ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES

Pedido de Impeachment anima o mercado e IBOVESPA e Petrobras sobem!

04/12/2015 - Olá Investidor, muito bom dia!

Chegamos ao final da primeira semana de dezembro com eventos de grande importância nos cenários político e econômico nacional e mundial, mas também acumulando ótimos resultados!

O início do pregão online desta quinta-feira (03) foi aguardado com muita expectativa sobre a reação do mercado investidor após o aceite do pedido de Impeachment da presidente Dilma Rousseff pelo deputado Eduardo Cunha.

Ibovespa em alerta, pedido de Impeachment foi aceito!

03/12/2015 - Olá Investidor, seja bem vindo!

Começamos o dia trazendo os resultados excepcionais do pregão online desta última quarta-feira e claro, falando dos últimos eventos divulgados sobre o aceite do pedido de Impeachment da Presidente Dilma Rousseff e como deve ficar o Ibovespa nesta quinta-feira.

Em meio a um dia com agenda econômica intensa no cenário internacional, aguardando a divulgação do livro Bege e congresso nacional votando Ajuste Fiscal, nesta última quarta-feira (02) a Toro Radar não só recomendou grandes oportunidades como garantiu 100% de aproveitamento!

Ajuste Fiscal e divulgação do Livro Bege pelo FED ditam o ritmo desta quarta-feira

02/12/2015 - Olá Investidor, muito bom dia!!

Iniciamos o mês de dezembro com uma agenda econômica intensa e acontecimentos importantes na área política do país.

Como esperado, o PIB do terceiro semestre de 2015 foi divulgado pelo Banco Central nesta última terça-feira (01). Os dados apresentaram retração acima do esperado pelos analistas financeiros registrando o pior resultado em 19 anos, com recuo de 4,5% comparado com o mesmo período do ano anterior. Apesar do teor preocupante dos dados, o mercado não reagiu de maneira intensa, demonstrando que já vem precificando a crise econômica do país.

IBGE divulga PIB 2015 e Lava Jato volta a derrubar as Ações do BTG Pactual

01/12/2015 - Olá Investidor, seja muito bem vindo!

Oficialmente chegamos ao último mês do ano, que promete ser agitado com os prazos finais de decisões importantes como o ajuste da Taxa de Juros Norte Americano e a aprovação da nova meta orçamentária de 2015 pela LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias). Além das festividades claro, que fazem de dezembro um mês mais curto.

E no pregão desta segunda-feira (30/11) já experimentamos um pouco do que há por vir em Dezembro.

Operação Lava Jato e Ajuste Fiscal colocam o Governo em saia Justa.

 

04/12/2015 - Ações da Petrobras e Ibovespa sobem em meio a Pedido de Impeachment

Fragilidade do governo com Pedido de Impeachment e alta das ADR´s marcam a abertura do mercado nesta sexta-feira e Ibovespa e ações da Petrobras sobem.

03/12/2015 - Pedido de Impeachment aceito. Como fica o Ibovespa agora?

A bolsa de valores abriu a quinta-feira com uma notícia impactante. Além da atenção voltada para a divulgação do livro Bege do FED, o Deputado Eduardo Cunha comunica aceite do pedido de Impeachment da presidente Dilma Rousseff. Veja este grande destaque.

02/12/2015 - FED divulga Livro Bege e ajuste fiscal é decidido

Agenda econômica americana influencia bolsas mundiais com previsão do ajuste fiscal 2015 e divulgação do Livro Bege pelo FED. Veja aqui!

01/12/2015 - Ações do BTG voltam a cair com Lava Jato e IBGE divuga PIB 2015

Início de dezembro é marcado  por divulgação do PIB 2015 pelo IBGE e o desenrolar da Operação Lava Jato, com a prisão do banqueiro André Esteves, desabando as ações do BTG Pactual. Veja!

30/11/2015 - Olá Investidor, seja muito bem vindo!

