Investidores inteligentes investem com Toro Radar.
Navegue pelos capítulos
Investimento LCI LCA

Investimento LCI - Letra de Crédito Imobiliário

Conheça o rendimento LCI e LCA e saiba qual o melhor investimento

  • 9 capítulos

Ebook: Guia completo do investidor iniciante

Saiba como investir com segurança e rentabilidade. Conheça os melhores investimentos do mercado.

Você sabe o que é LCI? Este é um título de Renda Fixa muito procurado pelos investidores por um motivo em especial: a isenção da LCI no Imposto de Renda. Mas será que a LCI é um bom investimento?

Neste artigo você entenderá o que é LCI e aprenderá como escolher o melhor investimento. Além disso, conhecerá as vantagens e desvantagens entre investir na LCI Banco do Brasil, Caixa, Itaú, Santander, Bradesco ou no banco da sua cidade.

Ebook Guia Completo do Investidor Iniciante

Guia Completo do Investidor Iniciante

Baixe agora e saiba como investir nos 13 melhores investimentos do mercado

Capítulo 1

O que é LCI?

LCI significa Letra de Crédito Imobiliário e é um título de Renda Fixa lastreado no crédito imobiliário. Ou seja, é um empréstimo que você faz a uma instituição financeira, que irá direcionar os recursos para o financiamento de imóveis, assim como na sua construção e reforma.

Mas você sabia que existe LCI e LCA? Eles são muito parecidos, com a diferença que na LCA os recursos são direcionados para o financiamento do agronegócio.

O que é LCI | LCI é um título de renda fixa de captação de recursos para o financiamento imobiliário.

Como você sabe, parte das atividades de bancos e instituições financeiras é oferecer empréstimos a seus clientes e para isso eles precisam captar recursos. Uma das formas de fazer isso é vendendo títulos de crédito, como a LCI e LCA. Então eles pegam um empréstimo com investidores que compram esses títulos, para disponibilizar o capital a seus clientes.

Mas então, qual a vantagem do banco nisso? Simples: Quando o banco pega o dinheiro emprestado com investidores, ele paga juros menores do que ele irá cobrar de seus clientes.

Então, quando o banco oferece uma LCI ou LCA, ele firma um contrato com o investidor, onde constam a taxa de juros a ser paga pelo empréstimo e os prazos de pagamento.

Ou seja: A Letra de Crédito Imobiliário é um produto de Renda Fixa que geralmente é emitido pelos bancos como forma de captação de recursos para o financiamento imobiliário.

Você pode encontrar LCI e LCA de diferentes instituições financeiras. Qualquer banco ou instituição que ofereça o crédito imobiliário ou do agronegócio pode emitir estes títulos, o que faz com que eles sejam muito acessíveis. Os investidores, muitas vezes, procuram por títulos do seu próprio banco, como uma LCI Banco do Brasil ou uma LCI Caixa Ecônomica, por exemplo. Mais adiante falaremos um pouco mais sobre esta facilidade e sobre os cuidados na hora de escolher o seu título.

Conheça os melhores investimentos de Renda Fixa no
Guia Completo do Investidor Iniciante

Capítulo 2

LCI é um bom investimento? Veja suas Vantagens e Desvantagens

Letra de Crédito Imobiliário | A LCI é um título de baixo risco e isento de imposto de renda, mas não serve de margem de garantia na bolsa de valores.

Vantagens LCI e LCA

• Para quem busca um investimento com rentabilidade maior que o Rendimento da Poupança, a Letra de Crédito é um excelente produto.

• É muito interessante por não haver incidência de Imposto de Renda para pessoas físicas.

• Possui baixo risco.

• Possui proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) que protege até R$ 250 mil por CPF e por instituição financeira.

Desvantagens LCI e LCA

• A Letra de Crédito Imobiliário não serve como margem de garantia para operações na Bolsa de Valores, como no Day Trade ou Mercado Futuro.

• O prazo mínimo de emissão é de 90 dias. Ou seja, pra quem pretende resgatar o dinheiro em um prazo menor, esse investimento é inviável.

• A aplicação mínima é um pouco mais alta se comparada com outros investimentos mais tradicionais como, por exemplo, o Tesouro Direto ou até mesmo os CDB’s.

Conheça os investimentos mais rentáveis do mercado

Veja o guia do investidor iniciante

Capítulo 3

Prazos do investimento LCI

LCI Prazos | O investimento em LCI pode ter rentabilidade prefixada, pós-fixada ou híbrida.

