Aprenda tudo sobre o mercado de ações

 

O que é Análise Fundamentalista?

o-que-e-analise-fundamentalista

Ao estudar sobre a Análise de ações, você provavelmente já descobriu que existem duas vertentes: análise técnica de ações e a fundamentalista. Mas você sabe o que é a análise fundamentalista?

Nesta seção vamos rever os 3 conceitos básicos deste tipo de análise:

  1. Analisar a forma como ela pode ser dividida em fatores quantitativos e qualitativos;
  2. Introduzir o conceito de valor intrínseco;
  3. Explicar algumas vantagens e desvantagens de usar esta técnica.

O que é Análise fundamentalista: O básico do básico

Ao falar sobre ações, a análise fundamentalista é uma técnica que tenta determinar o valor de um título, concentrando-se em fatores que afetam o negócio de uma empresa e suas perspectivas futuras.

Em um âmbito mais amplo, é possível realizar essa análise em indústrias ou na economia como um todo. O termo refere-se, simplesmente, à análise da saúde econômica de uma entidade financeira ao invés de apenas os movimentos de preços das ações.

Veja o vídeo abaixo e entenda a grande diferença destas análises



Para entender o que é análise fundamentalista, podemos simplificar que ela serve para responder a perguntas, tais como:

  • A receita da empresa está crescendo?
  • A empresa está sendo lucrativa?
  • A empresa está em uma posição de mercado forte o suficiente para vencer os seus concorrentes no futuro?
  • Ela é capaz de pagar suas dívidas?

Naturalmente, estas são algumas das muitas questões envolvidas, e existem literalmente centenas de outras que você poderá ter sobre uma empresa. Tudo realmente se resume a uma pergunta: as ações da empresa são um bom investimento? Pense na análise fundamentalista como uma caixa de ferramentas para ajudá-lo a responder a esta pergunta.


Saiba escolher as melhores ações para seus investimentos
Veja um guia completo de como investir na Bolsa de Valores!


Observação: A análise fundamentalista é o termo usado mais frequentemente no contexto de ações, mas você pode realizá-la para qualquer título, desde títulos de renda fixa a um derivativo.

Enquanto você estiver olhando para os fundamentos econômicos, você está fazendo uma análise fundamentalista. Para o propósito deste tutorial, está análise será sempre relacionada com ações.


Fundamentos: Quantitativa e Qualitativa

Você pode definir a análise fundamentalista como "a busca dos fundamentos". Mas isso não lhe diz muita coisa, a menos que você saiba o que são os fundamentos.

Como mencionamos na introdução, o grande problema com a definição de fundamentos é que isso pode incluir qualquer coisa relacionada com a saúde econômica de uma empresa. Elementos óbvios incluem receita e lucro, mas também incluem todas as outras coisas, desde a participação de mercado de uma empresa até a qualidade da sua gestão.

analise-fundamentalista-o-que-e

As diversas variáveis fundamentais podem ser agrupadas em duas categorias: quantitativas e qualitativas. O significado, em Finanças, desses termos não é tão diferente de suas definições do cotidiano:

  • Quantitativo - aquilo que é capaz de ser medido ou expresso em termos numéricos.
  • Qualitativo - aquilo que é relacionado ou com base na qualidade ou caráter, muitas vezes em oposição ao seu tamanho ou quantidade.

Em nosso contexto, os fundamentos são quantitativos e são as características numéricas mensuráveis de um negócio. É fácil ver como a maior fonte de dados quantitativos são os demonstrativos financeiros. Você pode medir a receita, lucro, ativos e outros com grande precisão.

Passando para os fundamentos qualitativos, estes são as variáveis menos tangíveis e relacionadas ao negócio, como:

  • As características dos membros da diretoria da empresa e dos executivos-chave;
  • O reconhecimento da marca;
  • Patentes;
  • Ou a propriedade de tecnologias.

Interseção Quantidade-Qualidades

Nem a análise qualitativa e nem a quantitativa é uma melhor do que a outra. Ao invés disso, muitos analistas consideram fatores qualitativos em conjunto com os fatores quantitativos.

Pegue o Itaú Unibanco (ações ITUB4), por exemplo. Ao examinar suas ações, um analista pode olhar, dentre muitos outros fatores quantitativos, para:

No entanto, nenhuma análise do Itaú estaria completa sem levar em conta o reconhecimento da marca.

