheiro depois dessa lista, essa sobra é divida entre todos os acionistas da empresa.

Ebook: Guia de Sucesso na Bolsa de Valores

atua no mercado de ações há 8 anos e é membro da equipe do Toro Radar desde 2010, onde atua como instrutor de cursos e palestras sobre diversos temas na área de investimentos e como analista. Estudou administração de empresas no IBMEC de Minas Gerais e Direito na Universidade Federal de Minas Gerais. Possui a certificação de Planejador Financeiro CFP® - Certified Financial Planner, é Consultor de Valores Mobiliários registrado na CVM e Analista CNPI-T registrado na APIMEC.

Receba atualizações

E-book Guia completo do Investidor Iniciante

Últimos artigos

New Call-to-action