Hoje nos despedimos do mês novembro, um mês com muitas oportunidades e que também exigiu um bom manejo de Risco. Prova disso, foi o pregão da última sexta-feira, que contou com eventos inesperados dentro da Operação Lava Jato e o aumento de pressão sobre o governo para a aprovar a nova meta do Ajuste Fiscal.

Crise Econômica volta a preocupar com novas informações sobre a Operação Lava Jato

27/11/2015 - Olá Investidor, seja bem vindo!

Chegamos ao final da última semana de Novembro após feriado de Thanksgiving (Ação de Graças) nos Estados Unidos. Sem a participação dos investidores internacionais tivemos um pregão pouco movimentando, representado pelo volume financeiro abaixo da média a cada hora desta última quinta-feira.

Com a calmaria instalada e sem uma agenda econômica expressiva, o mercado direcionou sua atenção para a operação Lava Jato e divulgação da Nota do Setor Externo pelo Banco Central, que apresentou um Déficit Primário de R$12,278 bilhões para o mês de outubro, sendo o pior resultado desde o início da série histórica, em 1977.

Ações da Petrobras desabam com Operação Lava Jato e COPOM mantém Taxa de Juros

26/11/2015 - Olá Investidor, muito bom dia!

Começamos nossa manhã falando sobre o pregão online desta última quarta-feira (25), que certamente marca não só a semana mas todo o mês de Novembro.

Tínhamos como pontos focais para o dia a divulgação da Taxa de juros pelo COPOM e o impacto da nova fase da Operação Lava Jato sobre as ações da JBS (JBSS3). Porém minutos antes do início do pregão foi anunciada a prisão do Senador Delcídio do Amaral (PT-MS), líder do governo no congresso, seguido da prisão do banqueiro André Esteves do BTG Pactual em nova ação da Polícia Federal.

Divulgação da Taxa de Juros do COPOM, Lava Jato e ações da JBS ficam no radar

25/11/2015 - Olá Investidor, seja bem vindo!

Chegamos na metade de mais uma semana e como de costume começamos com uma breve retrospectiva do dia anterior, destacando os principais eventos que marcaram o pregão da última terça-feira (24).

Seguindo a agenda econômica o Banco Central Americano divulgou o PIB do terceiro semestre, apresentando crescimento de 1,3%, resultado acima das expectativas de 1,20% e que manteve a possibilidade do ajuste da taxa de juros do país em dezembro deste ano.

Mercado aguarda a divulgação do PIB EUA 2015 e início da Reunião do COPOM

24/11/2015 - Olá Investidor, bom dia e seja bem vindo!

Como de costume, antes de abordarmos os principais pontos de interesse desta terça-feira vamos rever rapidamente os destaques do pregão do dia anterior.

A bolsa brasileira abriu estável e buscou as altas já na primeira hora do dia motivada pelas ADR´s negociadas no exterior na ultima sexta-feira. Durante o dia tivemos a divulgação da pesquisa FOCUS pelo Banco Central, que reforçou os dados negativos e retração da economia não só em 2015, mas também em 2016, fazendo com que o IBOV encerrasse próximo a zero no dia.

CPMF - o que é e por que ela pode voltar a ser cobrada a qualquer momento?

A CPMF é um assunto que tem preocupado a vida dos brasileiros desde que o governo anunciou sua intenção de voltar a cobrá-lo.

Ele voltaria a ser cobrado visando reduzir as dívidas do governo e proporcionar um melhor cenário econômico para o ano de 2016. O déficit orçamentário estimado em R$ 119 bilhões tem pressionado os governantes a tomar decisões para a solução do problema, principalmente com os últimos rebaixamentos divulgados pelas agências de classificação de risco. A volta da CPMF, que visa cobrir o rombo da Previdência Social, prevê uma arrecadação de R$ 32 bilhões.

