Cursos GRATUITOS sobre investimentos:

New Call-to-action

Blog

Saiba como investir no Tesouro Direto Selic, a famosa LFT

tesouro-direto-selic

O Tesouro Direto Selic, também conhecido como LFT, é uma das mais famosas letras do tesouro nacional. Só em 2016 o governo arrecadou mais de R$4,98 bilhões em títulos públicos deste tipo.

Neste guia você irá entender tudo sobre este título do Tesouro Nacional e aprenderá como investir no Tesouro Direto com mais rentabilidade e segurança.

Conheça os principais títulos públicos do Tesouro Direto em um guia gratuito
Acesse o Guia Completo do Investidor Iniciante

O que é Tesouro Direto Selic?

Tesouro Direto Selic é um título público com rentabilidade pós-fixada. Ou seja, quando você investe no Tesouro Selic, você tem uma ideia de quanto irá receber na data de vencimento, mas você só saberá a quantia exata no final do período.

Como o próprio nome já diz, sua rentabilidade está atrelada à variação da Taxa Selic e ele pode ser considerado a opção mais segura e conservadora dos títulos do governo, uma vez que é remunerado pela variação da taxa básica de juros da economia. Se esta taxa sobe, a sua rentabilidade sobe junto.

Por isso o Tesouro Direto Selic é mais indicado para cenários em que a perspectiva é que a Taxa Selic suba ou permaneça em um patamar alto, o que faz com que o título pareça muito interessante em períodos de crise, quando o governo costuma aumentar os juros na intenção de:

  • Conter o consumo e a alta da inflação
  • Atrair a atenção dos investidores
  • Aumentar a credibilidade das contas do governo

Porém, quando o cenário se normaliza e a economia melhora, o governo tende a reduzir as taxas de juros, para:

  • Incentivar a população a voltar a consumir
  • Incentivar as empresas a investir
  • Estimular a economia a voltar a crescer

Antes de 2015, o título era conhecido como Letra Financeira do Tesouro - LFT, quando passou a se chamar apenas Tesouro Direto Selic, ou Tesouro Selic.

Principais características do Tesouro Direto Selic

investimento-tesouro-direto-selic-lft

  • O título é indexado à Taxa Selic, sendo remunerado com a variação da taxa básica de juros da economia.
  • É um ótimo título para investidores mais conservadores ou que não sabem quando precisarão resgatar seu dinheiro.
  • O Tesouro Direto Selic tem fluxo de pagamento simples, portanto o investidor compra o título e recebe seu rendimento apenas no vencimento, de forma única. Ou seja, não é possível receber juros semestrais como em outras modalidades.
  • Caso você queira encerrar seu investimento antes do prazo de vencimento, o próprio Tesouro Nacional recompra seu título pelo valor de mercado.
  • O valor de mercado do Tesouro Selic possui baixa volatilidade, o que evita que você tenha prejuízo caso venda seu título antecipadamente.
  • Sua rentabilidade é calculada diariamente, portanto você não recebe a Taxa Selic vigente no momento do resgate, mas sim a progressão diária da taxa no decorrer de todo o período que ficou com o título.
  • Uma vantagem deste título é que você não precisa se preocupar tanto em seguir as notícias do mercado, por isso ele pode ser interessante para quem não sabe ao certo quando precisará resgatar seu dinheiro.
  • O título é tributado pelo imposto de renda, de acordo com a tabela regressiva de renda fixa e caso ele tenha a duração menor que 30 dias, também incide o IOF.
  • O título não possui garantia do FGC, mas também é considerado extremamente seguro, pois o próprio governo garante o seu investimento.

Guia completo do investidor iniciante - Ebook

Mas como funciona o investimento Tesouro Direto?

Para pagar as dívidas do país, o governo precisa arrecadar dinheiro, e uma das formas de fazer isso, além da arrecadação de impostos, é a venda de títulos. Portanto, os títulos do Tesouro Direto são títulos de dívida do governo. Quando você investe neles, você está emprestando dinheiro para que o país pague as suas dívidas, e como em todo título de Renda Fixa, você recebe em troca o seu capital somado a uma taxa de juros.

A rentabilidade Tesouro Direto então, pode ocorrer em 3 modalidades diferentes:

1) Prefixada - Neste caso, a taxa de juros a ser recebida é combinada na compra do título, portanto você sabe, desde o início, quando irá receber ao final do seu investimento. O risco desta opção é que a inflação suba e se torne maior que o seu rendimento, por exemplo. Isso quer dizer que seu dinheiro está se desvalorizando ao invés de crescer.

2) Pós-fixada - Nesta modalidade você só saberá exatamente quanto irá no momento do resgate do seu investimento, mas você pode ter uma ideia desse rendimento, uma vez que ele está atrelado a um indicador da economia, o caso, a Taxa Selic. É a modalidade mais segura do Tesouro Direto.

3) Híbrida - A modalidade híbrida é uma união das duas formas anteriores, portanto, você receberá uma taxa prefixada somada a variação de um indicador da economia, neste caso, algum indicador da inflação, como o IPCA ou o IGPM. Isso quer dizer que sua rentabilidade estará sempre acima da inflação.

Principais Títulos Públicos

principais-titulos-publicos

Como você pôde ver, existem diferentes modalidades de Tesouro Direto e, portanto, existem também diferentes títulos além do Tesouro Direto Selic. Conheça os principais:

♦ Tesouro Prefixado - LTN

Antigamente conhecido como LTN - Letra do Tesouro Nacional, o Tesouro Prefixado, como o próprio nome já diz, tem como rendimento uma taxa fixa definida no momento da compra. Ele pode render, por exemplo, uma taxa de 10,88% ao ano, e então você consegue se planejar sabendo quanto irá ganhar no vencimento do seu título.

