Blog

investir na bolsa de valoresDiferente do que se viu no período de 2003 à 2009, ninguém mais fala sobre investir na bolsa de valores no Brasil. Mal conseguimos nos lembrar das capas de revistas famosas como Exame, Época e Veja apontando a Bolsa de Valores como o pote de ouro atrás do arco-íris.

Neste período tudo parecia fácil, ganhar dinheiro ao se investir na bolsa de valores era quase que um passatempo divertido para os novos investidores. Dos 8.000 pontos que o Índice Bovespa registrava em 2002 aos 75.000 pontos do início de 2008, mais de 420.000 novos investidores ingressaram no mercado, o que significou um salto de 80.000 para mais de 500.000 investidores pessoa física no país.

O que a maioria não sabe é que grande parte das pessoas que realmente construíram grandes fortunas e atingiram seus sonhos na bolsa de valores, não entraram durante a euforia deste período de alta.

A maior parte dos investidores que realmente ficaram ricos, foram os que tiveram a visão, persistência e estratégia para investir na Bolsa de Valores em uma época cheia de incertezas e de uma bolsa muito barata, principalmente entre 1998 e 2002.

As incertezas e o cenário neste período fazem os problemas que enfrentamos atualmente parecerem pequenas "marolas". Estamos falando de maxivalorização do dólar, crise na Argentina, risco Lula, bolha das pontocom nos EUA, entre vários outras crises que bombardeavam uma economia mais frágil e muito menos robusta que a de hoje.

Quem olha para trás se arrepende de não ter tido a chance de investir na bolsa de valores naquela época, entretanto, a má notícia é que enxergar as oportunidades no passado é muito fácil, difícil é ter a lucidez e estratégia para identificar a oportunidade no momento em que elas estão surgindo.

A  boa notícia é que neste artigo, iremos lhe mostrar 4 motivos pelos quais acreditamos que estamos passando neste momento por uma janela de oportunidade para se investir na bolsa de valores tão interessante quanto a que vivenciamos entre 1998 e 2002 e como as incertezas são as sementes das oportunidades quando o assunto é investimento em ações. Esta pode ser a sua chance de fazer parte do pequeno grupo de pessoas que entra para vencer ao investir na bolsa de valores.

 

Investir na Bolsa de Valores: Chegou a hora? - Motivo 1

investir na bolsaAtualmente, 95 empresas listadas na bolsa de valores estão valendo menos do que o seu valor patrimonial líquido. 

Isso quer dizer que grande parte das empresas da bolsa brasileiras estão tão baratas que, em um cenário hipotético, caso encerrassem suas operações e liquidassem seus ativos, após cobrir todas as suas responsabilidades, sobraria mais dinheiro do que o valor total da empresa no mercado.

Quem já viu o filme "Pretty Woman", lembra da figura de Richard Gere que representava um investidor cuja especialidade era comprar empresas, encerrar suas operações e vender seus ativos. O galã nadaria de braçada se conseguisse replicar o modelo para a situação das empresas brasileiras no momento.

Entretanto, esta é uma visão sádica do mercado, empresas foram criadas para crescer, distribuir dividendos e gerar valor para os acionistas, multiplicando seu valor patrimonial e não para valerem menos do que seu patrimônio líquido. Se você conseguir escolher as ações certas se trata de um ótimo momento para investir na bolsa de valores comprando empresas que estão na "bacia das almas".

Muitos podem argumentar que elas só estão baratas por causa do momento de incerteza que vivemos atualmente. Estas pessoas estão completamente certas. A única coisa que elas talvez não entendam é que nenhuma empresa estará nessas condições em um setor com lucros recordes, finanças folgadas e uma economia com um futuro límpido e promissor.

Como já comentado anteriormente, este cenário de desafios e incertezas é exatamente a maior fonte das oportunidades para se investir na bolsa de valores.

É claro que, sem estratégia, é melhor continuar de fora do mercado. Esse é o maior objetivo do serviço Toro Radar, permitir que investidores pessoa física possam aplicar na prática as melhores e mais lucrativas estratégias do mercado, acessando um programa de treinamento completo, contando com o suporte em tempo real dos melhores analistas do país e recebendo as melhores recomendações para seu perfil (se tiver interesse em testar o serviço gratuitamente por 15 dias basta clicar aqui).