Ajuste Fiscal 2015 e Crise econômica devem receber impacto de reunião do COPOM nesta semana

27/11/2015 - Operação Lava Jato dificulta solução para Crise Econômica

Bolsas mundiais seguem calmaria gerada por feriado americano da quinta-feira 26, ações de instituições de ensino têm queda por especulação de mudanças do MEC e crise econômica volta a preocupar com novas informações da Operação Lava Jato.

26/11/2015 - Operação Lava Jato derruba Petrobras e COPOM divulga Taxa de Juros

COPOM mantém taxa de juros e Petrobrás cai 7,56% na última quarta-feira, após alta de 5,20% na terça 24. Veja últimas notícias da Operação Lava Jato e entenda.

25/11/2015 - COPOM divulga Taxa de Juros e Operação Lava Jato afeta ações da JBS

Divulgação da Taxa de Juros marca o fim da Reunião do COPOM nesta quarta-feira e novas prisões na Operação Lava Jato ganham destaque. Veja como esses desdobramentos afetaram as ações da JBS e o mercado como um todo.

24/11/2015 - PIB EUA 2015 e Reunião do COPOM são esperados no dia

Início da reunião do COPOM e divulgação de resultados do terceiro trimestre da economia americana são pontos de atenção no cenário internacional. Veja aqui o que os resultados do PIB EUA 2015 influenciam no mercado.

23/11/2015 - Olá Investidor, bom dia!

Daremos início a última semana do mês de novembro fazendo um breve balanço do pregão da Bovespa online da última quinta-feira e perspectivas do feriado do dia 20 de novembro.

No último pregão da semana passada, quinta-feira 19, vimos a bolsa brasileira se beneficiar do otimismo do cenário internacional, após a sinalização do banco Central Norte Americano que o ajuste da taxa de juros do país deve ocorrer em dezembro, mas de maneira gradativa.

Crise Econômica recebe alívio com aprovação dos Vetos presidenciais e divulgação da ata do FOMC

19/11/2015 - Olá Investidor!

Chegamos ao fim da terceira semana de novembro e com ela a soma de resultados positivos na Toro Radar, que mesmo enfrentando um mercado inseguro por uma agenda econômica pesada, crise econômica e política e até um atentado no exterior, deu um show de manejo de risco garantindo o máximo de proteção aos traders.

Meta Fiscal, Vetos Presidenciais e Minutas do FOMC ganham espaço na Crise Econômica

18/11/2015 - Olá Investidor!

Chegamos na metade desta semana, mais curta devido ao feriado da Consciência Negra comemorado no estado de São Paulo no dia 20 de novembro sexta-feira, quando a BM&FBovespa não terá expediente.

No pregão de ontem tivemos a divulgação de dados importantes da economia Norte Americana e local, além de eventos políticos significativos. Os pontos centrais ficaram sobre o Índice de preços do consumidor dos Estados Unidos, a expectativa sobre os Vetos presidenciais e o reforço da presidente Dilma Roussef na permanência do Ministro da Fazenda Joaquim Levy.

Bolsas mundiais - As bolsas que influenciam a Bovespa

Qual a influência das bolsas mundiais na Bovespa e como investir na bolsa de valores acompanhando o movimento externo?

Eu não sei se você possui essa mesma curiosidade, mas sendo o Brasil uma grande economia no mundo podemos pensar em relação ao tamanho da nossa Bolsa de Valores e o quanto ela movimenta no nosso país em analogia às demais economias. Afinal, é na bolsa que são realizados os negócios envolvendo:

  • Ações;
  • Títulos públicos e de renda fixa;
  • Moedas;
  • Commodities;
  • Contratos de índices;
  • Opções.

Aprenda a investir como os grandes investidores - Veja um guia completo!
Como investir na Bolsa de Valores

Joaquim Levy, vetos Presidenciais e Estados Unidos preparam as oportunidades do dia

17/11/2015 - Olá Investidor!

