Investidores inteligentes investem com Toro Radar.
Navegue pelos capítulos
Cotação do dólar

Cotação Dólar:
como está o dólar hoje?

  • 8 capítulos

Curso Grátis: Como investir na Bolsa de Valores

Aprenda a investir no dólar e em diversos ativos. Saiba identificar as melhores oportunidades e as técnicas certas para investir em ações

Antes de mais nada, quer saber qual é a cotação do dólar hoje? Abaixo, você encontra o valor constantemente atualizado:

Agora que já viu a cotação de hoje, podemos começar.

Se você acompanha jornais e noticiários econômicos, é certo que o dólar será um assunto de destaque. A moeda mais influente e importante no mundo tem seu espaço garantido no nosso radar. Por isso, selecionamos alguns pontos que você e todos os investidores devem estar constantemente atentos em relação à moeda.

O dólar influencia desde o momento que você decide comprar uma ação de uma grande empresa até quando opta por passar as férias em um destino fora do Brasil. É preciso acompanhar notícias, estar a par de oscilações e entender alguns conceitos para não ter surpresas desagradáveis.

Neste material, você irá conhecer muitos outros pontos sobre o dólar. Veja só:

  1. Comercial? Turismo? Entenda as diferentes cotações do dólar.

  2. Moeda mundial: entenda a importância do dólar.

  3. Dólar em 2018: esteja à frente das movimentações.

  4. Curiosidades sobre dólar: descubra mais sobre a moeda.

Então vamos começar?

Comercial? Turismo?
Entenda as diferentes cotações do dólar

Quando se começa a pesquisar sobre o dólar, é comum se deparar com alguns números e indicadores que, sob um olhar um pouco mais leigo, se confundem facilmente. Quando vou investir devo olhar qual cotação? E quando vou viajar? Por que casas de câmbio cobraram mais pela moeda?

Cada tipo de cotação tem sua respectiva importância e função para o mercado. Mas não se preocupe, passaremos ponto a ponto para sair daqui entendendo tudo sobre o dólar. E mais: neste material você encontra como está a cotação do dólar hoje.

Capítulo 1

Cotação Dólar comercial: o que é?

Quando os âncoras de um jornal anunciam que o dólar caiu ou subiu e apresentam um valor em reais, este é, normalmente, o valor do câmbio desse primeiro tipo de cotação.

Todos os dias ocorrem milhares de transações de comércio exterior e incontáveis movimentações financeiras.

O dólar comercial representa o valor que o mercado utiliza para essas negociações.

Como a maioria dos processos de importação e exportação utilizam o dólar (falaremos mais adiante dessa escolha), o estoque e disponibilidade da moeda variam durante o dia. Dessa forma, a lei da oferta e da demanda faz com que o valor da moeda, frente às outras, oscile.

Mas a cotação não varia livremente, já que para conter os movimentos existem as chamadas políticas cambiais. O Banco Central, desde 1999, estabeleceu que o valor da moeda fosse pautado por um sistema que ficou conhecido como Câmbio Flutuante Sujo.

Política Cambial Vigente

É bem simples de entender: o valor do dólar varia de acordo com a demanda e isso não é novidade. Essa é a parte flutuante da nossa política cambial. Entretanto, o Banco Central está autorizado a intervir caso considere necessário.

Isto é, se o Bacen teme que o valor do dólar possa prejudicar nossa economia, ele realiza leilões e compras para interferir na demanda e oferta e, consequentemente, no seu preço.

Quer saber quanto está a cotação do dólar hoje? Veja abaixo o gráfico atualizado em tempo real.

Capítulo 2

Entenda a conversão de moedas

O valor que você viu no gráfico anterior representa quanto um dólar vale em Reais. Isto é, se a cotação do dólar estiver em R$3,27 significa que 1 dólar (US$1,00) está valendo 3 Reais e 27 centavos.

Se quiser descobrir quantos dólares valem 01 Real, basta fazer a divisão. No caso do exemplo acima, R$1 vale US$0,30. Para facilitar os cálculos, existem os chamados conversores de moedas. Eles funcionam como calculadoras para você descobrir exatamente o valor desejado em determinada moeda.

Abaixo, disponibilizamos um conversor de moedas com valores constantemente atualizados. Veja agora quanto está valendo o dólar frente ao Real:

Você já deve ter reparado que esse número nunca coincide com o valor ofertado em casas de câmbio, não é mesmo? Explicaremos o motivo disso no próximo tópico.

