Investidores inteligentes investem com Toro Radar.
Navegue pelos capítulos
FGTS Como consultar saldo

Como consultar saldo FGTS passo a passo

Saiba por que sacar FGTS é uma grande oportunidade de ter mais dinheiro

  • 8 capítulos

Curso Grátis: Como investir na Bolsa de Valores

Acesse grátis o curso completo e descubra o segredo dos investidores de sucesso. Vagas limitadas!

Prazo para realizar saque do FGTS acaba em uma semana

No dia 31 de julho, próxima segunda-feira, termina o prazo para sacar dinheiro de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Em março, os trabalhadores que foram demitidos por justa causa ou pediram demissão até 31 de dezembro de 2015 passaram a poder sacar o recurso.

O calendário de liberação dos saques seguiu uma lógica por data de nascimento e agora todos os beneficiários, nascidos em qualquer mês, podem fazer a retirada do dinheiro. Segundo o último levantamento da Caixa Econômica Federal, até o dia 12 de julho, mais de 5 milhões de trabalhadores ainda não tinham sacado os valores de suas contas inativas.

Quem não realizar o procedimento de saque até o dia 31 deste mês, só poderá acessar os recursos a partir das regras antigas do FGTS, como financiar a casa própria ou após 3 anos seguidos sem movimentação na conta, por exemplo.

Quinta fase de saque do FGTS

Começa nesta sexta-feira, 08 de julho, a quinta e última fase dos saques de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). São contemplados agora os nascidos em dezembro, que somam 2,5 milhões de pessoas, mas quem faz aniversário em meses anteriores também pode sacar o recurso agora em julho.

De acordo com dados apurados desde o início dos saques até o dia 28 de junho, já foram retirados R$ 38,2 bilhões de contas inativas, favorecendo o bolso de mais de 22 milhões de trabalhadores brasileiros.

Quem ainda não retirou o dinheiro deve estar atento: o prazo termina no último dia deste mês, 31 de julho.

O que é FGTS | Agências da Caixa Econômica Federal estão abrindo em horários especiais para atender a demanda de saque do FGTS.

Quarta fase de saque do FGTS

Enquanto aguardávamos a quarta fase de saque do FGTS para 16 de junho, a Caixa Econômica Federal novamente resolveu antecipar a data de resgate. Devido ao feriado de Corpus Christi no dia 15/06, os beneficiados nesta fase de resgate poderão sacar o benefício a partir deste sábado, 10/06/2017.

A estimativa é de que 7,5 milhões de trabalhadores possam resgatar o Fundo de Garantia e que aproximadamente 2,5 milhões deles receberão o depósito automático em sua conta da Caixa Econômica. O montate liberado para resgate, nesta fase, é de mais de R$10,9 bilhões e serão beneficiados os trabalhadores nascidos em setembro, outubro e novembro.

Terceira fase de saque do FGTS

Nesta sexta-feira, 12/05/2017, começa a 3ª fase de pagamentos do Fundo de Garantia. Esta será a vez dos trabalhadores nascidos em junho, julho e agosto. Estima-se que esta etapa seja responsável por R$10,9 bilhões, o que corresponde a cerca de 25% do total disponibilizado para saque.

Nesta fase, 42% dos trabalhadores contemplados já estão cadastrados para depósito automático. Para o restante, o horário de atendimento da Caixa Econômica Federal foi antecipado em 2 horas nos dias:

  • 12 de maio
  • 15 de maio
  • 16 de maio

Os beneficiados poderão contar, ainda, com diversas agências abertas neste sábado, 13/05, entre os horários de 9h e 15h.

Segunda fase de saque do FGTS

Diversos brasileiros aguardavam a 2ª data de saque do FGTS para o dia 10 de abril. Estrategicamente, a Caixa Econômica Federal resolveu antecipar esta data e liberar o resgate do benefício no dia 8 de abril. Isso porque o número de trabalhadores que poderiam realizar o saque era maior, atingindo aproximadamente 7,7 milhões de pessoas. O montante disponível para saque nesta data foi de mais de R$11 bilhões, o que representa 26% do valor total liberado do Fundo de Garantia.