 

Investir na Bolsa de Valores: Chegou a hora? - Motivo 2

investir em açõesNo meio de tantos desafios e motivos para colocar em dúvida a capacidade de crescimento da economia brasileira, existe um fator pouquíssimo comentado que joga fortemente do lado do Brasil. Um fator forte suficiente para poder virar o jogo e que está à espera de uma trégua para poder colocar todo o seu potencial para catapultar o Brasil para um próximo nível, alavancando os ganhos de quem investir na bolsa de valores.

Estamos passando pelo chamado "Bônus Demográfico", um período de 20 a 30 anos no qual a maior parte da população é economicamente ativa. Ou seja, é uma fase no ciclo de desenvolvimento de um país em que o número de pessoas produzindo é muito grande em relação ao número de crianças e idosos, o que cria uma enorme vantagem econômica durante algumas décadas. No Brasil, espera-se que este processo dure até 2022. No mundo, países como EUA, Japão, Coreia do Sul, China, Taiwan e boa parte da Europa, conseguiram tirar ótimo proveito desta fase, que na maioria das vezes representa a transição para um nível mais elevado de desenvolvimento.

Este "Bônus Demográfico" foi um dos principais combustíveis do crescimento da economia americana a partir da década de 50. Os EUA foram beneficiados por terem vivido este momento em uma economia já industrializada e eficiente. Quem teve a oportunidade de investir na bolsa de valores lá fora neste período muito provavelmente está milionário se não tiver escolhido empresas ruins.

É verdade que para aproveitar todo o potencial deste fenômeno, é necessário que ele seja acompanhado de fortes investimentos em educação, algo que está longe da realidade brasileira. Entretanto, é verdade também que os países que estão passando agora por este momento são beneficiados pelo mercado financeiro mais dinâmico e sofisticado da economia global e pela maior geração de valor e produtividade propiciadas pelas novas tecnologias.

Ninguém está pretendendo esquecer os problemas que enfrentamos e acreditar na salvação através deste fator, mas é completamente razoável que este seja uma ponte importante que poderá facilitar a superação dos grandes desafios que temos pela frente e acelerar a retomada do crescimento brasileiro.

 

Investir na Bolsa de Valores: Chegou a hora? - Motivo 3

investir em bolsa de valoresAtualmente, 500.000 pessoas investem na bolsa de valores no Brasil, isso representa 0,25% da população. Esta proporção é 20 vezes menor do que a média dos países emergentes que é de 5%. Comparativamente, a Colômbia tem 8 vezes mais investidores proporcionalmente e o Chile 12 vezes.

Neste contexto, existe um enorme potencial de crescimento da participação dos investidores pessoa física no mercado de ações brasileiro. O grande número de investidores pessoa física começando a investir na bolsa de valores pode impulsionar a valorização do mercado, já que apesar de possuírem muito menos capital do que os investidores institucionais e estrangeiros, são muito mais numerosos e normalmente não conseguem acessar mercados de ações fora do país, o que acaba fazendo com que não tenham maleabilidade para vender ações aqui e trocá-las para investir na bolsa de valores de outro país.

Além disso, vivemos hoje uma importante condição comum à maior parte dos países que vivenciaram um crescimento repentino da participação dos investidores pessoa física: a queda nas taxas reais de juros.

Apesar deste movimento ter desacelerado recentemente, observamos parte deste fenômeno em ação entre 2001 e 2007, quando, após a queda dos juros nos 9 anos anteriores, o número de investidores cresceu 5 vezes em poucos anos.

Provavelmente, este movimento voltará a se acelerar assim que a bolsa começar a apresentar um reação. Não achamos que seja um fator que vá ser o estopim para iniciar a alta do mercado, mas sim algo que poderá acelerar a valorização do mercado após alguma recuperação da bolsa de valores.

Em 2010, a BM&F Bovespa anunciou que projetava que o Brasil alcançasse 5 milhões de investidores pessoa física até 2015. 

Apesar da projeção da BM&F Bovespa não ter se consolidado, acreditamos que todo este potencial será liberado assim que a bolsa conseguir esboçar um ano de alta significativa. Fato que desencadearia um efeito em cadeia de milhares de pessoas começando a investir na bolsa de valores.

Além disso, com a vinda do Home Broker e com os novos programas educacionais gratuitos de alta qualidade sobre como investir na bolsa de valores, acreditamos que este processo poderá ocorrer ainda mais rápido, já que é muito mais fácil, rápido e barato começar a investir através da internet.