Capítulo 3

Cotação Dólar Turismo: o que é?

Quando alguém está programando uma viagem para fora do país, é comum checar a cotação do dólar. Você já deve ter notado que o preço da moeda em casas de câmbio é, normalmente, mais caro que a cotação que escuta nos noticiários.

É fácil entender o porquê: como na compra física da moeda é necessário que a instituição tenha em mãos o dólar, isso ocasiona em uma série de custos às casas de câmbio.

Para sair com uma nota de US$100 é preciso que essa nota tenha sido transportada, armazenada, segurada e catalogada.

Para compensar toda essa logística, e também para gerar o próprio lucro, as corretoras e casas de câmbio vendem a uma taxa maior do que a do dólar comercial. Por esse motivo, a cotação do dólar turismo varia de cidade para cidade e de corretora para corretora.

Abaixo, você pode conferir a variação da cotação do dólar turismo e comercial frente ao real.

Basta selecionar a sua cidade e o período desejado e pronto, veja quanto o câmbio variou nos últimos dias.

Capítulo 4

Contrato Futuro de Dólar: o que é?

Este tópico é um pouco mais incomum que os dois primeiros, mas tão importante quanto. Os contratos futuros de dólar funcionam como acordos de compra ou de venda da moeda para um período futuro, a um preço já estabelecido.

Entretanto, o contrato futuro de dólar não ocasiona na entrega física do papel moeda. No seu vencimento, o portador do contrato receberá a liquidação financeira em reais de acordo com a cotação vigente na compra.

O contrato futuro de dólar pode ser entendido como uma maneira de fixar determinada cotação.

Sim, pode parecer confuso a princípio, mas é a maneira que milhares de investidores ganham diariamente com o dólar. O processo de investimento pode ser explicado de forma bem simples:

Através de suas corretoras, investidores compram contratos de dólar futuro a um determinado preço. Enquanto tiver o contrato em carteira, se a moeda se valorizar, o seu contrato seguirá o movimento. Após atingir seu objetivo, o contrato é vendido e o lucro é realizado.

Aprenda a investir em Dólar

Esteja à frente do mercado e potencialize seus ganhos

Capítulo 5

Investir em Dólar: como funciona?

Quando falamos em dólar, muitos pensam logo em investimento. Existem diversas formas de aproveitar a moeda estrangeira, mas não confunda com a compra física de notas esperando sua valorização.

Acredite, essa forma de investimento não é a mais adequada para quem busca qualquer resultado. A compra de papel moeda expõe o investidor a alguns pontos que merecem ser destacados:

  1. As casas de câmbio cobram taxas na compra e na venda do dólar.

  2. O IOF sobre a compra de papel moeda é bem significativo.

  3. Guardar dinheiro em casa é arriscado.

Então, compre sua moeda apenas se pretender usá-la em uma viagem ou em uma compra. Se quiser investir, existem outras maneiras muito mais efetivas.

Como mostramos no capítulo anterior, inúmeros investidores brasileiros compram e vendem contratos futuros de dólar buscando rápidos resultados.

Para muitos, a alta possibilidade de alcançar rendimentos no curto prazo compensam o nível de risco do investimento.

Entretanto, os contratos não são a única maneira efetiva de aproveitar o dólar. O fundo cambial é uma delas: eles são fundos de investimento que acompanham moedas estrangeiras, na maioria das vezes, o próprio dólar.

Além deles, é possível aproveitar o movimento cambial através de ações de grandes empresas estrangeiras. O interessante é que você pode realizar esse investimento direto da sua corretora, como outro qualquer título ou ativo nacional.

Através do S&P 500 você acompanha as ações da Apple, da Disney, da Nike e de muitas outras grandes empresas americanas.

O S&P 500 é um ativo que oscila de acordo com as ações das 500 maiores empresas da Bolsa americana. Você pode adquiri-lo nos mesmo padrões dos contratos futuros de dólar: o que é vendido, na verdade, é a sua cotação em pontos e você pode ganhar ou perder de acordo com as suas variações.