Nesta fase de saque foram contemplados os trabalhadores que nasceram em março, abri e maio.

Primeira fase de saque do FGTS

Na primeira data de saque do FGTS, a soma de brasileiros que foram beneficiados chegou a mais de 3,5 milhões, correspondendo a 70% dos trabalhadores que poderiam retirar o benefício no mês de março, nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. Lembrando que o valor do FGTS disponibilizado para saque totalizava R$43,6 bilhões, o valor sacado nesta primeira fase foi de mais de R$5,5 bilhões.

Veja como investir e multiplicar o dinheiro do seu FGTS

Baixe o Guia do investidor iniciante

De acordo com a Medida provisória 763/2016, o governo pretende injetar mais de 40 bilhões de reais na economia, são 30 milhões de trabalhadores que possuem o direito ao saque e você pode ser um deles.

Continue lendo e confira tudo sobre o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, desde quem possui o direito de sacar; como consultar seu saldo do FGTS; qual o calendário para saque; como sacar o FGTS; além de aprender onde investir melhor esse dinheiro.

Capítulo 1

O que é FGTS?

FGTS significa Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e é um depósito feito mensalmente pela empresa empregadora em uma conta na Caixa Econômica Federal, em nome do empregado e no valor de 8% do seu salário total, somado de juros e correção monetária. Ele não é descontado do salário e sim um adicional para o trabalhador.

O que é FGTS | O rendimento do FGTS é de apenas 3% ao ano, menor até mesmo que o rendimento da poupança, que em 2016 foi de 7,65%.

Apesar da sua grande importância, muita gente não sabe o que é FGTS e para que ele serve. O FGTS serve como um seguro, protegendo o trabalhador em caso de demissões sem justa causa ou doenças graves, e servindo também para o financiamento habitacional. É uma poupança forçada, uma vez que o trabalhador só pode retirar esse dinheiro no encerramento do contrato ou em casos específicos e emergenciais.

Rendimento do Fundo de Garantia

Apesar de possuir algum rendimento, o Fundo de Garantia não chega a ser considerado um investimento, mas sim uma poupança para o futuro. Seu rendimento é de apenas 3% ao ano, além de correção monetária, ocorrida mensalmente todo dia 10 com base na Taxa Referencial (TR).

Como você pode ver, é um rendimento muito baixo, menor até mesmo que o rendimento poupança, que em 2016 foi de 7,65%. Rendimentos muito baixos se comparados aos melhores investimentos de 2016, como a rentabilidade de 38,93% da Bovespa.

Portanto, sacar FGTS é uma grande oportunidade de cuidar melhor do seu dinheiro e aplicá-lo onde ele poderá render mais e se multiplicar, deixando de ser apenas uma reserva para emergências e se tornando um combustível para realizar seus sonhos.

Ebook Guia Completo do Investidor Iniciante

Saiba como investir e ganhar mais do que a poupança!

Baixe o Guia completo do Investidor Iniciante

Capítulo 2

Como consultar FGTS?

Como consultar saldo fgts | Você pode consultar o saldo do FGTS pela internet no site da Caixa Econômica Federal ou mesmo em aplicativos para o celular.

Para consultar o saldo FGTS:

    1. Acesse essa página para verificar se você tem contas inativas que estão de acordo com a MP 763/16.

    2. Insira seu CPF e data de nascimento. Então você saberá se possui conta inativa ou não.

    3. Para consultar o saldo, você precisa ter em mãos o seu NIS, PIS ou PASEP. Crie uma senha de acesso para o seu cadastro.

    4. Pronto! Você verá o seu saldo na tela.

Caso você não tenha ou não saiba o seu NIS, PIS ou PASEP, você poderá criar seu cadastro à partir do NIT (Número de Identificação do Trabalhador).

Como descobrir o NIT:

1. Acesse o site do DataPrev;

2. Clique na aba “Inscrição”;

3. Em seguida clique em “Filiado”;

Número de Identificação do Trabalhador | Como descobrir o NIT: Faça seu cadastro no DataPrev

4. Preencha um pequeno formulário;

Como consultar NIT Passo 1 | Como descobrir o NIT: Preencha o formulário.