Tesouro Prefixado com Juros Semestrais - NTN-F

O Tesouro Prefixado com juros semestrais funciona da mesma forma que o Tesouro Prefixado, porém ele oferece a possibilidade de retiradas semestrais. Se você quer um rendimento que complemente a sua renda, esse pode ser um título interessante. Este título era conhecido anteriormente como NTN-F, ou Nota do Tesouro Nacional Série F.

Tesouro IPCA - NTN-B Principal

O Tesouro IPCA antigamente era conhecido como NTN-B Principal, ou Nota do Tesouro Nacional série B Principal. Ele é um título híbrido, com rentabilidade atrelada à variação do IPCA, somada a uma taxa de juros predefinida no momento da compra. A grande vantagem de investir neste título é que o seu retorno será sempre acima da inflação.

Tesouro IPCA com Juros Semestrais - NTN-B

O Tesouro IPCA com Juros Semestrais funciona da mesma forma que o anterior, porém oferece a possibilidade de retiradas semestrais. Assim como o Tesouro Prefixado com juros semestrais, ele pode ser uma boa opção para investidores que queiram complementar a sua renda.

Saiba o momento certo de investir em cada título
Acesse o Guia Completo do Investidor Iniciante

Tesouro Direto rentabilidade

Veja abaixo as atuais opções de Tesouro Direto, rentabilidade e os valores para investir:

Títulos Públicos disponíveis 2017
Título Vencimento Taxa de rendimento (% a.a.) Valor Mínimo para investir Preço unitário
      Indexados ao IPCA
 Tesouro IPCA+ 2019 (NTNB Princ) 15/05/2019 5,58 R$ 52,44 R$ 2.622,13
 Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ) 15/08/2024 5,59 R$ 39,42 R$ 1.971,19
 Tesouro IPCA+ 2035 (NTNB Princ) 15/05/2035 5,51 R$ 33,48 R$ 1.116,13
 Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026 (NTNB) 15/08/2026 5,62 R$ 31,30 R$ 3.130,16
 Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 (NTNB) 15/05/2035 5,53 R$ 31,65 R$ 3.165,31
 Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTNB) 15/08/2050 5,54 R$ 32,57 R$ 3.257,88
      Prefixados
 Tesouro Prefixado 2019 (LTN) 01/01/2019 10,41 R$ 33,13 R$ 828,41
 Tesouro Prefixado 2023 (LTN) 01/01/2023 10,88 R$ 32,64 R$ 544,10
 Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2027 (NTNF) 01/01/2027 10,77 R$ 38,64 R$ 966,01
      Indexados à Taxa Selic
 Tesouro Selic 2021 (LFT) 01/03/2021 0,05** R$ 85,12 R$ 8.512,68

*Fonte: Tesouro Nacional
**Normalmente a taxa de rendimento do Tesouro Direto Selic é 0,00. Pequenas variações podem ocorrer por ágio ou deságio.

Lembrando que a Taxa selic hoje, em 27/01/17, está em 13% e o IPCA fechou 2016 em 6,29%. E se você quer fazer uma estimativa de quanto será a sua rentabilidade no Tesouro Direto, no próprio site do governo é possível fazer uma simulação, basta acessar a Calculadora Tesouro Direto.

Saiba como investir no tesouro direto
Acesse o Guia Completo do Investidor Iniciante

Como investir no Tesouro Direto Selic e ganhar muito dinheiro?

tesouro-direto-selic-bolsa-de-valoresAgora que você entendeu como funcionam os títulos públicos, vou te contar o segredo dos grandes investidores para ganhar mais com esse investimento:

Usando o Tesouro Direto como margem de garantia para investir na Bolsa de Valores você pode investir como um milionário.

Isso porque há modalidades na Bolsa onde a compra e venda acontece muito rápido, em poucos minutos ou horas, e então você não paga ou recebe o valor total do contrato, mas sim a oscilação entre a compra e a venda, ou seja, apenas o lucro ou prejuízo. Por causa disso, você também não precisa ter o dinheiro total em sua conta, apenas uma margem de garantia que comprove que você tem condições de arcar com as oscilações do mercado.

E essa margem de garantia não precisa estar em dinheiro, ela pode estar em títulos do tesouro ou CDB. Assim, você pode investir em 2 lugares ao mesmo tempo e o seu dinheiro pode render muito mais!

Mas a grande estratégia é: Investindo nessas modalidades, usando a margem de garantia, você pode investir muito com pouco dinheiro. Como são operações muito rápidas e você só paga a oscilação, é permitido utilizar alavancagem e investir até 10 vezes o dinheiro que você possui.

Se você quer investir 100 mil reais por exemplo, você consegue movimentar até 1 milhão de reais! E o seu resultado seria sobre R$1 milhão e não sobre R$100 mil. Isso não é fantástico?

É importante lembrar que o risco dessas operações também é maior, pois essa relação é sempre proporcional, portanto é muito importante buscar conhecimento e entender como o mercado funciona.


Aprenda a investir com o melhor curso da Bolsa de Valores
Faça seu cadastro e acesse o curso gratuito

Receba atualizações

E-book Guia completo do Investidor Iniciante

Últimos artigos

New Call-to-action