Nos Títulos de Renda Fixa, normalmente há dois tipos de prazo: O prazo de vencimento e o prazo de carência.

  • Prazo de vencimento: É a data em que foi combinado o pagamento pelo título, onde o investidor receberá de volta o valor aplicado somado aos juros combinados.

  • Prazo de carência: É o prazo mínimo que o dinheiro deve ficar aplicado. Durante o prazo de carência não é possível retirar o dinheiro sem perder rentabilidade. Já após este prazo, o investimento passa a ter liquidez diária.

No caso da LCI e LCA, um ponto importante a ser levado em consideração é que estes títulos possuem prazo de carência de 90 dias, estipulado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Ou seja, este é o prazo mínimo que o seu dinheiro precisa ficar aplicado e, portanto, não é interessante investir em LCI e LCA se você pode precisar do dinheiro antes deste prazo.

Já o prazo de vencimento do título, ou prazo de resgate, irá variar de acordo com cada instituição financeira. O mais comum é que os títulos tenham vencimento de até 3 anos, mas você pode encontrar Letras de Crédito com praxo de vencimento de 10 anos, por exemplo.

É importante lembrar que quanto maior o prazo do investimento, maior é o rendimento oferecido pela instituição financeira.
Capítulo 4

Risco LCI e LCA

Algo que sempre deve ser analisado sobre um investimento é o risco que ele oferece. Quando se trata de títulos de Renda Fixa, muitas vezes o investidor acha que não existem riscos. O risco existe, porém você irá perceber que ele é mínimo e pode ser facilmente controlado com um bom planejamento. No caso do investimento LCI e LCA, encontramos principalmente o risco de crédito.

Riscos LCI | O principal risco da LCI é a instituição emissora quebrar, mas fique tranquilo, o título é protegido pelo FGC.

O risco de crédito é a possibilidade da instituição emissora da Letra de Crédito Imobiliário quebrar. Ou seja, o risco do banco onde você aplicou seu dinheiro falir e você não receber seu dinheiro de volta.

Porém a Letra de Crédito Imobiliário e a Letra de Crédito do Agronegócio são consideradas investimentos de baixo risco, uma vez que os títulos são garantidos pelo FGC - Fundo Garantidor de Crédito.

Caso, por exemplo, o banco que você emprestou seu dinheiro venha a quebrar, o FGC garante a devolução de até R$ 250 mil por CPF e por instituição, do valor investido e dos juros até o momento. Portanto o risco de crédito deste investimento é minimizado, trazendo ao investidor tranquilidade na hora de escolher a instituição em que irá aplicar seu dinheiro, tanto nos grandes bancos quanto nos menores.

ATENÇÃO! Outra questão que provoca dúvidas quanto a esse investimento:

Se uma pessoa ou empresa pegou empréstimo de uma instituição para adquirir um imóvel e não pagou, vou ter problemas para receber o dinheiro que apliquei na Letra de Crédito Imobiliário?

A resposta é NÃO!

O risco de crédito é o risco de inadimplência e refere-se somente do banco emissor do papel. Lembre-se: quando explicamos o que é Letra de Crédito, destacamos que você empresta para o banco e não para quem constrói ou reforma imóveis.

Invista com segurança e rentabilidade!

Veja como investir nas melhores oportunidades do mercado

Capítulo 5

Aplicação Mínima

Essa modalidade de investimento possui aplicação mínima que varia de acordo com o emissor. No geral, o valor mínimo para investir é de R$10.000,00.

Vale sempre lembrar que quanto maior for a quantia aplicada, melhores são as taxas pagas pelos emissores. Normalmente você encontra as melhores rentabilidades a partir de R$50.000,00.

Capítulo 6

Rendimento LCI

Rendimento LCI | O rendimento LCI pode ser uma porcentagem do CDI, Taxa Selic ou IPCA.

Como todo título de Renda Fixa, as Letras de Crédito Imobiliário podem ser prefixadas, pós-fixadas ou híbridas. O que isso significa?

Prefixado: Nesta modalidade você sabe exatamente quanto receberá na data de vencimento do título. Isso porque a taxa de juros é fixa e combinada no momento da aplicação. Neste caso, a sua rentabilidade LCI aparecerá como uma porcentagem única. Ex: 12% ao ano.

Pós-fixado: Na modalidade pós-fixada você só saberá quanto irá receber ao final do investimento, mas pode ter uma ideia antecipada da rentabilidade. Isso porque a rentabilidade LCI pós-fixada será atrelada à oscilação de alguma taxa de juros, como o CDI ou a Taxa Selic. Neste caso, a rentabilidade aparecerá como uma porcentagem da taxa. Ex: 98% do CDI.