5. Pegue o número que aparecerá em uma mensagem de alerta em vermelho, este é o seu número NIT.

Como consultar NIT Passo 2 | Como descobrir o NIT: Seu número NIT aparecerá em uma linha vermelha.

A partir daí, você irá seguir mais alguns passos para fazer seu cadastro na Caixa Econômica.

Como fazer o seu cadastro:

1. Acesse o site da Caixa Econômica Federal neste link;

2. Preencha o campo “NIS” com seu número NIT e crie uma senha de acesso;

fundo de garantia cadastro caixa | Como fazer seu cadastro na Caixa Econômica Federal: Faça o login com seu número PIS, PASEP ou NIT.

3. Aceitar o Termo de uso;

Fundo de garantia Caixa Econômica Federal | Cadastro Caixa Econômica Federal: Para se cadastrar você precisa aceitar um termo de uso.

4. Preencha os campos com os dados pessoais;

Consulta extrato FGTS | Cadastro Caixa Econômica Federal: Preencha seus dados pessoais.

5. Crie uma senha. Pronto!

Depois deste cadastro você poderá personalizar seu login com o email, terá como consultar o PIS, o extrato FGTS, saldo e acompanhar se a empresa contratante está depositando corretamente o seu fundo de garantia.

É muito simples, basta acessar este link da Caixa Econômica Federal, e segui o passo a passo de como consultar saldo FGTS abaixo:

Vai sacar o Fundo de Garantia?

Saiba onde investir seu dinheiro para render mais! Veja o Guia completo e gratuito!

Resumo

Para consultar o saldo do FGTS você precisa de acesso à internet ou comparecer a alguma agência da Caixa Econômica Federal.

Os principais documentos utilizados são:

CPF e Data de nascimento.

PIS - Programa de Integração Social
O PIS é o programa que confere benefícios aos trabalhadores do setor privado, assim como o abono salarial.

PASEP - Programa de Formação do Patrimônio Servidor Público
O PASEP é um programa semelhante ao PIS, porém voltado aos servidores públicos.

NIT - Número de Identificação do Trabalhador
O NIT equivale ao PIS/PASEP para contribuintes individuais, autônomos, facultativos, seguradores especiais e empregados domésticos.

NIS - Número de Identificação Social
O NIS é o número de identificação que o cidadão ganha ao iniciar sua vida enquanto trabalhador ou ingressar em algum dos Programas Sociais do governo, como o Bolsa Família.

Você pode ver o saldo do FGTS de pelo menos 6 formas diferentes:

    1. Através da consulta no site da Caixa: Basta fazer o cadastro, como mencionamos anteriormente. Para isso você precisará do seu NIS - Número de Identificação Social, que pode ser o PIS, PASEP ou NIT.

    2. Via extrato bimestral pelos correios: O extrato pode ser enviado impresso diretamente para a casa do trabalhador.

    3. Através de extrato FGTS por SMS: Você pode receber uma mensagem no celular cada vez que há um depósito, atualização ou saque do FGTS na conta. Basta se cadastrar neste link: Cadastro SMS.

    4. Na própria agência da Caixa Econômica: Basta selecionar a opção no caixa eletrônico da agência. Para isso você precisará do Cartão Cidadão ou o número PIS.

    5. Em atendimento por telefone na Caixa Econômica: Basta ligar para 0800 726 0207.

    6. Através do aplicativo FGTS: Você pode baixar o aplicativo diretamente no seu celular. Basta acessar Google Play para a versão Android, Apple Store para iOS, ou Windows Store para Windows Phone.

Além de todas essas formas, você também pode contar com o aplicativo do Mobills. Nele você poderá consultar não só o seu Fundo de Garantia, como a situação do seu CPF, o cálculo do seu salário líquido e muito mais. Para baixar, clique aqui.

Invista com mais rentabilidade!

Conheça 13 investimentos melhores que a poupança

Capítulo 3

Por que sacar FGTS?

Agora que você já entendeu como consultar o FGTS, você já se perguntou se deve ou não sacar o seu saldo? Você pode estar pensando em deixá-lo guardado no Fundo de Garantia, com medo de gastá-lo e não ter uma reserva para o futuro, mas, na verdade, deixando seu dinheiro no Fundo de Garantia você está perdendo poder de compra.

