Investidores inteligentes investem com Toro Radar.
Navegue pelos capítulos
Conceito CDB

O que é CDB? Rendimento do Certificado de Depósito Bancário

Conheça o investimento CDB e saiba como aplicar nesses títulos

  • 11 capítulos

Curso Grátis: O melhor investimento para 2017

Acesse grátis o curso completo de como investir na Bolsa e descubra o segredo dos investidores de sucesso. Vagas limitadas!

Investir o dinheiro que conquistou com tanto esforço exige cuidado, e se você procura se informar melhor sobre as opções, isso mostra que você é um investidor preocupado com o seu dinheiro.

CDB - Alternativa para investidor preocupado com seu dinheiro | CDB significa Certificado de Depósito Bancário. É um título de Renda Fixa emitido por instituições bancárias e muito procurado por investidores.

Neste artigo você irá entender o que é o CDB, excelente investimento de renda fixa, e descobrirá que além de segurança e rentabilidade ele pode ampliar bastante as suas possibilidades de rendimento.

Este é um guia completo, onde você saberá tudo sobre este investimento de forma objetiva e extremamente didática.

Capítulo 1

O que é o CDB?

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um título de renda fixa extremamente seguro, que é emitido pelos bancos como forma de captação de recursos com o objetivo de financiar suas atividades.

Ele funciona como um “empréstimo” do investidor para as instituições financeiras, e em troca desse empréstimo a instituição te devolve o dinheiro corrigido com os juros.

Aprenda como investir no CDB e conheça os melhores investimentos do mercado

Acesse o Ebook gratuito

Capítulo 2

Como investir no Certificado de Depósito Bancário

Para investir nestes títulos de Renda Fixa, o passo a passo é muito simples:

1. Primeiro você precisa estabelecer seus objetivos. É muito importante determinar antecipadamente qual o valor que você pretende investir, o prazo que você poderá deixar o seu capital aplicado e quais metas deseja atingir.

2. O segundo passo é abrir uma conta de investimentos. Ao abrir sua conta em uma corretora, você terá acesso à títulos de diversas instituições, com diferentes prazos e rentabilidades.

3. Escolher o título mais adequado de acordo com o seu planejamento inicial. Tendo em vista o seu capital e o prazo que pretende resgatá-lo, você terá diferentes opções de título, então é preciso compará-los e verificar qual deles lhe trará a melhor rentabilidade e as melhores condições.

4. Proteja seu patrimônio. É muito importante respeitar o limite de proteção do FGC, de até R$250 mil. Caso deseje investir uma quantia maior que essa, uma dica interessante é dividir o seu capital em títulos de diferentes bancos.

5. Por fim, aplique o seu dinheiro. E então é só acompanhar o desempenho do seu investimento e aguardar seus lucros.

Quer saber como investir em outros títulos de Renda Fixa?
Veja um guia completo e conheça os 13 melhores investimentos

Capítulo 3

Investimento CDB: Prazo de Aplicação

Quando vamos realizar os nossos investimentos, muitas vezes ficamos receosos acreditando que para termos boa rentabilidade precisamos deixar nosso dinheiro “preso” por um longo prazo, não podendo retirá-lo caso seja necessário. E isso nos faz deixá-lo na poupança.

Porém, diferente do que acreditamos e temos por senso comum, existem aplicações extremamente rentáveis que não necessariamente têm prazo de carência para resgate do capital.

Antes de realizar uma aplicação no mercado financeiro portanto - independente se é um Certificado de Depósito Bancário, uma LCI ou LCA - é extremamente importante avaliarmos o prazo, pois assim estaremos cientes de onde estamos entrando e podemos fazer uma escolha de acordo com nossas necessidades.

Prazo do título: não existe prazo mínimo para este investimento, porém quanto maior for o prazo maior a rentabilidade que ele vai fornecer, pois o banco tem certeza que o dinheiro ficará com ele e, portanto, a instituição pode fornecer taxas mais atrativas ao longo do tempo.

Por isso é interessante contar com um assessor especializado em investimentos que poderá ajudá-lo a encontrar qual a melhor rentabilidade para o seu objetivo neste momento.

Existem dois tipos diferentes de prazos para esse tipo de aplicação:

Prazo de Vencimento Prazo de Carência

O vencimento da aplicação nestes títulos é o momento em que você recebe de volta o seu capital junto com os juros acordados.

Este prazo é combinado entre o investidor e a instituição de forma obrigatória e quando a aplicação vence, o dinheiro é creditado em sua conta mesmo que você não peça ao banco.