Existem centenas de bancos em operação no Brasil, mas poucos são conhecidos por milhões de brasileiros como é o caso do Itaú. É difícil identificar exatamente o quanto vale a marca do banco, mas você pode ter certeza que é um elemento essencial que contribui para o sucesso contínuo da empresa.

Aprenda a investir como os investidores de sucesso. Baixe um Guia prático de sucesso na Bolsa!
Guia de sucesso na Bolsa de Valores

O Conceito de Valor Intrínseco

Antes de seguir adiante, temos de abordar o assunto do valor intrínseco. Um dos pressupostos principais da análise fundamentalista é que o preço no mercado de ações não reflete totalmente o valor "real" de uma ação. Afinal, por que você estaria fazendo a análise de preços se o mercado de ações sempre estivesse correto? No linguajar financeiro, este valor verdadeiro é conhecido como o valor intrínseco.

Por exemplo, vamos dizer que a ação da Petrobras (PETR4) foi negociada a R$20. Depois de fazer uma extensa análise sobre a empresa, você determina que ela realmente vale R$25. Em outras palavras, você determina o valor intrínseco da empresa em R$25. E isto é importante porque a intenção de um investidor é comprar ações a preços abaixo de seu valor intrínseco estimado.


Isso nos leva ao segundo principal pressupostos da análise fundamentalista: a longo prazo, o mercado de ações refletirá os fundamentos da empresa.

Assim, não faz sentido comprar uma ação com base no valor intrínseco, se o preço jamais refletir esse valor. Porém, ninguém sabe quanto tempo é "a longo prazo". Ele pode ser de dias ou anos!

Isto é o que a análise fundamentalista de ações trata. Por exemplo, ao se concentrar em uma determinada empresa, um investidor pode estimar o valor intrínseco e, assim, encontrar oportunidades onde ele poderá comprar a ação a um preço menor. Se tudo correr bem, o investimento vai se pagar ao longo do tempo, já que o preço da ação no mercado se iguala aos fundamentos da empresa no futuro.

As grandes incógnitas são:

  1. Você não sabe se a sua estimação do valor intrínseco está correta;
  2. Você não sabe quanto tempo vai demorar para que o valor intrínseco seja refletido no mercado.

As críticas da Análise Fundamentalista

As maiores críticas à Análise Fundamentalista vêm, principalmente, de dois grupos:

  • Os proponentes da análise técnica;
  • E os adeptos da "hipótese do mercado eficiente".

A análise técnica é outra forma principal de análise de ações. Aqui não entraremos em muitos detalhes sobre o tema, mas você pode baixar um Guia gratuito de Análise Técnica.

Ebook Análise Técnica de Ações - download

Em outros termos, os analistas técnicos baseiam seus investimentos (ou, mais precisamente, as suas negociações) unicamente nos preços e volume movimentados de títulos.

Usando gráficos e uma série de outras ferramentas, eles negociam com base em indicadores técnicos e padrões gráficos, não se importando com os fundamentos.

Embora seja possível a utilização de ambas as técnicas, um dos princípios básicos da análise técnica é que o mercado se ajusta automaticamente. Assim, todas as notícias sobre uma empresa já estão precificadas na ação e, portanto, o movimento de preços das ações dão uma ideia mais clara que os fatores fundamentais do negócio em si.

Independente de qual análise você irá basear seus investimentos, buscar conhecimento e contar com a ajuda de profissionais experientes faz toda a diferença nos seus resultados.

Continue seu aprendizado! Faça seu cadastro gratuito no Toro Radar e utilize a plataforma completa sem nenhum custo. Se cadastrando agora você ganha 15 dias gratuitos para acessar diversas ferramentas:

  • Curso completo da Bolsa de Valores;
  • Análises técnicas e fundamentalistas atualizadas;
  • Gráficos e cotações de todas as ações da Bolsa;
  • Chat ao vivo para tirar dúvidas com analistas experientes e qualificados durante todo o pregão;
  • Recomendações das melhores oportunidades do mercado em tempo real.

Conheça o Toro Radar

New Call-to-action
New Call-to-action

Cursos GRATUITOS sobre investimentos:

New Call-to-action