Fundo de Garantia por Tempo de Serviço | A Medida Provisória 763/2016 permite o saque do FGTS para contas inativas até 31/12/2015.

Isso porque o rendimento do Fundo de Garantia é pequeno, e no ano passado não superou nem mesmo a taxa de inflação.

Comparação FGTS e inflação | Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. A bolsa de valores é um ambiente de risco e pode não ser adequada para todos os perfis de investidores.

Vamos entender melhor: O rendimento do FGTS em 2016 foi de 5,01% (3% + TR) ao ano, enquanto a inflação em 2016 ficou em 6,29%. A inflação mede o aumento de preços de produtos e serviços consumidos pela população no período. Ou seja, o quanto o custo de vida subiu. E se ele subiu mais que o seu dinheiro rendeu, isso quer dizer que você pode comprar menos coisas do que podia antes, pois o seu dinheiro está perdendo o valor.

É por isso que deixar o seu dinheiro no Fundo de Garantia não é uma boa opção. Você não vai querer que seu dinheiro se desvalorize, não é mesmo?

O mesmo dizemos sobre a Poupança. Em 2016, o rendimento da caderneta foi de apenas 7,65%. Se descontarmos a inflação, você vai perceber que a rentabilidade real foi muito pequena, aproximadamente 1%, porém existem investimentos muito mais rentáveis que isso, como o Tesouro Direto e a Bolsa de Valores.

A Bolsa de Valores foi, sem dúvidas, o melhor investimento de 2016, enquanto o Fundo de Garantia apresentou rentabilidade real negativa (descontando a inflação). Por isso a liberação do saque do FGTS em 2017 é uma grande oportunidade de cuidar melhor do seu dinheiro e investir em opções mais rentáveis.

Assista o vídeo e entenda o que é a Bolsa de Valores


Aprenda a investir na Bolsa de Valores.

Acesse o curso completo grátis!

Capítulo 4

Quando posso sacar o FGTS?

Quando posso sacar o FGTS | O saque do FGTS pode ser feito apenas em situações específicas, mas em 2017 será possível resgatar o saldo de contas inativas até 31/12/2015.

Com a Medida Provisória 763/2016, todo trabalhador que tiver saldo FGTS em conta inativa até 31/12/2015, poderá sacar este dinheiro, a partir do dia 10 de março de 2017. Ou seja, se você encerrou algum contrato de trabalho até o final de 2015, você pode ter direito ao saque FGTS. O calendário de saques será de acordo com a data de nascimento dos beneficiários. Veja abaixo:

 Calendário de saques Fundo de Garantia 2017
Mês de nascimento Mês de saque
Janeiro A partir de 10 de Março
Fevereiro A partir de 10 de Março
Março A partir de 10 de Abril
Abril A partir de 10 de Abril
Maio A partir de 10 de Abril
Junho A partir de 12 de Maio
Julho A partir de 12 de Maio
Agosto A partir de 12 de Maio
Setembro A partir de 16 de Junho
Outubro A partir de 16 de Junho
Novembro A partir de 16 de Junho
Dezembro A partir de 14 de Julho

Além da Medida Provisória, quando posso sacar o FGTS?

Veja abaixo as situações em que é permitido o saque:

  • Aposentadoria
  • Falecimento do trabalhador
  • Conta sem depósitos por 3 anos ininterruptos
  • Demissão sem justa causa
  • Encerramento de contrato de trabalho temporário
  • Suspensão de atividades remuneradas do Trabalhador avulso em prazo igual ou maior que 90 dias
  • Rescisão de contrato de trabalho por culpa recíproca ou força maior
  • Rescisão de contrato por extinção total ou parcial da empresa, assim como em caso de morte do empregador
  • Doença grave do trabalhador ou dependente, como câncer maligno ou Aids, assim como qualquer outra doença em estágio terminal
  • Necessidade urgente e grave ocorrida por desastre natural, quando reconhecido por portaria do Governo Federal
  • Idade igual ou maior que 70 anos
  • Aquisição de casa própria
  • Amortização ou liquidação de dívidas e prestações de consórcio imobiliário

Não conte apenas com o FGTS, aprenda a investir!