Híbrido: Como era de se esperar, a modalidade híbrida é uma união das duas anteriores, portanto você tem uma taxa preestabelecida, acrescida da variação de um indexador, como o IPCA. Neste caso, a rentabilidade da LCI aparecerá como o indicador mais a taxa de juros. Ex: IPCA+4%.

Para saber onde investir atualmente, veja nosso artigo sobre os melhores investimentos em 2017, com os melhores rendimentos que nossa equipe recomenda.

Saiba como escolher os melhores investimentos do mercado

Baixe o Guia gratuito do investidor iniciante

Capítulo 7

Melhor investimento LCI

Quando pensamos em investimentos ou temos um capital que gostaríamos de investir, lembramos, naturalmente, dos grandes bancos. Isso porque muitas vezes achamos que são mais seguros e pela praticidade de investir no mesmo banco que temos conta corrente, antes mesmo de analisarmos os serviços que são prestados.

O que acontece é que dentro dos bancos você não encontra muitas oportunidades de diversificação de seus investimentos, estratégia que é essencial para seu sucesso.

O cliente que investe dinheiro no banco em que tem conta, tem acesso somente a títulos daquele próprio banco. Com isso, acaba ficando um pouco “engessado”, pois são poucas as opções e nem sempre as mais rentáveis.

Por exemplo: No Banco do Brasil, você só encontra a LCI Banco do Brasil, e não a LCI Caixa, a LCI Itaú ou a LCI do BTG Pactual, e elas podem apresentar melhores rendimentos.

Por isso é interessante investir através de uma corretoras de valores, onde você encontra títulos de diversas instituições financeiras e com rentabilidades diferenciadas de acordo com seu porte e necessidade. Muitas vezes as menores instituições oferecem as maiores rentabilidades.

Conheça os investimentos mais rentáveis do mercado no
Guia gratuito do Investidor Iniciante!

Onde encontrar o melhor rendimento LCI?

Como falamos anteriormente, na hora de investir em uma Letra de Crédito Imobiliário, muitas vezes o investidor procura os grandes bancos. Isso porque eles já são conhecidos e tidos como seguros, e parte deste reconhecimento vem das agências de classificação de risco. Alguns dos mais procurados são:

1. LCI Banco do Brasil

LCI Banco do Brasil | LCI Banco do Brasil: Grau de investimento com qualidade alta e baixo risco.

O Banco do Brasil é um renomado banco, com mais de 200 anos de história. É um dos 5 bancos estatais do Brasil e conta com mais de 5 mil agências espalhadas por todo o país. As ações do Banco do Brasil na Bolsa de Valores são as ações BBAS3.

Sua classificação de risco nas duas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings AA+ Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Moody's Aa1 Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco

*Atualizado em 31/03/2016


2. LCI Caixa Econômica Federal

LCI Caixa Econômica Federal | LCI Caixa Econômica Federal: Grau de investimento com qualidade alta e baixo risco.

Assim como o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal é um dos 5 bancos estatais do país. O banco é um dos mais conhecidos e utilizados pelos brasileiros, especialmente por sua ligação com o FGTS, PIS, seguro-desemprego, programas sociais e de financiamento, como o FIES.

Sua classificação de risco nas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings AA+ Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Moody's Aa1 Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco

*Atualizado em 31/03/2016


3. LCI Itaú Unibanco

LCI Itaú Unibanco | LCI Itaú Unibanco: Grau de investimento com qualidade alta e baixo risco.

O Itaú Unibanco é o resultado da fusão de duas grandes instituições financeiras do país, o Banco Itaú e o Unibanco. Por isso, a história da instituição, nesta configuração, é bastante nova, datando apenas de 2008. Ainda assim, é um dos principais bancos brasileiros e com reconhecimento mundial. As ações do Banco na Bolsa de Valores são ITUB4 e ITUB3.

Sua classificação de risco nas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings AAA Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Moody's Aa1 Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco

*Atualizado em 31/03/2016


4. LCI Santander

LCI Santander | LCI Santander: Classificação máxima pelas agências Fitch Ratings e pela Moody’s. Grau de investimento com qualidade alta e baixo risco.

Com a vantagem competitiva de ser um grupo global, o Banco Santander é um dos maiores bancos do Brasil, com mais de 2.500 agências espalhadas pelo país. As ações do banco na Bolsa de Valores são a SANB3, SANB4 e SANB11.