Atualmente, inúmeros investidores incluem esse ativo em suas estratégias. Entenda um pouco mais sobre ele no vídeo abaixo:


Aprenda a investir nos EUA:

Conte com recomendações profissionais
para investir no S&P 500

Capítulo 6

Moeda mundial:
entenda a importância do dólar

Um pouco de história

Parece uma ideia antiga imaginar a riqueza de um país em um grande cofre repleto de metal dourado, mas essa realidade não está tão no passado assim. Antes da Segunda Guerra Mundial, o padrão monetário no planeta era totalmente pautado nas reservas de ouro de cada nação.

Foi nos anos 1940 que líderes mundiais decidiram adotar o chamado padrão dólar-ouro. A partir desse momento, vários países fixaram seu câmbio em relação à moeda norte-americana, que, por sua vez, tinha seu valor fixado no ouro.

Em 1971, os Estados Unidos quebraram o laço entre o valor do dólar e do ouro.

Essa decisão foi tomada em resposta a alguns países que estavam aumentando seus cofres com o metal. A partir desse momento, o ouro deixou de ser um meio de pagamento internacional e se tornou apenas uma mercadoria.

Desde então, a cotação do dólar passou a flutuar de acordo com o mercado e ganhou ainda mais relevância internacional. Hoje, a grande maioria das transações internacionais são realizadas com essa moeda e a sua influência cresce a cada dia.

Saiba mais: o que são moedas fiduciárias e moedas lastreadas?

Alguns termos aparecem com frequência quando pesquisamos sobre o dólar e outras moedas. Entre eles estão: moedas lastreadas e fiduciárias. Vamos entender esses conceitos?

O dinheiro aparece em nossas vidas de diversas formas: notas, moedas, extratos bancários, etc. Se elas não fossem aceitas legalmente como dinheiro, não teriam qualquer valor, concorda?

O interessante é que nenhuma dessas formas de dinheiro tem um chamado valor intrínseco. Ou seja, seu valor é garantido legalmente pelo Estado e não por um lastro em uma mercadoria de valor. Essa é a definição de uma moeda fiduciária.

Hoje em dia, a maioria das moedas obedecem esse padrão. O valor do dinheiro é expresso e representado por ele mesmo.

Impactos do dólar no seu dia-a-dia

Praticamente tudo que consumimos está direta ou indiretamente ligado à cotação do dólar. É fácil de fazer essa ligação quando pensamos em produtos importados, como um celular ou um perfume. Entretanto, até o pão que você come no café da manhã tem influência dessa moeda.

O dólar influencia no preço do combustível, na geração de empregos, na inflação e até nos seus investimentos.

Como viu, os milhares de acordos de importação e exportação existentes são pautados pela moeda norte-americana. São várias relações que podem ser traçadas entre o câmbio e os preços internos.

É importante que saiba que a cotação do dólar está presente em diversos cenários da vida de cada brasileiro. Não são apenas aqueles que estão com passagens compradas para os EUA que devem se preocupar com o câmbio.

Capítulo 7

Dólar em 2018: esteja à frente
das movimentações

Muitos perguntam, ano após ano, se ainda vale a pena investir na moeda dos Estados Unidos. Por mais que existam investimentos mais interessantes que o dólar, em 2018, é possível que surjam boas oportunidades que envolvem a moeda.

Palavras de um especialista

A cotação, que já passou dos R$4,00, não há muito tempo, hoje gira em torno dos R$3,25. É esperado que o valor deva se manter nessa faixa com a entrada de fluxo de capital estrangeiro no Brasil.

É possível que esse movimento faça com que o dólar fique ainda mais barato em 2018. Claro, isso se o Brasil mostrar consistência em seu crescimento econômico.

Uma dica: fique de olho na elevação da taxa de juros básica norte-americana. No curto prazo, o aumento gera a saída da moeda estrangeira da nossa economia, causando, pela menor oferta, uma valorização do dólar frente ao real.

Quer saber mais tendências para este ano? Confira o nosso guia dos melhores investimentos de 2018 e não perca nenhuma oportunidade.

Rafael Panonko
Autor

Rafael Panonko

Rafael Panonko atua no mercado de ações há 9 anos e é membro da equipe do Toro Radar, onde atua como Analista. Estudou Gestão Financeira e se tornou Analista CNPI-T registrado na APIMEC. Possui muita experiência em mesa de operações, trade de dólar, índices, mercados agrícolas e derivativos, além disso foi Oficial do Exército Brasileiro durante 8 anos.