Leia o Guia do Investidor Iniciante

Capítulo 5

Como sacar o FGTS?

Para sacar FGTS é simples. Você só precisa ter a documentação necessária para cada situação e realizar a solicitação do saque. Depois disso, a retirada poderá ser feita em até 5 dias úteis após a solicitação.

Documentos para sacar o FGTS | Para sacar o Fundo de Garantia você só precisa de documento de identidade com foto, carteira de trabalho, número PIS/PASEP.

Você também tem diferentes opções de lugares para realizar o saque:

  • Agências da Caixa Econômica Federal: Basta comparecer a uma agência com os documentos necessários.
  • Correspondentes Caixa Aqui: São permitidos saques de até R$3.000,00.
  • Unidades lotéricas: Também são permitidos saques de até R$3.000,00.
  • Salas de autoatendimento: É necessário ter o Cartão Cidadão e é possível resgatar um valor de até R$3.000.
  • Crédito em conta: Opção disponível para correntistas da Caixa Econômica, que podem receber o dinheiro através de crédito em sua conta.
  • Depósito em Poupança: Opção disponível para clientes Caixa Econômica que tiverem apenas conta poupança. Neste caso o dinheiro será automaticamente depositado na conta poupança do beneficiário.

Como sacar o FGTS no exterior?

Caso você esteja morando no exterior, você precisará comparecer ao consulado do Governo Brasileiro e apresentar um formulário chamado Solicitação de Saque, encontrado no site da CEF (Caixa Econômica Federal), preenchido e em conjunto da sua documentação original e cópia. A assinatura da Solicitação de Saque deverá ser feita no próprio consulado. Assim você terá como retirar o FGTS até 15 dias úteis após a solicitação.

Os documentos para sacar FGTS são:

  • Documento de identidade com foto
  • Carteira de Trabalho
  • Número de inscrição no PIS/PASEP
  • Documentos específicos referentes a condição autorizadora do saque

Para ver os documentos para sacar FGTS em cada situação, acesse: Condições e documentos.

Um alerta! Por mais que a tentação seja resgatar o FGTS e gastá-lo, vale lembrar que essa também é a hora de investir e pensar no futuro.

Uma pesquisa feita pelo GuiaBolso, empresa desenvolvedora de aplicativo de controle financeiro, e respondida por 1.412 pessoas, mostra que a intenção da grande maioria com o benefício seria investir. Dos entrevistados, 44,8% afirmaram que aproveitariam o valor do benefício para investir, enquanto 33,6% afirmaram que usariam o valor para pagar dívidas e colocar as contas me dia.

Como dissemos anteriormente, o Fundo de Garantia funciona como uma poupança forçada, uma reserva para o futuro. Então é importante saber que, com a possibilidade de resgatar o Fundo de Garantia, você estará utilizando essa reserva. Portanto, é fundamental se planejar e investir. Não deixe seu dinheiro parado!

Aprenda tudo sobre investimentos!

Conheça o Guia completo do Investidor iniciante

Capítulo 6

Como posso usar meu FGTS para investir?

Esse é um dos pontos mais importantes deste guia. Muitos leitores nos procuram com perguntas como “Posso usar meu FGTS para comprar ações?”.

Como posso usar meu FGTS | Para usar o FGTS para comprar ações você precisa fazer o saque das contas inativas.

Isso acontece porque já ocorreram situações específicas onde o Governo permitiu a utilização do saldo FGTS para este fim, especialmente para comprar ações da Petrobras (PETR4), Banco do Brasil (BBAS3) e Vale (VALE5). Porém, estes foram momentos pontuais e normalmente não é possível esta utilização.

É por isso que sacar FGTS em 2017 é a grande oportunidade de investir em ações e mudar o rumo da sua vida financeira. E não se preocupe! É muito mais fácil do que parece e você pode aprender os primeiros passos agora mesmo. Basta clicar abaixo e acessar um guia completo e gratuito.

Guia de Sucesso

Veja como investir em ações da Petrobras, Vale e muitas outras

Baixe o Guia de Sucesso na Bolsa

Por que investir em ações?