Quando o título não tem carência estipulada, somos obrigados a deixar o capital emprestado na instituição financeira até o vencimento que foi combinado no início. Caso você precise resgatar o seu capital antes do prazo, é preciso vender seu CDB para outro investidor, e então você fica sujeito a haver demanda pelo seu título ou a ter um baixo valor oferecido por ele.

O título com carência pode ser considerado a união de um investimento com prazo de vencimento e com liquidez, pois o dinheiro precisa ficar emprestado ao banco pelo menos por um prazo mínimo (carência), mas após essa data ele passa a possuir liquidez diária (possibilidade de resgate do investimento a qualquer momento).

Lembrando que no período de carência (que geralmente é menor nessa modalidade) ele não pode ser resgatado.

Capítulo 4

Investimento CDB: Risco

O risco de se investir neste título é principalmente representado pelo risco de crédito. Ou seja, do banco emissor quebrar e você não receber o pagamento.

CDB - Investimento rentável e seguro | Se você procura um investimento mais rentável que a poupança e com a mesma segurança, o CDB pode ser uma ótima opção.

Embora isso possa gerar uma preocupação à primeira vista, este é um investimento bastante seguro, sendo garantido pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito) em até R$250 mil por CPF e emissor, o que faz com que essa aplicação possua baixíssimo risco para o investidor.

E como ele é garantido, o risco é o mesmo para quem vai investir no maior e no menor banco do Brasil.

Por exemplo:

Yuri trabalhou durante vários anos, fez uma poupança de R$150.000,00 para os seus filhos e em determinado momento decidiu investir em algo mais rentável, como um Certificado de Depósito Bancário. Então ele realizou sua aplicação no Banco Betim Investimentos, que após alguns meses declarou falência. Nesse caso Yuri vai receber de volta seu dinheiro e os juros pactuados com o banco, pois está protegido pelo FGC.

Atenção: Se a pessoa ou empresa que pegou dinheiro emprestado não pagar o banco, você não terá nenhum problema com isso, pois o risco de inadimplência do crédito é somente por parte do banco.

Saiba como investir com segurança e rentabilidade

Veja um guia completo

Capítulo 5

Investimento mínimo

Em geral a aplicação neste título tem valores mínimos começando em R$10.000,00, mas vale sempre lembrar que, assim como o prazo, quanto maior o valor investido maior o retorno do seu investimento.

As maiores taxas para esse título começam a ser pagas em um investimento acima de R$50.000,00.

Capítulo 6

Qual o CDB mais rentável?

Os títulos mais rentáveis geralmente são aqueles emitidos por instituições de menor porte, pois como elas possuem menor visibilidade no mercado precisam pagar taxas melhores para atrair os investidores.

Maior rendimento CDB em corretora | Através de uma corretora de valores você encontra títulos de CDB de diversos bancos e com as melhores rentabilidades.

Lembrando que até R$250.000,00 o FGC tem cobertura para essa aplicação, então o risco é o mesmo para investir no maior ou no menor banco.

E qual a melhor maneira de se investir?

Imagine se para cada título que você for investir, você precisasse abrir uma conta no banco ou instituição emissora do mesmo. Seria complicado, não?

A melhor maneira de acessar diferentes títulos é através das corretoras de valores independentes. Através de uma corretora você tem acesso a títulos de vários bancos sem precisar abrir conta neles, pois você pode emprestar a cada banco possuindo uma só conta, fazendo com que você economize tempo, pague menos taxas e ganhe mais dinheiro.

Descubra o melhor investimento pra você

Veja o Guia completo do investidor iniciante

Capítulo 7

CDB Rendimento

Para esse investimento podemos conseguir uma maior remuneração observando a situação do mercado e avaliando indicadores econômicos como:

• Taxa de Juros

• Inflação do país

Assim é possível avaliar e escolher o melhor título para aquele cenário, uma vez que eles podem ser de três tipos:

A) Pós-fixado

Nesse título você vai acordar com o banco alguma taxa referência para receber pelo “empréstimo” que está fazendo. Geralmente essa taxa é atrelada à taxa SELIC ou ao CDI.

Dessa forma você escolhe o título e ao final do período combinado vai descobrir qual o seu rendimento exato. Lembrando que a escolha deve ser feita levando em consideração diversos fatores, como o cenário econômico e as perspectivas futuras para o prazo da aplicação.

► Este é o tipo mais seguro de CDB.