Saiba o momento certo de investir no dólar

Acesse nossa plataforma e
acompanhe nossas recomendações

Capítulo 8

Curiosidades sobre dólar:
descubra mais sobre a moeda

O dólar é uma moeda tão relevante que este texto poderia ser inteiramente formado apenas por informações e curiosidades sobre ele.

Desde informações técnicas até teorias da conspiração, a internet está repleta de dados sobre o dólar. Reunimos cinco deles que achamos interessante te contar:

1. Conheça as notas que estão circulando

Atualmente, sete notas estão circulando pelo mundo. Os valores são US$1, US$2, US$5, US$10, US$20, US$50 e US$100.

Um Dólar

A menor nota (1 dólar) contém a ilustração de George Washington, o 1º presidente dos Estados Unidos. No verso, está o Grande Selo, isto é, o brasão de armas do país e a pirâmide inacabada.

Dois Dólares

A segunda nota (2 dólares) possui a imagem de Thomas Jefferson, 3º presidente do país e o principal autor da declaração da independência, que é ilustrada no verso.

Cinco Dólares

A terceira nota (5 dólares) é representada pelo presidente Abraham Lincoln, responsável por liderar o país durante sua Guerra Civil e abolir a escravidão na nação. Do outro lado, está o Lincoln Memorial, construído em Washington DC em sua homenagem.

Dez Dólares

A nota de 10 dólares conta com um personagem histórico, mas menos conhecido: Alexander Hamilton. Ele foi o primeiro Secretário do Tesouro dos Estados Unidos. Por isso, no verso da nota está o prédio do Tesouro.

Vinte Dólares

A quinta nota (20 dólares) contém a imagem de Andrew Jackson, o 7º presidente dos Estados Unidos. No verso, está um dos maiores símbolos da república norte-americana: a Casa Branca.

Cinquenta Dólares

Na penúltima nota (50 dólares) está o 18º presidente americano, Ulysses S. Grant. No verso, está o prédio do Capitólio dos Estados Unidos, local onde ocorrem todas as reuniões do Congresso estadunidense.

Cem Dólares

Na maior nota de dólar em circulação (100 dólares), está um dos líderes da Revolução Americana, Benjamin Franklin. Das notas em circulação, apenas ele e Hamilton não foram presidentes. Em seu verso, está o Salão da Independência, prédio localizado na Filadélfia, onde foi aprovada a independência do país.

Notas de US$500, US$1.000, US$5.000, US$10.000 e US$100.000 já foram impressas na história, mas sua fabricação foi proibida em 1969, por Nixon.
Quinhentos Dólares

A nota de 500 dólares trazia a imagem de William McKinley, o 25º presidente dos Estados Unidos. Ele foi responsável pela vitória do país na Guerra Hispano-Americana.

Mil Dólares

tephen G. Cleveland, que esteve representado na nota de 1.000 dólares, foi o único que serviu dois mandatos não consecutivos. Atuou como 22º e 24º presidente norte-americano.

Cinco Mil Dólares

James Madison, conhecido como o “Pai da Constituição”, foi o 4º presidente dos Estados Unidos. Ele estava presente nas notas de 5.000 dólares.

Dez Mil Dólares

Salmon P. Chase entra para o grupo dos não presidentes. O político, que esteve na nota 10.000 dólares, foi governador do estado de Ohio, Secretário do Tesouro e Chefe da Justiça dos EUA.

Cem Mil Dólares

Woodrow Wilson, político que figurou na nota de 100 mil dólares, atuou como 28º presidente dos Estados Unidos. Wilson é o presidente mais recente a aparecer em uma nota de dólar.

2. E as moedas, quais são?

Existem seis valores diferentes de moedas de dólares que circulam: US$0,01, US$0,05, US$0,10, US$0,25, US$0,50 e US$1,00.

Um centavo de dólar

A menor moeda, de 01 centavo de dólar, é popularmente conhecida como penny. Nela, estão as imagens do presidente Abraham Lincoln e o Escudo da União.

Cinco centavos de dólar

Já na moeda de 5 centavos de dólar, ou nickel, estão o presidente Thomas Jefferson e o palácio conhecido como Monticello, localizado perto de Charlottesville, na Virgínia.

Dez centavos de dólar ou dime

Na moeda de 10 centavos de dólar, também chamada de dime, está o presidente Franklin D. Roosevelt, que liderou o país durante a grande crise econômica de 1929 e durante a Segunda Guerra Mundial. Do outro lado, há uma tocha, um ramo de carvalho e um ramo de oliveira.