Assista o vídeo e entenda as principais vantagens de investir na Bolsa:


Aprenda a investir na Bolsa!

Assista um curso completo e gratuito

Capítulo 7

Perguntas frequentes

Quem tem direito ao FGTS | Todo trabalhador regido pela CLT, trabalhadores rurais, temporários, avulsos, safreiros, diretor não empregado, atletas profissionais e trabalhadores domésticos têm direito ao Fundo de Garantia.

1) Quem tem direito ao FGTS?

Conforme previsto em lei, todo trabalhador regido pela CLT, trabalhadores rurais, temporários, avulsos, safreiros, diretor não empregado e os atletas profissionais têm direito ao benefício. E vale ressaltar uma conquista no ano de 2015: o direito do trabalhador doméstico com o recolhimento obrigatório do FGTS.

2) O que é uma conta inativa?

A partir da Medida Provisória 763/2016, foram classificadas como contas inativas do Fundo de Garantia as contas referentes a contratos de trabalho encerrados até o dia 31/12/2015.

3) Posso sacar o FGTS retido de contas inativas?

Sim. A medida autoriza o saque do FGTS retido para o trabalhador que possui contrato de trabalho finalizado até o dia 31 de Dezembro de 2015.

4) Quando posso sacar o FGTS retido?

O calendário de saque FGTS foi divulgado pelo Governo no mês de Fevereiro de 2017, com as datas previstas de acordo com a data de aniversário dos beneficiários. De acordo com o calendário divulgado, os beneficiários terão como receber o Fundo de garantia a partir de março de 2017, conforme você pode ver no capítulo 4 deste guia.

5) Posso ter mais de uma conta inativa?

Sim. Cada contrato de trabalho através de carteira assinada tem uma conta diferente do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Caso você tenha mais de um contrato de trabalho finalizado até o dia 31 de Dezembro de 2015, então você terá mais de uma conta inativa.

6) Como poderei acompanhar os depósitos e extrato do FGTS?

O trabalhador poderá escolher a forma em que deseja acompanhar os depósitos do Fundo de Garantia: correspondência, SMS, pessoalmente ou consulta do extrato via Web/App. Caso tenha algum problema com o recebimento do extrato, será preciso realizar uma atualização no seu cadastro. Este procedimento poderá ser realizado via web, comparecendo a uma agência da Caixa, ou realizando uma ligação para o telefone 0800 726 02 07.

7) O que fazer caso o empregador não esteja depositando meu Fundo de Garantia?

Por lei, os depósitos do Fundo de Garantia precisam ser efetuados até o dia 7 de cada mês. Caso o empregador não realize o depósito, fica sujeito às penalidades previstas na legislação.

Caso o trabalhador perceba a ausência dos depósitos, será preciso procurar a Delegacia Regional do Trabalho (DRT) e relatar o ocorrido.

8) Qual o limite para sacar Fundo de Garantia?

Não há um limite para o saque. O trabalhador poderá sacar toda a quantia de suas contas inativas. Mas atenção! É preciso ressaltar que é válido apenas para as contas inativas até o dia 31 de Dezembro de 2015.

9) As contas do Fundo de Garantia possuem algum rendimento?

Sim! Porém vale ressaltar que é um rendimento muito baixo, menor até mesmo que o da poupança. Conforme previsto na Lei 8.036/1990, todo dia 10 a conta recebe uma atualização monetária mensal, além dos juros de 3% a.a.

10) Quais são os documentos para sacar FGTS?

Para receber o benefício, será preciso avaliar a situação do trabalhador. Diante disso, aconselhamos que façam uma consulta sobre a documentação necessária para o saque do Fundo de Garantia no site da Caixa Econômica. (Veja o link no capítulo 5 deste guia.)

11) Como sacar seu FGTS no exterior?

Caso o beneficiário esteja no exterior, será preciso acessar o site da Caixa Econômica e preencher o formulário Solicitação de Saque do FGTS. Após esta etapa, o beneficiário precisará comparecer ao consulado do Governo Brasileiro e apresentar este formulário juntamente com a cópia e os documentos originais. Mas atenção: o formulário Solicitação de Saque só terá a sua aprovação quando a assinatura for realizada perante a presença de um representante no local.

