<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=690458111055947&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Aprenda tudo sobre o mercado de ações

 

O que acontece se tenho ações e a empresa quebra?

Se uma das empresas que investi falir, eu vou dever dinheiro?

Veja o que acontece quando uma ação vai à falência.

O que acontece se você possui ações de uma empresa que vai à falência ou se torna praticamente sem valor? Uma das perguntas mais frequentes dos investidores é se vão ou não ser responsáveis legalmente ou se vão dever dinheiro pessoalmente. A resposta? Provavelmente não, mas depende. Você pode estar em risco em determinadas circunstâncias.

1. Se você já tomou emprestado usando suas ações

Se você tem uma conta em uma corretora com conta margem, ou seja, você pode pedir empréstimos usando suas ações, então você é responsável pelo pagamento da dívida, mesmo que sua conta esteja zerada.

Assim, num exemplo extremo, se você possuía US$ 100.000 de Lehman Bros e toma emprestado $ 25.000 usando suas ações para comprar um carro novo, você ainda deve US$ 25.000. O que provavelmente acontecerá quando suas ações caírem para US$ 50.000 é seu corretor chamá-lo e exigir que você deposite mais dinheiro na sua conta (isto é conhecido como uma "chamada de margem", ou margin call”). Se você não cumprir, a corretora irá vender suas ações para pagar a dívida a fim de se proteger.

2. Se você não tem qualquer dívida de margem e suas Ações são não-avaliáveis

Se a sua conta na corretora não tem dívida de margem, em praticamente todos os casos você não deverá nada se a empresa for à falência. Isso porque a maioria das ações hoje são conhecidas como "totalmente pagas e não-avaliável". Se você tiver certificados de ações, você verá isso escrito lá em algum lugar.

Existem algumas empresas que têm ações avaliáveis, embora sejam relíquias de gerações passadas. Na década de 1960, por exemplo, American Express tinha ações avaliáveis ​​durante o escândalo do óleo de salada que a atingiu gravemente. A empresa ficaria numa situação difícil se milhões tivessem sido emprestados para o bandido, pois os acionistas teriam de pagar com o dinheiro baseado no número possuído de ações. Devido aos perigos, no entanto, a maioria das empresas, como a American Express hoje, acabaram há muito tempo com as ações avaliáveis​​.

Você pode perguntar: "por que motivo uma empresa emitiria ações avaliáveis​​?" Porque era uma forma de uma empresa levantar fundos para se expandir, muito usada por volta do século XIX, especialmente no caso das ações de ferrovias.

Quando era necessário mais dinheiro, o Conselho de Administração enviava simplesmente um aviso legal dizendo aos acionistas tinham de pagar US$ 10, por exemplo, para cada ação possuída. Acionistas ficavam em dificuldade, pois tinham que enviar o dinheiro para a empresa.

Depois o montante era usado para operar o negócio e os sócios, em contra partida, recebiam mais ações. Hoje, empresas de private equity (que são nada mais que fundos de hedge especializados na compra de empresas privadas) trabalham muito dessa forma.

Uma ressalva: isso não se refere às ações de empresa privada ou sociedade de responsabilidade limitada que você é sócio, como num negócio de família. Nesses casos, você precisará provavelmente obter uma cópia do Estatuto ou Contrato Social ou outros documentos legais que regem sua participação na empresa.

Não é incomum agricultores mais velhos, por exemplo em comunidades do Centro-Oeste, deterem ações compradas de um banco local há quarenta ou cinquenta anos atrás. As ações do banco podem ter pouco ou nenhum capital aberto, assim, você precisa procurar um advogado experiente e um contador, especialmente se você herdar essas ações para exercer seus direitos.

A solicitação do processamento de ações sem valor

Uma vez a empresa retirada da bolsa de valores em decorrência de falência, muitas vezes você terá de preencher uma solicitação de processamento de valores mobiliários sem valor. Seu corretor poderá cobrar uma taxa por este serviço, talvez US$ 5 ou US$ 10, pois cuidará de retirar suas ações sem valor de sua conta e lidar com a papelada.

Para evitar que isso aconteça com você veja esse guia e aprenda como investir na Bolsa de Valores!

Guia de sucesso na Bolsa de Valores

E-book - Guia de Sucesso na Bolsa de Valores
New Call-to-action

Cursos GRATUITOS sobre investimentos:

New Call-to-action