A terceira semana de novembro iniciou trazendo novo destaque para recessão econômica do país, motivada pela atual crise política. Dados da pesquisa FOCUS realizada pelo Banco Central apresentaram uma projeção de retração do PIB de 3,10% para 2015 e de 2% (ante os 1,9%) para 2016 estimados pelas principais instituições financeiras do país.

Crise econômica: possível saída de Joaquim Levy e nova estimativa da inflação 2015

19/11/2015 - Vetos presidenciais e Ata do FOMC geram alívio na crise econômica

Aprovação dos vetos sobre o "ajuste salarial do judiciário" e a "nova fórmula de reajuste das aposentadorias", assim como a ata do FOMC divulgada na última terça-feira 18/11 aliviam um pouco a tensão da crise econômica. Veja melhor sobre os vetos presidenciais e os destaques do mercado nesta data.

18/11/2015 - Meta Fiscal, Vetos Presidenciais e Minutas do FOMC são pautas de hoje

A abertura da bolsa trouxe conclusões dos temas centrais da terça-feira 17, com a permanência de Joaquim Levy reforçada pela presidente Dilma Roussef, o Veto Presidencial mantido sobre o ajuste salarial do Judiciário e as expectativas sobre a Ata do FOMC. Veja aqui como os vetos presidenciais e outras notícias afetaram o mercado nesses dois dias.

17/11/2015 - Crise política e dados americanos agitam o mercado nesta terça-feira

Ainda especula-se sobre o desejo de saída de Joaquim Levy do Ministério da Fazenda mas sua permanência é assegurada. Dados da pesquisa FOCUS mostram retração do PIB e aumento da inflação para este ano e o próximo. Acompanhe os reflexos da inflação 2015 na bolsa.

16/11/2015 - Olá investidor, seja bem vindo!

Nesta semana daremos continuidade ao acompanhamento dos principais eventos que agitam a bolsa de valores, mas antes vamos destacar o que realmente importou até aqui: A volatilidade.

Em meio a eventos de diversas áreas, países e segmentos, a volatilidade foi fator de real importância para o investidor, pois volatilidade representa oportunidade na Bolsa de Valores!

Atentos à Crise Política possível saída de Joaquim Levy e discursos do FED refletem no mercado

13/11/2015 - Olá Investidor, bom dia! Chegamos no final da segunda semana de Novembro, onde acompanhamos de perto os eventos que envolvem a Crise Política no país e a reação do mercado e da Bovespa online sobre este tema tão presente neste ano de 2015. Vimos através da análise técnica que o comportamento real do mercado pode ser muito diferente da reação que acreditamos prever através das notícias. “Aprenda a ver o mercado como um trader”.

Crise Política: Saída de Joaquim Levy e Henrique Meirelles favorecem o ajuste fiscal?

12/11/2015 - Dentro do apontado pela equipe Toro Radar, no pregão da Bovespa online nesta última quarta-feira (11) a bolsa brasileira abriu estável seguindo a tendência de alta do cenário internacional nas primeiras horas. Por volta das 11 horas testou uma região vendedora (resistência) e passou a se comportar dentro da volatilidade do dia.

Novas notícias sobre a possível substituição do Ministro da Fazendo, com a saída de Joaquim Levy e entrada do ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, foram divulgadas durante o dia sem gerar grande volatilidade. O ponto de atenção ficou no fechamento do IBOV que acumulou alta de 1,06%, o que sugere que a possível troca de ministros não desagrada ao mercado, ao menos por enquanto.

Crise Política: Saída de Joaquim Levy começa a tornar-se realidade

11/11/2015 - Após um pregão estável durante grande parte do dia ontem, as especulações sobre a possível saída do Ministro da Fazenda Joaquim Levy chegam a um novo patamar.

Notícias indicaram que Henrique Meirelles, apontado como possível substituto de Joaquim Levy, estaria sondando o cenário econômico do pais junto aos políticos governistas.

Esta notícia chega ao mercado reforçando a possibilidade de saída do atual Ministro.