12) Para que serve o Cartão Cidadão?

O cartão possui vários benefícios para o usuário, dentre eles:

  • Consulta do saldo e extrato para as contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço;
  • Saque com o limite de até R$3.000,00 para as contas do fundo;
  • Consulta do saldo de quotas do PIS;
  • Recebimento dos valores referentes ao Seguro-Desemprego, Rendimento do PIS, Abono Salarial, Bolsa família e outros programas sociais.

13) Como adquirir o Cartão do Cidadão?

Você pode solicitar o Cartão Cidadão em uma agência da Caixa Econômica Federal ou, até mesmo, fazer o pedido pelo telefone, através do número 0800 726 0207.

O interessado precisa ter cadastro no PIS, NIS ou no NIT. Além disso, os dados pessoais devem estar validados e atualizados no sistema da Caixa Econômica Federal. Para desbloquear o cartão, crie a sua Senha Cidadão na Unidade Lotérica ou uma agência da Caixa Econômica Federal.

14) Posso usar o FGTS mesmo com nome sujo?

Sim. O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço não é um benefício ou uma linha de crédito, portanto o trabalhador poderá sacar este dinheiro normalmente, apenas ficará impossibilitado de realizar o financiamento do mesmo.

15) Como saber o número do PIS?

Caso não esteja com a sua carteira de trabalho em mãos, acesse o site Dataprev, realize o cadastro com o seu CPF e RG para descobrir o número do seu PIS. Para mais informações, veja o nosso passo a passo para consultar saldo do FGTS no capítulo 2 deste guia.

16) Qual a vantagem para realizar o saque do FGTS inativo?

Para as pessoas que possuem alguma dívida ou necessidade urgente, o saque do Fundo de Garantia chegou para salvá-los. Caso você não possua nenhuma inadimplência financeira, aconselhamos o resgate deste saldo para aplicações de investimento, no qual o seu rendimento pode ser significativamente superior ao do Fundo de Garantia.

Já pensou em investir na Bolsa de Valores?

Veja agora um guia completo e aprenda:

Capítulo 8

Glossário do Fundo de Garantia

Glossario FGTS | Todo trabalhador regido pela CLT, trabalhadores rurais, temporários, avulsos, safreiros, diretor não empregado, atletas profissionais e trabalhadores domésticos têm direito ao Fundo de Garantia.

• CNIS - Cadastro Nacional de Informações Sociais: Possui dados básicos e complementares de pessoas físicas. Este cadastro tornou-se a base de dados nacionais do INSS. É possível verificar informações cadastrais de trabalhadores empregados, contribuintes individuais, empregadores, dos vínculos empregatícios e de remunerações.

• NIS - Número de Identificação Social: É criado quando o cidadão inicia sua vida como trabalhador ou é beneficiado por algum projeto social, como por exemplo, o Bolsa Família, Pronatec e outros.

• NIT - Número de Identificação do Trabalhador: Equivale ao PIS/PASEP, porém ele é utilizado apenas para Contribuinte Individual, Facultativo, Empregado Doméstico e Segurado Especial. O NIT garante acesso a vários benefícios, tais como: Salário Maternidade, Salário Família, Pensão e Aposentadoria.

• FGTS - Fundo de Garantia por Tempo de Serviço: É um direito do funcionário contratado em regime CLT - Consolidação das Leis do Trabalho. Em resumo, o Fundo de Garantia resguarda o trabalhador em caso de demissão sem justa causa.

• PIS - Programa de Integração Social: Foi criado para integrar o empregado do setor privado com o desenvolvimento da empresa. O PIS garante ao trabalhador o direito ao seguro desemprego, abono salarial anual e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

• PASEP - Programa de Formação do Patrimônio do Servidor: É um direito do funcionário e servidor público. O PASEP garante a esses trabalhadores certos benefícios, tais como, Abono Salarial e o Seguro-Desemprego.

• DATAPREV - Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social: É conhecida como empresa pública brasileira, com referência nas soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação.

Aprenda tudo sobre investimentos

Veja o Guia completo do Investidor iniciante