Sua classificação de risco é a melhor em comparação aos outros bancos da lista, sendo o único a ter a maior classificação tanto na agência Fitch Ratings quanto na agência Moody’s.

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings AAA Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Moody's Aaa Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco

*Atualizado em 31/03/2016


5. LCI Bradesco

LCI Bradesco | LCI Bradesco: Grau de investimento com qualidade alta e baixo risco.

O Bradesco é o 2º maior banco privado do país, com mais de 70 anos de história e também é considerado a maior e mais valiosa marca da América Latina. As ações do banco na Bolsa de Valores são BBDC4 e BBDC3.

Sua classificação de risco é de Grau de investimento com qualidade alta e baixo risco.

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings AAA Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Moody's Aa1 Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco

*Atualizado em 31/03/2016


Como você pode ver, estes são bancos reconhecidos e considerados seguros. Mas o que muita gente não sabe é que, por já terem sua posição consolidada no mercado, eles podem oferecer rentabilidades menores do que outros bancos. Normalmente você encontrará títulos de Renda Fixa mais rentáveis nos bancos de médio e pequeno porte. Isso porque, para atrair investidores, esses bancos precisam remunerar melhore seus investidores.

Pense: Se o banco da sua cidade oferecesse uma rentabilidade maior e a mesma segurança que a LCI do Bradesco, onde você investiria?

Por isso, contar com uma boa corretora de valores faz toda a diferença na escolha dos seus investimentos. Em uma corretora independente você já encontra uma maior variedade de títulos e, muitas vezes, mais rentáveis que o de grandes bancos.

Melhores investimentos | Bancos menores costumam oferecer LCI com maiores rentabilidades que os grandes bancos.

Veja abaixo outras instituições financeiras que emitem Letras de Crédito e suas classificações de risco:

6. Banco Pine

Banco fundado em 1997, com matriz em São Paulo (SP) e grande foco em investimentos. Sua classificação de risco pelas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings A Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Standard & Poors BBB- Grau de investimento - qualidade média
Moody's Baa2 Grau de investimento - qualidade média

*Atualizado em 31/03/2016


7. BTG Pactual

O BTG Pactual é um banco de investimentos, resultado da fusão de duas marcas, o UBS Pactual e a BTG Investments. Essa configuração ocorreu apenas em 2009, mas a história da instituição começa em 1983, com a fundação da Pactual no Rio de Janeiro.

Sua classificação de risco pelas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings A- Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Standard & Poors A- Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Moody's A2 Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco

*Atualizado em 31/03/2016


8. Banco Original

Fundado em 2011, o Banco Original é resultado da fusão do Banco JBS com o Banco Matone e, inicialmente, o foco de suas atividades era o agronegócio e o varejo. É uma instituição financeira controlada pela J&F Investimentos (que também controla a JBS, Vigor, Alpargatas, Canal Rural e outras).

Sua classificação de risco pelas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings BBB+ Grau de investimento - qualidade média
Standard & Poors BBB Grau de investimento - qualidade média
Moody's Baa1 Grau de investimento - qualidade média

*Atualizado em 31/03/2016


9. Banco Intermedium

Fundado em 1994, em Belo Horizonte (MG), o Banco Intermedium começou sua trajetória como Financeira Intermedium, sendo consolidado como banco múltiplo apenas em 2008. O Crédito Imobiliário é um de seus principais produtos.

Sua classificação de risco pelas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings BBB Grau de investimento - qualidade média
Standard & Poors BBB- Grau de investimento - qualidade média

*Atualizado em 31/03/2016


10. Banco BMG

O Banco BMG foi fundado em 1930, em Belo Horizonte (MG), como Banco Crédito Predial. Mais tarde seu nome mudou para Banco de Minas Gerais e, posteriormente, Banco BMG. Sua origem vem da família Ferreira Guimarães, após muitos investimentos na indústria têxtil, mercado imobiliário, agroindústria e serviços.

Sua classificação de risco pelas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings A- Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Moody's Baa3 Grau de investimento - qualidade média

*Atualizado em 31/03/2016


11. Banco ABC Brasil

O Banco ABC Brasil foi fundado em 1989, pelo Arab Banking Corporation e o Grupo Roberto Marinho, com o nome de Banco ABC Roma. Só a partir de 1997, após a compra das ações do Grupo Roberto Marinho pelo Arab Banking, o banco passou a se chamar Banco ABC Brasil.

