Cursos GRATUITOS sobre investimentos:

New Call-to-action

Blog

renda-fixa-ou-poupanca

Muitos brasileiros ainda demonstram interesse pela caderneta de poupança. Devido a sua facilidade, sempre que sobra um dinheiro é comum que realizem depósitos nesta conta.

Apesar de toda praticidade e segurança, é interessante avaliar se a poupança é mesmo o melhor lugar para deixar o seu dinheiro, pois existe no mercado financeiro outros investimentos que apresentam rentabilidade superior que a poupança.

Continue acompanhando este artigo para entender o que vale a pena: renda fixa ou poupança?

Saiba como funciona o rendimento da poupança

A caderneta de poupança é um dos investimentos mais tradicionais do Brasil. Esta aplicação é regulamentada pelo Banco Central do Brasil (BCB) e são oferecidas tanto para as pessoas físicas, quanto para as jurídicas.

O rendimento da poupança é igual para todos os bancos que possuem este serviço, pois as regras da remuneração são definidas pelo próprio governo. Então, você pode abrir a conta em qualquer banco que o rendimento será o mesmo.

A rentabilidade é calculado mensalmente sobre o valor depositado na conta. A taxa utilizada para o cálculo é a Taxa Selic. Esta taxa tem enfrentado diversas quedas consecutivas no seu percentual desde 2017, e com isso a rentabilidade da poupança que já era baixa, tem apresentado um péssimo resultado.

Para entender melhor sobre como a Selic interfere na rentabilidade da poupança, é preciso conhecer a regra do cálculo:

  • 0,5% ao mês + Taxa Referencial (TR) - quando a meta da Taxa Selic for superior a 8,50%.
  • 70% da meta da Taxa Selic ao ano + Taxa Referencial - quando ela for igual ou menor que 8,50%.

No mês de agosto de 2018, a taxa Selic foi mantida ao valor de 6,50% ao ano. Isto indica que o cálculo utilizado para o rendimento da poupança continuou sendo: 70% da taxa Selic somado à Taxa Referencial.

E como era de se esperar, o rendimento continuou muito baixo, deixando a desejar quanto aos resultados obtidos sobre o capital investido. Além disso, a rentabilidade anual é prejudicada pela inflação. Isto é, como o seu dinheiro não acompanha o aumento dos produtos e serviços, você acaba conseguindo comprar cada vez menos.

Por isso as pessoas que utilizam a poupança precisam conhecer investimentos que apresentam uma melhor rentabilidade, muitos deles com a mesma garantia de segurança que a poupança.

Preso na poupança? Aprenda a encontrar o melhor investimento. Curso grátis

Conheça os investimentos em renda fixa

Os investimentos em renda fixa são uma ótima alternativa para quem busca aplicações mais rentáveis para o seu dinheiro. Essa categoria abrange aplicações que podem ser emitidas por instituições financeiras, como empresas de financiamento, bancos ou até mesmo o governo.

Quando o investidor aplica em renda fixa, é como se ele emprestasse dinheiro para essas instituições, que por sua vez utilizam o dinheiro para financiar suas atividades. Em troca, na data combinada, o investidor recebe de volta o valor investido, acrescido dos juros.

Como existe uma variedade de aplicações em renda fixa, o investidor pode escolher entre os títulos disponíveis aqueles que tenham mais a ver com seu perfil e objetivo. É possível também diversificar a carteira de investimentos, aumentando a segurança e as chances de sucesso.

Para acabar com a dúvida entre renda fixa ou poupança, conheça agora alguns dos títulos mais populares entre os brasileiros:

CDB

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) são títulos de renda fixa extremamente seguro, que são ofertados tanto pelos grandes bancos, quanto por bancos menores, onde, muitas vezes, estão as melhores rentabilidades.

O objetivo seria a captação de recursos para financiar suas atividades, melhorar suas estruturas e conceder empréstimos para seus clientes.

Existem 3 tipos de títulos do CDB: prefixado, pós-fixado e híbrido.

  • Prefixado: Para esses títulos, o valor a ser resgatado ao final do investimento é estabelecido no momento da compra.
  • Pós-Fixado: Já neste tipo de título, a remuneração é atrelada a um indexador da economia, que em muitos casos é o CDI.
  • Híbrido: Esses títulos possuem um percentual fixo somado à variação de um indexador econômico.

Além disso, este investimento é protegido pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Ou seja, caso o banco que emitiu o título quebre, o investidor possui a garantia de receber o dinheiro de volta, desde que o valor ressarcido esteja no limite de R$250 mil reais por CPF e por instituição financeira, não ultrapassando R$1 milhão a cada 4 anos.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um investimento de Renda Fixa muito conhecido pela sua segurança e liquidez. Isto quer dizer que é possível resgatar o dinheiro aplicado a qualquer momento.

Quando o governo precisa financiar as dívidas internas e precisa de dinheiro, ele disponibiliza títulos de crédito no mercado, conhecidos como títulos do Tesouro. O investidor que realizar a compra desses títulos estará emprestando dinheiro para o governo, recebendo em troca o capital acrescido de juros.

Essa relação com o governo é bastante segura, pois a chance de tomar um calote é muito baixa. Além da segurança, os títulos públicos também oferecem rentabilidades interessantes.

Igual ao CDB, é possível encontrar no mercado 3 tipos de títulos do Tesouro Direto: prefixado, pós-fixado e híbridos.

LCI e LCA:

LCI e LCA são títulos de renda fixa emitidos por bancos e significam, respectivamente, Letra de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito do Agronegócio. Quando o investidor adquire títulos LCI ou LCA, ele está emprestando dinheiro para a instituição financeira utilizar em financiamentos no ramo de imóveis ou agronegócio.

O que chama bastante atenção nas Letras de Crédito seria a isenção de Imposto de Renda para pessoas físicas. No entanto, não é aconselhado utilizar esta vantagem como único fator na escolha do investimento.

Além disso, as Letras de Crédito também possuem proteção do FGC e é possível encontrar os 3 tipos de títulos no mercado: prefixado, pós-fixado e híbridos.

Além dessas aplicações apresentadas acima, existem no mercado inúmeras opções de investimento mais interessante que a Poupança. Então, você não precisa ter mais dúvida sobre qual aplicação possui melhor rentabilidade para o seu dinheiro.

Entre renda fixa ou poupança, o que proporciona melhores resultados para o seu dinheiro, sem dúvidas são os investimentos em renda fixa. Portanto, busque por título que se encaixa melhor em seu perfil e objetivos financeiros.

Invista nos melhores investimentos da Renda Fixa com um clique. Veja agora

Receba atualizações

E-book Guia completo do Investidor Iniciante

Últimos artigos

New Call-to-action