Dez centavos de dólar ou dime

A moeda de 25 centavos de dólar, ou quarter, traz a figura do primeiro presidente norte-americano, George Washington e, no verso, imagens que variam cinco vezes ao ano.

Vinte e cinco centavos de dólar ou Quarter

A moeda de 50 centavos de dólar, ou half-dollar coin, está o 35º presidente americano, John F. Kennedy. No verso da moeda, está o Selo Presidencial dos Estados Unidos.

Cinquenta centavos de dólar ou hlaf-dollar coin

Na moeda de um dólar, dollar coin, está a índia Sacagawea, figura importante para a expedição americana na costa oeste dos EUA. No verso, está um dos maiores símbolos do país: a águia-careca.

Agora você conhece todas as notas e moedas que estão atualmente em circulação nos Estados Unidos. Mas você sabia que elas também são oficialmente aceitas em outros países?

3. Atravessando fronteiras

O dólar americano, diferentemente do que muitos pensam, não é utilizado apenas nos Estados Unidos. Alguns outros países adotaram a moeda norte-americana até como câmbio oficial ou secundário. Veja alguns exemplos:

  • Timor-Leste

  • Equador

  • El Salvador

  • Panamá

  • Porto Rico

Em outros lugares, o uso não é oficial, mas é largamente aceito. Como por exemplo:

  • Ilhas Virgens Britânicas

  • Ilhas Marshall

  • Palau

  • Turks e Caicos

  • Zimbabwe

  • Belize

  • Vietnã

Antes de viajar para qualquer um desses destinos, certifique-se o que vale mais a pena: usar o dólar ou a moeda local.

4. Não guarde suas notas antigas

Em 2013, a nota de 100 dólares sofreu algumas modificações e a circulação do modelo antigo começou a ser reduzido. O que poucos sabem é que quem guarda notas antigas pode acabar perdendo na hora da troca.

Primeiramente, se tentar gastá-las em estabelecimentos no exterior, está sujeito a ter a nota negada na hora do pagamento. Para trocar suas notas, você tem duas opções:

  1. Ir diretamente em casas de câmbio, mas tenha conhecimento que as intuições podem aceitar a nota apenas com uma desvalorização de 10% a 20% do valor do câmbio.

  2. Enviar por meio de uma carta registrada e segurada para o Departamento de Tesouro Americano.

Então, se você fez uma viagem e sobrou alguns dólares, vale conferir as notas para evitar qualquer dor de cabeça.

5. O que é dólar paralelo?

Você pode ter se deparado com esse termo quando procurava diferentes cotações de dólar pela internet. O dólar paralelo é aquele que é negociado fora de bancos e instituições financeiras, como corretoras e casas de câmbio.

A negociação do dólar paralelo não é autorizada pelo Banco Central e não tem qualquer garantia legal.

Se você está buscando outras formas de comprar dólar, tome muito cuidado: recomendamos a compra apenas em locais autorizados, pois a falsificação de dólar existe e é mais comum que imagina.

Viu como existem muitas outras informações sobre o dólar, além da sua cotação comercial? Essa moeda ocupa os destaques dos noticiários com toda razão.

Para fechar, que tal ficar com um resumo dos conceitos mais importantes que apresentamos aqui?

Resumindo

  1. A cotação do Dólar Comercial é o valor utilizado pelo mercado em transações de importação e exportação e movimentações financeiras em geral.

  2. A cotação do Dólar Turismo é aquela utilizada em casas de câmbio e bancos para a venda e compra da moeda.

  3. A cotação do Dólar Paralelo é o valor resultante de compras e vendas em locais não autorizados pelo Banco Central.

  4. Os Contratos Futuros de Dólar são acordos de compra ou venda da moeda para um período futuro a uma cotação fixada.

  5. Busque fazer negócios apenas em locais autorizados e devidamente certificados. Na hora da compra, segurança nunca é demais.

Se você deseja saber mais sobre dólar como investimento, não deixe de fazer seu cadastro em nossa plataforma. Temos uma equipe de analistas pronta para tirar suas dúvidas sobre a moeda e te recomendar oportunidades excelentes de investimento.

Quer começar a investir no Dólar?

Cadastre-se grátis e invista ao lado de nossos analistas