Entre as suas especializações está a concessão de crédito, como o Crédito Imobiliário, por exemplo. Sua classificação de risco pelas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings AA+ Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Standard & Poors AA- Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Moody's Aa2 Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco

*Atualizado em 31/03/2016


12. Banco Fibra

Foi fundado em 1987 como Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários (DTVM) e reconhecido como banco múltiplo em 1989. O Banco Fibra faz parte do Grupo Vicunha, que também possui participação nas empresas Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Fibra Experts e Vicunha Têxtil.

Sua classificação de risco pelas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Standard & Poors B- Categoria de especulação - baixa classificação
Moody's B2 Categoria de especulação - baixa classificação

*Atualizado em 31/03/2016


13. Banco PAN

Fundado pelo Grupo Sílvio Santos em 1969, como Baú Financeira, o Banco PAN se tornou banco múltiplo apenas em 1990, quando passou a ser chamado de Banco PanAmericano. Já o nome Banco PAN foi adotado apenas em 2013.

Sua classificação de risco pelas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings A- Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Moody's Baa3 Grau de investimento - qualidade média

*Atualizado em 31/03/2016


14. BR Partners Banco de Investimentos

O BR Partners é um banco de investimento fundado em 2009 e especializado em assessoria financeira, especialmente em processos de fusões e aquisições.

Sua classificação de risco por uma das principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings BBB+ Grau de investimento - qualidade média

*Atualizado em 31/03/2016


15. Banco Paraná

O Banco Paraná é um banco especializado na concessão de crédito, fundado em 1979 pelo Grupo J. Malucelli. Sua classificação de risco pelas principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Fitch Ratings AA- Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco
Standard & Poors A Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco

*Atualizado em 31/03/2016


16. Banco Modal

O Banco Modal é um banco de investimentos fundado em 1995 e transformado em banco múltiplo em 1999. Sua classificação de risco por uma das principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Moody's Baa2 Grau de investimento - qualidade média

*Atualizado em 31/03/2016


17. BI&P Banco Indusval & Partners

Fundado em 1967 como Indusval Corretora de Títulos e Valores Mobiliários e transformado em Banco Indusval em 1991. O banco, que foi rebatizado como BI&P Banco Indusval & Partners em 2011, oferece diversas opções de títulos e investimentos.

Sua classificação de risco por uma das principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Standard & Poors BB- Categoria de especulação - baixa classificação

*Atualizado em 31/03/2016


18. Haitong Brasil

O Haitong Bank é um banco de investimentos internacional, com sede em Portugal. Sua criação no Brasil se deu em 2000 e com participação do Banco Bradesco em 20% do seu capital.

Sua classificação de risco por uma das principais agências de rating é:

Agência Classificação Significado
Standard & Poors A+ Grau de investimento - qualidade alta e baixo risco

*Atualizado em 31/03/2016



Neste momento surgem as perguntas:

Mas e a segurança do meu dinheiro? E se o banco ou corretora em que apliquei quebrar?

Neste caso, lembramos que o risco da instituição é garantido pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito), com a devolução de até R$ 250 mil por CPF. Sendo assim, o risco LCI é praticamente nulo, tanto em um grande banco quanto no banco da sua cidade ou outro banco qualquer, desde que ele conte com o seguro do FGC. Deste modo, você pode escolher aquele que oferecer a melhor rentabilidade para o seu dinheiro.

Saiba investir com as maiores rentabilidades

Conheça os melhores investimentos do mercado

Capítulo 8

CDB ou LCI - Qual o melhor investimento?

Agora que você conhece a Letra de Crédito Imobiliário você pode querer compará-la com um dos títulos mais famosos da Renda Fixa. Então, qual o melhor investimento: CDB ou LCI?

Depende. O melhor título irá depender do momento, do seu planejamento e das condições que você encontrar em cada título. Para compará-los, então, é preciso analisar quanto em percentual você consegue no CDB e quanto você consegue na Letra de Crédito.

CDB ou LCI | CDB ou LCI: a LCI possui isenção de impostos, mas o CDB normalmente tem maior taxa de retorno.

No caso do CDB, sabemos que o produto é tributado pelo Imposto de Renda, então precisamos considerar o prazo de vencimento ou resgate do título, uma vez que esse prazo acaba influenciando na alíquota a ser descontada do Imposto de Renda.