B) Prefixado

Nessa modalidade o rendimento dos seus investimentos é acordado no momento da aplicação.

É como se você fosse até o seu assessor e combinasse com ele que iria emprestar o dinheiro, mas que gostaria de receber esse valor daqui a 2 anos com uma taxa já predeterminada de 14% ao ano.

► Esse tipo de aplicação é indicada num momento em que você acha que os juros irão cair e quer garantir que vai receber a atual taxa mais alta por mais tempo.

C) Híbrido

O título híbrido nada mais é do que a união do pré e do pós-fixado. Nessa modalidade você irá receber uma parte da rentabilidade prefixada e a outra parte como pós-fixada.

Exemplo: Você investe seu dinheiro e recebe 7% ao ano de juros prefixados + o IPCA (índice de preços do consumidor), o que pode ser extremamente interessante dependendo do cenário que estamos observando.

Conheça os Melhores Investimentos de 2017

Veja um guia completo

Capítulo 8

Vantagens e Desvantagens do Certificado de Depósito Bancário

Vantagens e desvantagens do investimento CDB | Investimento em CDB serve como margem de garantia para investir na Bolsa de Valores. Esta é uma das principais vantagens deste título.

► Vantagens

Rentabilidade maior que a poupança - Abrindo sua conta em uma corretora de investimentos você pode ganhar até o dobro do que o rendimento poupança.

Possibilidade de liquidez diária - Sempre que realizamos qualquer investimento ficamos preocupados com o tempo em que nosso dinheiro precisará ficar parado. Como falamos acima, o Certificado de Depósito Bancário pode possuir liquidez diária, permitindo que você tenha acesso ao seu dinheiro a qualquer momento que seja necessário.

Proteção de até 250 mil pelo FGC - Esse é um investimento bastante seguro, pois é garantido pelo FGC até o valor de R$250.000 por CPF e emissor, o que faz com que essa operação possua baixíssimo risco para o investidor.

Serve como garantia para investir na Bolsa de Valores - O segredo dos milionários: Além de todas essas vantagens que já apresentamos, o grande segredo é que você pode utilizar o seu CDB como margem de garantia para realizar operações na Bolsa de Valores. Dessa forma você consegue rentabilizar seu capital duas vezes e diversificar sua carteira de investimentos, já que você irá receber seu rendimento da renda fixa e poderá potencializar seu resultado com investimentos na bolsa de valores, o que é espetacular.

*Esse é apenas um dos exemplos que mostra como investir na bolsa de valores é fantástico. Se você quer aprender mais sobre esse tipo de investimento, assista ao vídeo abaixo.

Aprenda tudo sobre a Bolsa de Valores

Assista nosso curso completo

► Desvantagens

É um investimento tributado: Nessa aplicação temos a incidência de imposto de renda. Caso você mantenha seu investimento por menos de 30 dias também há incidência de IOF.

Investimento mínimo maior do que o de concorrentes como o Tesouro Direto: Se por um lado há um excelente retorno e grandes vantagens nos Certificados de Depósito Bancário, por outro ele é prejudicado por ter um valor mínimo para aplicação superior ao de seus principais concorrentes como os Títulos do Tesouro Direto, o que acaba fazendo com que se torne menos interessante em determinadas situações.

Saiba como investir no Tesouro Direto

Veja o Guia Completo do Investidor Iniciante

Capítulo 9

CDB x Poupança

Em 2015 a remuneração da poupança ficou em torno de 8,00% ao ano (TR+0,5 ao mês), enquanto a inflação girou em torno de 9%. Ou seja, todo mês você perde poder de compra ao invés de ganhar dinheiro.

É como deixar o seu capital num móvel coberto por cupins que pouco a pouco vão corroendo seu dinheiro.

Quem investiu seu capital em um Certificado de Depósito Bancário, por outro lado, compara-se ao dono de uma criação de coelhos, em que seus investimentos conseguem se multiplicar exponencialmente.

• Quem investiu em um CDB em 2015 pôde alcançar mais que o dobro da rentabilidade de quem investiu a mesma quantia na poupança.

Imagine só o que você está perdendo deixando de procurar investimentos melhores!

Poupança x Melhores investimentos

Veja um comparativo completo e saiba qual o melhor investimento para 2017

Capítulo 10

LCI x CDB: Qual o melhor?

A melhor maneira de escolher entre as opções de investimento que o mercado oferece é avaliando além dos possíveis cenários econômicos, como essa opção é tributada.