Crise Política: Ministro da Fazenda Joaquim Levy gera dúvida novamente

10/11/2015 - Seguindo a perspectiva do cenário político nacional que citamos no call anterior, a notícia divulgada na tarde desta segunda-feira 09/11 sobre a possível saída do Ministro da Fazenda Joaquim Levy gera volatilidade no curto prazo e traz grandes oportunidades.

O ex-diretor da Divisão de Ativos do banco Bradesco Joaquim Levy aceitou a pedido dos líderes do atual governo assumir o cargo de Ministro da Fazendo durante o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. Seu principal objetivo era transparecer credibilidade ao mercado e colocar o país de volta ao trilho do crescimento através de um ajuste fiscal racional e eficiente.

Crise política nacional afeta a Economia global e traz ótimas oportunidades

12/11/2015 - Saída de Joaquim Levy e Henrique Meirelles favorecem o ajuste fiscal?

Novas notícias sobre a possível substituição do ministro por Henrique Meirelles, que considerado bom articulador político poderia favorecer o ajuste fiscal tão esperado. Veja melhor o que a saída do ministro e entrada de Henrique Meirelles influenciam no mercado.

11/11/2015 - Possível saída de Joaquim Levy é reforçada

Notícias apontam que Henrique Meirelles, possível substituto para Joaquim Levy, estaria sondando o atual cenário da economia nacional frente ao governo. Isso reforça a suspeita de que o Ministro deixe o seu cargo. Veja mais sobre a possível saída de Joaquim Levy.

10/11/2015 - Ministro da Fazenda Joaquim Levy gera dúvida novamente

Saída de Joaquim Levy do Ministério da Fazenda se torna uma suspeita novamente e o dia tem picos de volatilidade intensos no mercado. Veja aqui este novo capítulo da crise política nacional.

09/11/2015 - Vivendo como um vizinho barulhento, a crise política entre Câmara e Planalto chega em um momento onde pouco se pode fazer além de esperar um estalar de bom senso entre as partes pensando no bem nos demais.

Taxa de juros americana e Recessão brasileira na agenda econômica de hoje

Olá Investidor, bom dia!!

Chegamos ao fim da primeira semana de Novembro trazendo muito de Outubro. As principais economias seguem atentas a seus indicadores produtivos avaliando uma desaceleração global da Economia.

Nesta sexta-feira a agenda econômica ganha destaque trazendo como foco a divulgação do número de novas vagas de emprego (Payroll) geradas no mês de outubro e a taxa de desemprego do mesmo período.

Abertura bovespa: agenda política calma e dados econômicos chamam a atenção nesta quinta-feira

Olá Investidor, bom dia!!

Nesta quinta-feira encontramos o mercado operando sem a influência de uma agenda política, o que nos trás de volta a volatilidade do mercado sobre dados econômicos internacionais e resultados dos principais segmentos.

O estado de cautela permanece sobre o FED e o mercado Asiático, fazendo com que os investidores operem de forma moderada.

Cenário internacional com discurso do FED e Política Monetária nacional são as pautas para hoje

Olá Trader, bom dia!

Nesta quarta-feira o mercado divide as atenções entre o discurso da Chairwoman Janet Yellen (FED), que irá falar sobre a atual situação econômica dos EUA, e a Política Monetária Brasileira.

Após a forte alta do IBOV na terça-feira, puxada pelas ADR´s nas bolsas Americanas e a especulação de entrada de recursos no país (BR), hoje encontramos as principais bolsas mundiais operando em alta influenciada pelo mercado Asiático com expectativas comerciais regionais, o que deve influenciar por aqui.

Ajuste fiscal e Crise política: Decisões importantes serão as engrenagens desta semana

Olá Investidor, bom dia!

O mês de novembro inicia com um tom de urgência extra para o ajuste fiscal, restando pouco mais de 50 dias para o final do ano e o cenário político ficando mais áspero com a instalação do processo de investigação sobre o Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha e aproximação do Ministério Público Federal e a Polícia Federal do ex Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.