 

Investir na Bolsa de Valores: Chegou a hora? - Motivo 4

Por mais bizarro que possa parecer, o momento político e a proximidade das eleições pode ser um fator que beneficie as pessoas que decidirem por investir na bolsa de valores agora.

Isso decorre do seguinte cenário:

Hoje existe uma enorme aversão no mercado ao governo do PT e principalmente ao primeiro mandato da Dilma. As políticas de intervenção, os altos gastos do governo, o sucateamento da infraestrutura e a política fiscal e monetária conduzida pelo governo atual tem causado pânico nos investidores do mercado de ações. Provavelmente este é o principal motivo da bolsa de valores no Brasil estar tão barata e tantas pessoas evitarem investir na bolsa de valores atualmente. Para se ter uma ideia do tamanho do problema, a Petrobras (que provavelmente é a empresa que mais sofre com as políticas públicas do PT) está valendo hoje menos de 50% do seu valor patrimonial líquido. Com por volta de 72 Bilhões de Dólares de valor de mercado e 150 Bilhões de Patrimonio Líquido, a Petrobras vale no momento quase 1 terço do Facebook, que nunca extraiu nem um barril de petróleo da terra e vale 11 vezes o seu valor patrimonial.

Entretanto, existe uma luz no fim do túnel.

investir em bolsaEm Outubro teremos eleições e caso haja alguma surpresa e o PT não vença as eleições, a Bolsa de Valores provavelmente irá decolar, com chances de superar o topo histórico ainda antes do fim do ano (75.000 pontos).

Porém não precisamos ser tão otimistas assim. Mesmo que a Dilma vença as eleições, existe uma grande probabilidade que dentro do segundo mandato o governo desempenhe uma política fiscal e monetária mais responsável, uma política intervencionista mais tímida e reduza os gastos, o que beneficiaria muito o mercado de ações. Isso porque seria necessário "arrumar a casa" para beneficiar um possível próximo mandato de Lula em 2018.

A grande verdade é a de que, dentro do cenário político atual extremamente prejudicial para o mercado, qualquer alívio poderá impactar de maneira drástica as ações e impulsionar o ganho dos que optarem por investir na bolsa de valores.

 

Investir na Bolsa de Valores: Chegou a hora? Conclusão

O mercado de ações sempre será um ambiente de incertezas, onde é impossível prever o futuro. Não existe bola de cristal muito menos fórmula mágica do dinheiro.

Entretanto, ao se investir na bolsa de valores, o cenário de incerteza pode trazer enormes oportunidades que poderão ser exploradas por aqueles que estiverem prontos para aproveitá-las.

Estamos passando por uma janela de oportunidade em que a bolsa de valores está extremamente barata e onde existem alguns fatores importantes que poderão reverter este cenário. Talvez uma época de oportunidades daquelas que aparecem 1 vez a cada 20 anos e que todos se lembram por décadas.

investir em bolsa de acoes

De qualquer forma, o mais importante é saber que, independente de estar subindo ou caindo, investir na bolsa de valores sempre será muito lucrativo desde que você tenha uma estratégia vencedora para te permitir estar alinhado ao cenário de maior probabilidade e ter poder de reação para se proteger do cenário de adversidade. Aliado a isso, as pessoas que conseguem exercitar as virtudes da disciplina, paciência e persistência conseguirão vencer ao se investir na bolsa de valores independentemente se o mercado está subindo, caindo ou andando de lado.

Nos últimos anos, milhares de investidores que acompanhamos dentro do Toro Radar conseguiram auferir resultados excepcionais e alcançar seus objetivos mesmo com a forte queda da bolsa. Isso porque aplicaram estratégias lucrativas de maneira disciplinada e tiveram persistência para continuar no mercado durante os momentos de adversidade.

New Call-to-action

é Consultor de Valores Mobiliários, atua no mercado de ações há 6 anos, já trabalhou na área de análise para bancos e corretoras. Atualmente, é membro da equipe de consultoria do Toro Radar e instrutor de cursos e palestras sobre diversos temas na área de investimentos. Estudou administração de empresas no IBMEC de Minas Gerais, foi aprovado na certificação CPA-20 da ANBIMA e frequentou o curso de economia na Universidade do Colorado - EUA.
E-book Guia completo do Investidor Iniciante

Últimos artigos

New Call-to-action