Exemplo: Suponha que a taxa do CDI esteja em 10% ao ano e você tem a possibilidade de investir em um CDB que paga 100% do CDI. Portanto:

100% do CDI = 10% ao ano (Rentabilidade Bruta)

Sendo assim, aplicando a tabela regressiva do Imposto de Renda, você teria a seguinte rentabilidade, deduzindo o imposto (rentabilidade líquida):

  • 7,75% para aplicações feitas até 180 dias.
  • 8,00% para aplicações feitas entre 181 dias e 360 dias.
  • 8,25% para aplicações feitas entre 361 dias e 720 dias.
  • 8,50% para aplicações feitas a mais de 720 dias.
Ebook Guia Completo do Investidor Iniciante

Aprenda a investir no CDB e ganhe mais que a poupança

Baixe o Guia Completo do Investidor Iniciante

Agora suponha que você tem a possibilidade de investir em uma Letra de Crédito Imobiliário que paga 84% do CDI. Considerando que o CDI está em 10% ao ano temos:

84% do CDI = 8,4%

Como vimos, a LCI não é tributada pelo Imposto de Renda, sendo assim o rendimento líquido seria de 8,4% ao ano.

Considerando o exemplo, qual é o melhor investimento?

• Se você pretende deixar seu dinheiro investido menos de 720 dias, o produto indicado seria a Letra de Crédito, que paga 84% do CDI.

• Caso você pretenda deixar seu dinheiro investido mais que 720 dias, o produto indicado seria o CDB, que paga 100% do CDI, pois considerado o prazo e debitado o Imposto de Renda, você teria uma rentabilidade de 8,5% ao ano.

Mas lembre-se que o melhor investimento irá depender de cada caso e do seu planejamento naquele momento. Por isso é importante também comprar a LCI e LCA com outros investimentos, como o Tesouro Direto e a Bolsa de Valores, por exemplo:

▶ Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um dos principais títulos de Renda Fixa do mercado, até mesmo por ser um título de crédito do próprio governo. Assim como o CDB ele oferece uma vantagem incrível: pode ser usado como margem de garantia para operações na Bolsa de Valores.

▶ Bolsa de Valores

Como sabemos, investir na Bolsa de valores é a modalidade mais emocionante e que oferece a possibilidade de maiores retornos. Em 2016, a Bolsa de Valores foi o investimento mais rentável do ano. Ao investir na Bolsa você pode se tornar sócio das maiores empresas do país, podendo comprar ações da Petrobras, por exemplo.

Conheça os Melhores investimentos de 2016

Veja o comparativo completo

Capítulo 9

LCI - Imposto de Renda

Ao contrário de outros títulos de Renda Fixa, uma das grandes vantagens deste investimento é que a LCI e LCA são isentas de Imposto de Renda e IOF, o que faz delas bem interessantes para sua carteira de investimentos.

Tributação LCI | Apesar de não ser tributada, a LCI precisa ser declarada junto com seus demais investimentos. Fique atento!

Caso a Letra de Crédito fosse tributada ela seguiria a tabela regressiva de Imposto de Renda para a Renda Fixa, conforme as alíquotas abaixo:

Alíquotas de IR para títulos de Renda Fixa:

• 22,5% para aplicações de até 180 dias

• 20% para aplicações entre 181 dias e 360 dias

• 17,5% para aplicações entre 361 dias e 720 dias

• 15% para aplicações superiores a 720 dias

Mas atenção! Apesar da LCI e LCA não serem tributadas pelo Imposto de Renda, elas também precisam ser declaradas. Entenda como:

Como declarar LCI e LCA?

Apesar de não ser tributado, o investimento em LCI e LCA precisa ser declarado, junto com os demais investimentos na sua declaração anual.

Todo contribuinte deve enviar anualmente para Receita Federal sua declaração de Imposto de Renda. Mas fique tranquilo! A sua corretora ou banco entrega um informe de rendimentos que só precisa ser copiado na declaração e não é preciso pagar nenhuma DARF e nem preencher nenhum formulário especial.

Para declarar seu título, você deve seguir duas etapas:

  1. Declarar a posse do título no campo ‘Bens e Direitos’.
  2. Declarar os rendimentos do título (caso você tenha resgatado), no campo ‘Rendimentos Isentos e Não Tributáveis’.

Se você não tiver resgatado o seu investimento, você só precisará preencher o primeiro campo, mas caso você tenha efetuado o resgate, você terá que preencher ambos.

Agora que você entendeu como funciona essa modalidade de investimento, conheça outras formas de fazer seu capital trabalhar para você!

Baixe agora mesmo o Guia gratuito do Investidor Iniciante e conheça 13 investimentos fantásticos!