LCI, CDB ou Poupança - Qual o melhor investimento | LCI, CDB ou Poupança: Para escolher o melhor investimento é preciso avaliar não só a rentabilidade, mas os possíveis cenários econômicos para ela.

O Certificado de Depósito Bancário é um investimento tributado pelo imposto de renda e por esse motivo muitas vezes poderá ser menos atraente do que outras opções onde não existe a incidência de imposto.

Portanto, agora iremos ensiná-los a avaliar em quais momentos uma LCI ou LCA (opções isentas de imposto de renda) pode ser mais ou menos rentável.

Para avaliarmos se é mais rentável investir em um CDB ou uma LCI, precisamos fazer um cálculo bem prático:

1) Subtrair de 1 o Imposto de Renda para o respectivo prazo

2) Dividir a rentabilidade líquida da LCI pelo resultado da subtração anterior

Ou seja: Taxa ÷ (1 - IR do período)

Para facilitar iremos fazer dois exemplos práticos a seguir.

Exemplo 1

Para comparação vamos utilizar os seguintes dados:

  • LCI que rende 92% do CDI
  • CDB que rende 122% do CDI

Vamos imaginar, nesse caso, o cenário onde o imposto seria de 22,5% sobre o lucro (investimento entre 0 a 6 meses). Caso fique 5 meses com a LCI você irá receber a seguinte taxa:

92 ÷ (1 - 0,225) = 119% do CDI de rentabilidade

Ou seja: Ganhar 92% do CDI líquido (isento de IR) é como ganhar 119% do CDI tributado à alíquota de 22,50%.

Nesse cenário, mesmo isenta de imposto de renda a LCI se torna uma opção menos atrativa do que o CDB, porém vão existir cenários onde será o contrário.

Exemplo 2

Para fixarmos a forma de comparação entre as duas opções vamos agora fazer um exemplo de um investimento com tributação de 15% de imposto de renda (aplicações com mais de 2 anos):

  • LCI que rende 90% do CDI
  • CDB que rende 104% do CDI

Mais uma vez:

90 ÷ ( 1 - 0,15) = 106% do CDI de rentabilidade

Ou seja: Ou seja: Nesse exemplo a LCI é mais atrativa que o CDB, pois apresenta maior rentabilidade.

Lembrando que outro ponto crucial para decisão entre a LCI e o CDB é que esta Letra não possui liquidez diária e o seu prazo mínimo é de 90 dias. Ou seja, o capital fica preso pelo prazo contratado na aplicação, o que acaba inibindo em alguns momentos a vantagem que a isenção de imposto pode oferecer.

Conheça os investimentos mais rentáveis do mercado
Veja o Guia completo do investidor iniciante

Capítulo 11

Como o CDB é tributado

O recolhimento de imposto para este título é feito de forma regressiva, ou seja: quanto menos tempo permanecer no investimento maior a sua tributação.

Veja a tabela de tributação do Imposto de Renda para o CDB:

Período de Aplicação Tributação
Aplicações de 0 a 6 meses Imposto de 22,5% sobre a rentabilidade
Aplicações de 6 a 12 meses Imposto de 20% sobre a rentabilidade
Aplicações de 12 a 24 meses Imposto de 17,50% sobre a rentabilidade
Aplicações superiores a 24 meses Imposto de 15% sobre a rentabilidade

Uma vantagem interessante é que todo o imposto de renda é retido direto na fonte. Dessa forma o investidor não tem trabalho ou preocupação alguma.

Lembrando que caso permaneça com o título por prazo inferior a 30 dias o investidor terá que pagar também o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que também será retido na fonte.

Como declarar seu investimento em CDB

A aplicação neste título é declarada junto com seus demais investimentos, no informe anual que todo contribuinte deve enviar para Receita Federal até o final de cada mês de Abril.

E a sua corretora já entrega um informe de rendimentos, que só precisa ser copiado na declaração. Não é preciso pagar nenhuma DARF e nem preencher nenhum formulário especial por investir em CDB, então é tudo bem simples e prático para o investidor.

Por isso, tenha uma corretora que irá lhe ajudar com os processos de cada investimento. Na Toro Radar costumamos aconselhar que você já avalie o atendimento da corretora desde a abertura da conta.

Se você não tem um assessor que tira todas as suas dúvidas nesse momento ou o processo é burocrático e complicado é bom ficar atento.

Saiba quais investimentos são isentos do Imposto de Renda

Veja os melhores investimentos do mercado